Mar 18, 2018
944 Visitas

Tribunal romeno diz a homem que ele está… morto!

Publicado por

Um homem recorreu a tribunal para alterar o registo civil que o dá como morto.

Um tribunal romeno recusou o pedido de um homem que, depois de ter sido declarado morto em 2016, apresentou-se ao juiz para provar estar vivo.

A história de Constantin Reliu não podia ser mais peculiar. Depois de emigrar para a Turquia em 1992, perdeu o contacto com a família. Cansada de esperar por notícias, a sua mulher pediu um certificado de óbito, que foi concedido em 2016.

Este ano, Constatin Reliu foi preso na Turquia com documentos expirados e, depois de ter sido deportado para a Roménia, descobriu que estava dado como morto.

Tentou alterar o registo, mas o tribunal de Vasului decidiu que o pedido foi feito fora do prazo legal e recusou-o. A decisão não é passível de recurso.

“Estou oficialmente morto, ainda que esteja vivo. Não tenho rendimento e porque estou registado como morto, não posso fazer nada”, disse.

Via: Sábado

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.