Mulheres que dormem muito fazem mais sexo

O que é que mulheres, sono e sexo tem em comum? Nada? Não…

Sobretudo o sono e o sexo podem, à primeira vista, parecer antagónicas, mas um estudo recente comprova que ambos estão muito mais ligados do que aparentam.

Um grupo de investigadores da Universidade de Michigan, após passarem duas semanas a analisar os hábitos de sono e sexo de 171 mulheres jovens, concluíram que as que dormem mais têm uma vida sexual mais movimentada.

Segundo a pesquisa, cada hora a mais dormida correspondia a 14% a mais de probabilidade de uma delas fazer sexo no dia seguinte. Além disso, as que dormiam mais também apresentavam níveis de excitação maiores em relação às que dormiam menos.

A pesquisa foi conduzida por David Kalmbach,  que ainda deu uma boa dica aos casais: “para ter uma boa vida sexual, é bom o casal ter cuidado para não dormir pouco”.

Resumo do estudo: aqui.

Outras:

Dormir sem roupa traz mais felicidade aos casais

Dormir pouco faz engordar até 1kg por semana

Dormir em certa posição pode ajudar a sonhar com sexo

Ciência: comer no McDonalds pode curar a calvice

Um grupo de cientistas japoneses conduziu estudo cujos resultados poderão ser uma descoberta inovadora.

E se a cura da calvice estivesse na Mc Donalds!? A cura da calvície pode ser um “elemento secreto” no menu do McDonald’s. Um estudo da Universidade Nacional de Yokohama, no Japão, segundo o “Daily Mail”, concluiu que um produto químico usado nas batatas fritas da rede de fast food pode fazer com que surjam novos folículos capilares.

Testes em laboratório com ratos deram resultado positivo. Os roedores ganharam folículos capilares novos que, em poucos dias, produziram cabelo.

O agente químico é o dimetilpolissiloxano, que é acrescentado às batatas do McDonald’s para que, quando são fritas, não façam espuma no óleo.

“É muito permeável ao oxigénio e, por isso, o resultado foi muito bom, permitindo a criação de 5 mil folículos de cabelo simultaneamente”, explicou o professor Junji Fukuda. “É uma técnica muito promissora. O cabelo regenerado tem o ciclo de vida de um cabelo normal. Todos os testes indicam que vai funcionar com células humanas também”, acrescentou ele.

