China quer proibir shows de strippers em funerais

Uma insólita tradição nas províncias de Henan, Anhui, Jiangsu e Hebei pode estar com os dias contados. O Ministério da Cultura da China decidiu combater a apresentação de strippers nos funerias no interior país.

Começamos por ficar atónitos: stripers nos funerais? Vão acabar? Mas afinal porque existem? Bem a explicação é “simples”: as famílias em zonas rurais do país mais populoso do mundo apelam a strippers com a finalidade de aumentar o número de presentes no funeral dos entes queridos. Funerais com muita gente ajudam o espírito do falecido, segundo a crença local. Mas o governo da China classifica os “espetáculos de strip” como atos de “decadência moral e cultural”.

A população das províncias onde a prática se tornou popular está a ser incentivada, com prémio em dinheiro, a denunciar velórios com dançarinas eróticas, consideradas “degradantes, obscenas e vulgares”. Há uma linha telefónica especial para as denúncias, contou o “Global Times”.

Esta é a terceira vez – e a mais vigorosa – que o governo de Pequim decide combater a prática.

As strippers também costumam ser contratadas para espetáculos em casamentos e eventos em templos na China.

Leia também:

Angels de Robbie Williams é música preferida para funerais no Reino Unido

Brasileiro viciado já assistiu a mais de 5000 funerais

10 empregos bizarros que já não existem mais

 

Pastor proibe mulheres de usarem roupa interior na sua igreja

igreja kenyaUm pastor de Nairobi, no Quénia, terá pedido às fiéis que deixassem de usar roupa interior na sua igreja, para que desta forma possam ficar «mais perto de Deus».
O estranho pedido do Reverendo Njohi levou as mulheres que frequentam a «Lord´s Propeller Redemption Church» a dispensarem o sutiã e as cuecas durante a missa, segundo o Kenyan Post.
Njohi argumentou que as mulheres devem «sentir-se livres de mente e de corpo» quando assistem às celebrações, mas o reverendo não se pronunciou sobre a roupa interior dos homens.
O pastor disse que as mulheres que não cumprissem a nova regra enfrentariam «graves consequências», de acordo com a imprensa local.

Via: DiarioDigital

Seja um dos quase 7000 seguidores no FACEBOOK:

Artigos relacionados:

Marido apanha mulher a fazer sexo na igreja… com o padre!

Pastor proíbe o Facebook para salvar casamento

Cabeleireiras tiram a roupa para ajudar… igreja!

Pastor da Igreja Evangélica proíbe uso de dispositivos USB

Policia alemão é suspenso por fazer sexo dentro de igreja

Padre que bebe e diz palavrões é expulso de igreja pelos fiéis

EUA tem igreja cristã em formato de pénis

Pastor desaparecido é encontrado em casa de striptease nos EUA

Com 15 graus negativos, 4 britânicos foram apanhados nus em cima de cavalo

Letónia, 1 de dezembro de 2010, 15 graus negativos… Quatro turistas britânicos foram presos, após terem sido apanhados a montar um cavalo em tamanho real (mas feito em madeira)… completamente nus!

Segundo a polícia, os quatro homens estavam a posar para fotos no momento da sua prisão em Riga e estavam, claramente, sob a influência de álcool.

As filmagens da brincadeira já foi colocada no YouTube, onde já atraiu mais de 160 mil curiosos (apenas disponível para utilizadores com conta no Youtube – veja aqui).

Depois de terem sido levados para uma esquadra da polícia mais próxima para, entre outras coisas, vestirem as suas roupas, os quatro homens, na casa dos 30 anos, foram acusados de vandalismo. Foram-lhe aplicadas multas de valor a rondar os 100€.

Devido a problemas recentes de vandalismo de espaços públicos da cidade de Riga feito por turistas, principalmente britânicos, como pro exemplo urinar no Monumento à Liberdade, um monumento histórico da cidadde, as autoridade estão mais alerta e são mais duras com os infractores.

O grande cavalo de madeira faz parte da “decoração” da cidade de Riga (capital da Letónia) e fica do lado de fora de uma loja de jóias, ao lado da igreja de São Pedro.

A prisão dos quatro homens nus ocorreu perto do local em que o autarca da cidade havia ligado as luzes da árvore de Natal da cidade, algumas horas antes.

Riga alega ainda que o local é o mesmo onde desde há 500 anos é colocada a árvore de Natal. Aliás, este ano comemoram-se os 5000a nos desta tradição.

