Jan 1, 2013
618 Visitas

Violência doméstica: padre culpa as mulheres

Publicado por

violencia_domesticaUm padre italiano fez estalar o verniz entre os grupos de defesa dos direitos das mulheres ao «culpá-las» em parte pela violência que os homens exercem sobre elas.

A polémica já levou a que os grupos femininos peçam que Piero Corsi, pároco de San Terenzo, na província de La Spezia, no noroeste de Itália, seja afastado.

Piero Corsi colocou um edital na porta da igreja contra certa imprensa que culpa os homens de toda a violência. O padre diz que o problema está em que as mulheres «provocam cada vez mais, são arrogantes e se intitulam autossuficientes e acabam por subir a tensão» numa relação.

O pároco acusa ainda as mulheres de «abandonarem os filhos, terem as casas sujas e servirem a comida fria».

Piero Corsi critica as «roupas curtas e provocantes» de certas raparigas e mulheres «maduras», que são meio caminho andado para a traição e adultério consumado «nos locais de trabalho e nos cinemas». E vai ao ponto de dizer que o vestuário pode despoletar os «piores» instintos e dar lugar à violência conjugal e sexual.

O coro de contestatários tem vindo a crescer. Uma das associações até já escreveu ao primeiro-ministro Mário Monti a pedir a sua intervenção. Consideram que estas palavras instigam a violência contra as mulheres. Os maus-tratos a mulheres tem vindo a crescer em Itália, ao contrário do número de homicídios, conta o «Publico.es».

Via: TVI24vio

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.