10 veículos d’O Arco da Velha de construção caseira

O marroquino Mohamed Mahmedin, de 22 anos, construiu em sua casa em Berrechid, perto de Casablanca, em Marrocos, um pequeno avião. Segundo Mahmedin, a aeronave alcança a velocidade de 200 Km/h e pode voar a uma altitude de 33 metros.
O marroquino Mohamed Mahmedin, de 22 anos, construiu em sua casa em Berrechid, perto de Casablanca, em Marrocos, um pequeno avião. Segundo Mahmedin, a aeronave alcança a velocidade de 200 Km/h e pode voar a uma altitude de 33 metros.
Em 2011, O chinês Zhang Yali e os seus amigos construíram uma bicicleta gigante de mais de uma tonelada em Jilin, na província com o mesmo nome. A bicicleta, de 3,2 m de altura e 5,5 m de comprimento, é para três pessoas. Zhang gastou o equivalente a 2.280€ no projeto, que consumiu dois meses de trabalho. Após, ele deu a obra ao filho.
Em 2011, O chinês Zhang Yali e os seus amigos construíram uma bicicleta gigante de mais de uma tonelada em Jilin, na província com o mesmo nome. A bicicleta, de 3,2 m de altura e 5,5 m de comprimento, é para três pessoas. Zhang gastou o equivalente a 2.280€ no projeto, que consumiu dois meses de trabalho. Após, ele deu a obra ao filho.
O agricultor chinês Zhang Wuyi finalizou a construção de um submarino caseiro em agosto de 2011. Inspirado num golfinho, o submarino chamado "Shuguang Hao" mede 3,6 m de comprimento, 1,8 m de altura, alcança a profundidade máxima de 20 m e pode atingir a velocidade de 20 km por hora, podendo permanecer até 10 horas debaixo d'água.
O agricultor chinês Zhang Wuyi finalizou a construção de um submarino caseiro em agosto de 2011. Inspirado num golfinho, o submarino chamado “Shuguang Hao” mede 3,6 m de comprimento, 1,8 m de altura, alcança a profundidade máxima de 20 m e pode atingir a velocidade de 20 km por hora, podendo permanecer até 10 horas debaixo d’água.
Fã do super-herói Batman, o vietnamita Tung Lam construiu uma réplica da famosa moto do homem-morcego. Ele usou sucata para criar a sua própria "Batpod", e acabou por ficar famoso na província de Lang Son devido à sua invenção.
Fã do super-herói Batman, o vietnamita Tung Lam construiu uma réplica da famosa moto do homem-morcego. Ele usou sucata para criar a sua própria “Batpod”, e acabou por ficar famoso na província de Lang Son devido à sua invenção.
O chinês Abulajon, de 30 anos, levou um ano para construir uma moto gigante com 300 kg, 4,3 m de comprimento e 2,4 m de altura, que custou o  equivalente  a 850€. Ela foi feita a partir de partes encontradas em ferros-velhos e, apesar de possuir um motor capaz de fazer a moto alcançar até 40 km/h, a altura e peso do veículo impedem Abulajon de conduzir esse "monstro" pelas ruas da região.
O chinês Abulajon, de 30 anos, levou um ano para construir uma moto gigante com 300 kg, 4,3 m de comprimento e 2,4 m de altura, que custou o
equivalente a 850€. Ela foi feita a partir de partes encontradas em ferros-velhos e, apesar de possuir um motor capaz de fazer a moto alcançar até 40 km/h, a altura e peso do veículo impedem Abulajon de conduzir esse “monstro” pelas ruas da região.
O libanês Ali Fakih criou uma réplica do que ele afirma ser um caça Mirage na cidade de Nabatiyeh. Fakih passou quatro meses a construir a sua criação, que é semelhante ao modelo francês  Mirage utilizado pelo exército do Líbano. Apesar do caça alcançar velocidades de até 80 km/h, a réplica não é capaz de voar
O libanês Ali Fakih criou uma réplica do que ele afirma ser um caça Mirage na cidade de Nabatiyeh. Fakih passou quatro meses a construir a sua criação, que é semelhante ao modelo francês Mirage utilizado pelo exército do Líbano. Apesar do caça alcançar velocidades de até 80 km/h, a réplica não é capaz de voar
Em setembro de 2012, o ferreiro Tian Shengying, de 55 anos, construiu sozinho um helicóptero em Shenyang, na província de Liaoning, na China. Tian construiu o corpo, cauda e rotor do helicóptero sem um plano detalhado em apenas 15 dias. Ele criou o helicóptero depois de receber um pedido de um centro de pesquisas de aeronaves não-tripuladas .
Em setembro de 2012, o ferreiro Tian Shengying, de 55 anos, construiu sozinho um helicóptero em Shenyang, na província de Liaoning, na China. Tian construiu o corpo, cauda e rotor do helicóptero sem um plano detalhado em apenas 15 dias. Ele criou o helicóptero depois de receber um pedido de um centro de pesquisas de aeronaves não-tripuladas .
Em junho de 2012, Istvan Puskas levou dois anos para finalizar a construção de uma moto de madeira na cidade de Iszaors, a 161 km de Budapeste. Puskas, um tratorista na época com 52 anos, entalhou o veículo a partir de lenha, e até o tanque de combustível é um barril de madeira, além de um guiador composto de chifres de boi.
Istvan Puskas  terminou em junho 2012 uma obra que havia começado dois anos antes: construir uma moto de madeira na cidade de Iszaors, a 161 km de Budapeste. Puskas, um tratorista na altura com 52 anos, entalhou o veículo a partir de lenha, e até o tanque de combustível é um barril de madeira, além de um guiador composto de chifres de boi.

 

Li Jingchun, um agricultor com 58 anos em 2012, trabalhou com a ajuda da família no seu avião feito em casa em Xiahe, na província chinesa de Liaoning. A aeronave tem 5 m de comprimento, 1,5 m de largura e é feita basicamente de placas de ferro recicladas. À época ele já havia gasto dois anos e o equivalente a 4600€ no projeto.
Li Jingchun, um agricultor com 58 anos em 2012, trabalhou com a ajuda da família no seu avião feito em casa em Xiahe, na província chinesa de Liaoning. A aeronave tem pouco mais de 5 m de comprimento, 1,5 m de largura e é feita basicamente de placas de ferro recicladas. À época ele já havia gasto dois anos e o equivalente a 4600€ no projeto.
No início de 2011, o construtor naval sueco Christian Bohlin criou um barco com o formato de um pato. A embarcação conta com quarto, cozinha e uma sauna na proa, e foi exibida em Estocolmo, na Suécia. O sueco disse à época que esperava vendê-la por 40 mil euros.
No início de 2011, o construtor naval sueco Christian Bohlin criou um barco com o formato de um pato. A embarcação conta com quarto, cozinha e uma sauna na proa, e foi exibida em Estocolmo, na Suécia. O sueco disse à época que esperava vendê-la por 40 mil euros.