Escócia: esposas de jogadores despem-se para salvar o Dundee Football Club

As esposas e namoradas dos jogadores do Dundee Football Club, da Primeira Divisão da Escócia mostraram o seu sentido caritativo ao posarem para um calendário sexy. Objectivo: ajudar o clube!

Até a repórter oficial do clube Jaqueline Rodrigues,  e Mhairi Philp, que é Miss Dundee FC, também entraram na brincadeira.

O clube, que passa por dificuldades financeiras e desportivas já há algum tempo, foi recentemente punido com menos 25 pontos na classificação fruto de vários incumprimentos fiscais. È já a segunda vez em 7 anos que o clube é assim penalizado.
A  fã Dens Mhairi teve então a ideia de criar o calendário para ajudar a aliviar a pressão financeira sobre o clube. Um sucesso seria a venda dos 1.000 calendários que fizeram.
Organizador ... Mhairi PhilpCalendar girl ... Hayley Macnamara, girlfriend of Kyle Benedictus, shows fine form

Mhairi Philp (também Miss Dundee FC) à esquerda e em cima Hayley Macnamara, namorada do jogador Kyle Benedictus

Dens delícias ... Debbie Douglas, esquerdo, e Kay Weston
Debbie Douglas, à esquerda, e Kay Weston

Smalls história ... Dundee FC repórter de TV Jacqui Robertson
Dundee FC repórter de TV Jacqui Robertson
menina Griffiths ... Miss McCartney, 19
Miss McCartney, 19 anos
Luscious ... Louise Stafford é a namorada de Gary Irvine
Louise Stafford é a namorada de Gary Irvine

Kitted ... SACODE usam camisas Dundee

Grupo com a camisola do Dundee

Redacção: arccodavelha.eu  Fonte: The Sun

Americano ganha 650 mil dólares após ser atingido por sapato de stripper

O norte-americano Michael Ireland ganhou uma indemnização de 650 mil dólares (465.000€) de um clube de striptease de West Palm Beach, no estado da Flórida (EUA), por ter sido atingido por um sapato de uma dançarina durante um show de strip.

O homem entrou com um processo contra o clube após ter sofrido um ferimento no olho em setembro de 2008, quando foi atingido pelo sapato da stripper Sakeena Shageer.

Na última quinta-feira, a empresa de seguros do clube concordou em pagar a quantia.

A dançarina estava em plena actuação quando acertou no olho do cliente acidentalmente.

As 10 detenções mais estúpidas de 2009

Ainda o ano não terminou e já podemos elaborar uma lista com as dez prisões mais bizarras que aconteceram nos oito primeiros meses de 2009.

Entre os casos insólitos, um bode foi preso na Nigéria após seguranças alegarem que um bandido que estava em fuga se havia transformado no animal. Já outro homem invadiu uma sex shop para manter relações sexuais com… bonecas insufláveis! Mas vale ler para crer:

Reprodução /Reprodução O norte-americano Jeffery Polizzi, de 24 anos, foi preso em maio após ter colocado uma câmara digital num sapato para fotografar mulheres enquanto elas experimentavam roupas numa loja em Neptune Beach, na Flórida (EUA)…
Reprodução /Reprodução Em janeiro, a polícia nigeriana prendeu um bode após os seguranças alegarem que um bandido que estava em fuga se havia transformado no animal depois de tentar roubar um carro Mazda…
Reprodução /Reprodução Em março, o australiano Adam Troy Rosberg, de 24 anos, foi condenado a 15 meses de liberdade condicional por invadir sex-shops, na cidade de Cairns, para fazer sexo com bonecas insufláveis…
Reprodução /Reprodução A prostituta Nicole Mary Scarpone, de 26 anos, foi presa em março em Gastonia, na Carolina do Norte (EUA), após invadir um apartamento e exigir que três homens pagassem 10 dólares para terem relações sexuais com ela…
Reprodução /Reprodução O norte-americano George J. Bartusek Jr foi preso em fevereiro após ser apanhado a fazer sexo com bonecas insufláveis num estacionamento cheio de uma loja em Cape Coral, no estado da Flórida (EUA)…
Reprodução /Reprodução Os americanos Danica Wallace, de 24 anos, e Jeremy Welch, de 29, foram presos em maio em London, no estado de Ohio (EUA), após serem apanhados a fazer sexo enquanto duas crianças estavam no banco de trás do carro…
Reprodução /Reprodução Em abril, a britânica Caroline Cartwright, de 47 anos, desobedeceu a uma ordem de comportamento antisocial da Justiça (Asbo, na sigla em inglês) e foi presa por gritar muito durante o sexo…
Reprodução /Reprodução No mês de julho, o norte-americano Jordan Puckett foi preso em Cincinnati, no estado de Ohio (EUA), acusado de ter desenhado um pénis gigante no écran de uma TV de plasma…
Reprodução /Reprodução A norte-americana Constance Trahan, de 28 anos, foi presa em julho pela polícia de Lawrenceville, no estado da Geórgia (EUA), acusada de operar ilegalmente um clube de striptease na garagem e porão de sua casa…
Reprodução /Reprodução O norte-americano Danny Brawner, de 46 anos, foi preso em agosto em Albuquerque, no estado do Novo México (EUA), após ser apanhado em cima do seu carro a fazer movimentos de cunho sexual…

Strippers on-line vão pagar impostos na Suécia

strip_webcamO Ministério da Finanças da Suécia (Skatteverket, na designação local) pretendem cobrar impostos aos strippers (homens e mulheres) que ganham dinheiro a tirar a roupa on-line, de acordo com reportagem publicada pelo jornal sueco “The Local”.

O foco do fisco são os jovens que oferecem serviços sexuais via webcans. As estimativas indicam que há entre 300 e 500 pessoas que ganham a vida dessa forma na Suécia. Mas, até agora, a agência apenas  identificou cerca de 200 delas.

Segundo as autoridades, a maioria dos strippers não tem declarado os seus rendimentos.

“Os jovens são geralmente mal informados sobre como pagar os seus impostos. Esta poderia ser uma explicação, mas outra razão é que os seus clientes não querem ser identificados”, disse Dag Hardyson, responsável pela investigação do fisco.

Fonte: The Local | G1

Casa de striptease sueca tem logotipo parecido com o do McDonald’s

mcstripA rede norte-americana de fast-food McDonald’s está a exigir que uma casa sueca de striptease pare de usar um logotipo semelhante ao da empresa.
Claes Eliasson, porta-voz do McDonald’s, disse que o logotipo usado pelo clube de striptease McDragan na cidade de Edsvara, na Suécia, lembra o famoso logotipo da rede de fast-food.

“Vamos enviar uma carta. No nosso ponto de vista, isso é claramente uma violação de nossa marca”, disse Claes Eliasson, sobre a notificação que será enviada ao dono do clube, Dragan Bratic.

Bratic, porém, nega que o logotipo criado seja semelhante ao do McDonald’s. “O símbolo não tem nada a ver com o do McDonald’s. Trata-se de dois seios com mamilos. Qualquer um pode ver isso“, disse ele.

Claes Eliasson disse que a empresa pode entrar com acção judicial contra o clube. Mas o proprietário afirmou que o “Mc” na frente do nome do clube é a abreviação de “motocicleta”. “Eu não vendo hambúrgueres, vendo striptease”, disse ele.

Fonte: G1| The Local

EUA querem criar “portagem” à entrada de clubes de striptease

romeno ensaia proprio funeralUm legislador do estado de Nova York (EUA) quer criar uma “portagem” de 10 dólares (cerca de 7,75€) a cobrar à entrada das casas de striptease. A proposta é do deputado nova-iorquino Felix Ortiz, o mesmo que já propôs no passado aumentar os impostos sobre as empresas que vendem alimentos e refrigerantes que engordam, conhecido como “imposto da obesidade”.

A nova taxa foi apelidada de “portagem do striptease”. A receita arrecadada com a “taxa” sobre os clientes dos clubes seria destinada a ajudar as vítimas do tráfico de seres humanos, de acordo com o parlamentar. A verba gerada tem o potencial para ser um grande impulso para esses grupos”, disse Ortiz. “Através deste projecto, o estado de Nova York continuará a forjar um caminho para os outros estados seguirem”, acrescentou o parlamentar.

No Texas, os advogados do estado estão a lutar para preservar a taxa 5 dólares sobre os frequentadores das casas de striptease, mas o valor está a ser contestado. O Texas aprovou a taxa em 2007, com objectivo de destinar as receitas aos programas de saúde sexual.

Fonte: G1