Casais com televisão no quarto fazem duas vezes mais sexo

ver tvColocar uma televisão no quarto pode atrapalhar o seu ciclo do sono — mas, segundo as informações do Daily Mail, também pode dar um up na sua vida sexual, se as últimas pesquisas estiverem corretas.

Casais com uma televisão no quarto fazem sexo, em média, duas vezes mais do que aqueles que preservam o sono, de acordo com o inquérito.

Primeiro, os voluntários responderam se tinham ou não uma televisão perto da cama. Depois, foi-lhes perguntado quantas vezes por semana eles tinham relações sexuais.

Quando os resultados foram cruzados, mostraram que aqueles com a televisão faziam sexo cerca de duas vezes por semana, enquanto a média dos sem TV ficou em uma vez por semana.

Os entrevistadores também perguntaram se eles sentiam que a televisão no quarto ajudava na vida sexual. Para 67%, a resposta é sim.

Entre as razões, está o fato de poderem ver filmes e programas eróticos juntos (37%) e não precisar escolher entre sexo e acompanhar os espectáculos preferidos (32%).

Pesquisa: mulheres fazem o melhor sexo aos 28 anos

Pesquisas sobre comportamento sexual quase sempre são tão curiosas quanto polémicas. Esta feita pela Love Honey, que vende apetrechos sexuais na internet, não foge à regra.

Foram ouvidas 1.281 pessoas no Reino Unido. A maior parte das mulheres disse terem feito o melhor sexo das suas vidas aos 28 anos.

Já os homens obtêm o maior prazer aos 33 anos.

A pesquisa contradiz estudos que apontam que os homens têm o pico sexual aos 18 anos e as mulheres, aos 30.

Outros números:

– As mulheres tem o maior número de relações aos 25 anos, oito anos após perderem a virgindade (17).

– Mulheres na faixa dos 20, 30, 40 e 50 anos tiveram a primeira experiência sexual um ano mais cedo que as de 60 anos.

– Por falar em virgindade, os homens perdem-na, em média, aos 18 anos. Estão sexualmente mais ativos aos 29.

Poluição engorda?

Mais um efeito bem desagradável da poluição: ela pode deixar as pessoas mais rechonchudas.
Um estudo norte-americano, feito por investigadores das universidades de Ohio e de Nova Iorque, constatou que a exposição ao ar poluído no inicio da vida – do nascimento até à adolescência – aumenta a acumulação de gordura abdominal, dos níveis de açúcar no sangue e a resistência à insulina (o que abre o caminho para a diabetes).

Para já fique descansado pois este estudo ainda só foi feito em ratos. No estudo, os bichinhos que respiraram poluição ganharam bem mais peso do que os colegas que comeram as mesmas coisas, mas respiraram ar puro.

Segundo os cientistas, os níveis de poluição aos quais eles foram expostos assemelham-se aos que são encontrados nas áreas urbanas dos Estados Unidos. Testes com humanos – que serão conduzidos em Beijing, na China – devem começar brevemente, para confirmar se o efeito é o mesmo e, porque é que isso acontece.

Via: Ciência Maluca

Nos homens o tamanho dos dedos importa

Um grupo de investigadores da Universidade de Concordia, no Canadá chegou à conclusão que o dedo anelar (o que fica entre o mindinho e o do meio) do homem em comparação ao resto da sua mão – especialmente em relação ao indicador –, maior a probabilidade de ele ser uma pessoa que vai atrás do que quer, que arrisca mais, que trabalha duro e que, determinado a vencer, não aceita “não” como resposta. Consequentemente, ele tende a ganhar mais dinheiro e a ter mais sucesso nos relacionamentos do que os outros.

Já os homens cujo dedo mais comprido é o indicador tendem a ser do tipo “pé no chão”, mais tranquilos, sossegados, na deles. Por isso, acabam por tirar menos proveito das oportunidades e são mais “modestos” quando é hora de se ter sucesso. O grande risco que eles conseguem correr, se não for exagero dizer, é o de virarem um tédio.

Os investigadores mediram os dedos e analisaram os traços de personalidade de 413 voluntários, homens e mulheres. E descobriram que os níveis de testosterona presentes no corpo afectam o comprimento dos dedos em ambos os sexos.

O grupo dos homens com o dedo anelar comprido, apresentam mais testosterona, o que os torna, de acordo com o estudo, “homens-alfa”. Mas é só nos homens que isso afecta directamente o comportamento.

Homens com voz grossa tem mais filhos

Os investigadores já tinham avisado que os homens com voz grossa parecem mais atraentes para o sexo oposto. E também que essa preferência feminina pelos vozeirões é maior durante o período fértil. Daí que os investigadores da Universidade de Harvard (EUA) resolveram juntar A + B (o que, apesar de parecer óbvio, ninguém ainda tinha feito): reuniram um grupo de pouco mais de 100 voluntários (homens e mulheres) de uma pequena comunidade da Tanzânia (devido ao pouco uso de métodos contraceptivos por lá) e, após gravarem e analisarem os timbres de voz de cada um, analisaram também os seus desempenhos no campo fértil.

E a que conclusão chegaram? A voz não parece interferir na capacidade reprodutiva da mulher. Mas os homens que falam mais grosso têm, “consistentemente”, mais filhos do que a média. A culpa, segundo o estudo, é da testosterona (sempre ela!), que influencia tanto o timbre da voz quanto a vida sexual do homem.

Como dizem os investigadores, a voz grossa é, para as mulheres, um sinal da “qualidade do parceiro”, reprodutivamente falando. O que pode indicar que o número maior de filhos seja um simples efeito natural de ter um número maior de parceiras. Ou não. Este aspecto será alvo de estudos futuros.

Via:

Spray pode aumentar até seis vezes o tempo de erecção

ejaculacao-precoceUm spray criado por cientistas do Hospital Royal Victoria de Belfast, Irlanda do Norte, pode ajudar os homens que sofrem de ejaculação precoce a prolongar o tempo da relação sexual em até seis vezes. Os homens que usaram o medicamento em testes cinco minutos antes do sexo estenderam o tempo da relação entre 30 segundos e quatro minutos.

O spray tem anestésicos que agem localmente, no pénis. O estudo, publicado na revista especializada British Journal of Urology, afirma que o produto poderá estar no mercado nos próximos anos.

Especialistas afirmam que até 40% dos homens sofrem de ejaculação precoce em algum momento da vida, mas é difícil ter uma estatística exacta, pois ainda existe constrangimento para uma discussão da vida sexual entre homens e a definição de uma ejaculação precoce varia de homem para homem.

Para alguns, dez minutos de relação pode ser o bastante, para outros, uma relação que dure menos de 20 minutos pode ser insatisfatória.

No estudo os investigadores analisaram 300 homens que regularmente tinham dificuldades em manter uma relação de mais de um minuto.A maioria destes homens tinha tentado outros tratamentos, o mais comum sendo antidepressivos via oral.

Cada vez que eles mantinham uma relação durante o período de três meses do estudo, casa casal usava um cronómetro para marcar o tempo até à ejaculação.

Os homens que testaram o spray, chamado de PSD502, conseguiram durar 6,3 vezes mais em média. O PSD502 ajudou 90% dos homens a ter relações sexuais de até quatro minutos, sendo que anteriormente eles mantinham relações por apenas alguns segundos.

Em comparação, os homens que testaram um spray placebo a relação durou cerca de 1,7 vezes mais.

“Ejaculação precoce pode ser um problema muito aflitivo para os homens e pode causar frustração e fazer com que eles evitem relações sexuais”, afirmou o professor Wallace Dinsmore, líder da pesquisa.

“A nossa pesquisa mostra que quando o spray PSD502 foi aplicado ao pénis do homem cinco minutos antes da relação, houve melhora na relação e na satisfação sexual, que são factores chave para o tratamento da ejaculação precoce.”

“Isto pode ajudar particularmente os homens que têm problemas de ejaculação precoce relacionados com ansiedade”, disse Paula Hall, da organização britânica de terapia sexual Relate.

“Pode ajudar a aumentar a confiança deles, mas a causa da ansiedade ainda precisa ser tratada”, acrescentou.

Fonte: dcomercio