Escritório de advogados oferece divórcio grátis como prémio no Dia dos Namorados

Um escritório de advogados americano está a fazer a promoção de Dia dos Namorados cujo prémio é um divórcio grátis.

A firma Wilson & Haubert, de Little Rock, Arkansas, anunciou que a promoção será realizada online. Segundo eles, o custo do processo de divórcio é US$ 985 (cerca de 800€).

Para participar, é necessário explicar os motivos que levaram o casal a querer separar-se.
Se nos lê nos “states” então aqui fica o link para se candidatar:

Egípcio é preso após fazer “Like” em página cristã no Facebook

[Imagem meramente ilustrativa]
[Imagem meramente ilustrativa]
Um egípcio foi condenado na passada terça-feira (24/6) a seis anos de prisão e a pagar uma multa equivalente a 616€  por gostar de páginas cristãs no Facebook. As autoridades consideraram que o homem violara as leis do Egito, que proíbem qualquer crítica à religião islâmica.

De acordo com o site “Breit Bart”, Kerolos Shawky foi indiciado por blasfêmia, ridicularizar religião e incentivar a luta sectária.

Mas o advogado de Kerolos justificou que ele não tinha a intenção de insultar a religião islâmica ao gostar da página “Cavaleiros da Cruz” no Facebook. O defensor do egípcio alegou ainda que o homem é deficiente visual e tem pouca experiência na internet.

Uma pesquisadora do Instituto de Política do Oriente Médio denunciou que um prédio de propriedade cristã foi incendiado um pouco antes do julgamento do egípcio. O atentado ocorrera na mesma cidade onde Kerolos mora.

O Instituto dos Interesses Cristãos no Egito afirmou que esta é a terceira condenação do tipo desde que Abdel Fatah el-Sisi assumiu o controlo do país.

Americana de 27 anos leiloa a ‘virgindade’

virgindadeUma mulher que diz ser estudante de medicina e se identifica como Elizabeth Raine, de 27 anos, está a “oferecer” a sua virgindade a quem pagar mais num leilão online.

Elizabeth garante ser aluna de uma das mais famosas escolas médicas dos EUA. Ela espera arrecadar pelo menos  400 mil dólares (cerca de 289.000€) no leilão. Para isso, está a usar um agente australiano a fim de não violar as leis americanas contra a prostituição.

A dona da “virgindade” leiloada, que diz ser loura de olhos verdes e ter 1,78m de altura, divulgou fotos no seu site, sem exibir o rosto.

Ela acrescenta que pretende doar 35% do valor arrecadado no leilão para uma instituição de caridade.

O vencedor terá direito a passar 12 horas com Elizabeth, que garante ter o apoio dos pais.

No site, a americana listou os motivos que a fizeram partir para o leilão: dinheiro, aventura, erotismo, escândalo e desafio à virgindade.

Será que é uma partida? É que o leilão terá o seu inicio a 1 de abril…
   

Fotografar por baixo da saia das mulheres dá prisão em Massachusetts (EUA)

foto debaixo saiaO governador democrata, Deval Patrick assinou a nova lei no inicio do mês, dois dias depois de ele declarar inocente à justiça um homem que fotografou sob as saias de uma mulher sem o seu consentimento

Fotografar por baixo das saias das mulheres passou a ser um crime punível com pena de prisão até dois anos e meio de e multa 5.000 dólares (3.600€) no estado de Massachusetts, no nordeste dos EUA.

O governador democrata, Deval Patrick assinou a nova lei no inicio do mês, dois dias depois de ele declarar inocente perante a justiça um homem que fotografou sob as saias de uma mulher sem o seu consentimento no metro de Boston. O juiz argumentou que não havia base legal para a condenação.

A lei promulgada no inicio do mês teve efeito imediato. “Com esta lei, fazer fotos ou vídeos secretamente, ou monitorizar electronicamente as partes íntimas de outra pessoa (…) torna-se um crime”, disse o gabinete do governador.

Relacionadas: 

Mais leis estranhas pelo mundo…

Mulheres dos EUA estão sujeitas a conjunto de leis insólitas

Conheça a leis insólitas que, pelo mundo, regulam o sexo

Há quem defina “sexo” como sendo “aquilo que quando é bom é ótimo, mas mesmo quando é ruim ainda é muito bom”.

Cada um terá sua definição e a sua forma de encarar o sexo. Mas se no nosso país podemos viver o sexo com alguma naturalidade, outros países há que detalharam leis especificas sobre o ato. E não pensem que estas leis vigoram apenas em países subdesenvolvidos e/ou do terceiro mundo. Deixo-vos abaixo uma pequena lista de algumas leis sobre e sexo existentes pelo mundo:

  • Em Ventura, na Califórnia, cães e gatos precisam de licença pública para fazer sexo na rua;
  • Em Couer d’Alene, no Idaho, se um policia perceber que um casal está a ter sexo dentro de um carro, ele deve buzinar três vezes e esperar 2 minutos antes de se aproximar do veículo;
  • Em Liverpool, na Inglaterra, a lei autoriza vendedoras a fazerem topless mas apenas em lojas de peixes tropicais;
  • Em Helena, Montana, é proibido que uma mulher dance em cima da mesa de um bar se a sua roupa pesar menos de 2 quilos;
  • Em Alexandria, no Minnesota, o marido não pode fazer sexo com a esposa se ele estiver com o hálito a cheirar a alho, cebola ou sardinha;
  • No estado da Virgínia, é proibido fazer sexo oral e anal. A medida era para conter o homossexualismo. Além disso ainda ficou proibida toda e qualquer posição sexual que não seja o tradicional pai-mãe. como se não bastasse também não pode fazer cócegas nas mulheres;
  • No Líbano, os homens podem legalmente ter relações sexuais com animais, mas têm que ser fêmeas. Relações sexuais com machos são puníveis com a morte;
  • No Bahrain, um médico pode legalmente examinar os orgãos genitais femininos, mas está proibido de olhar diretamente para eles durante o exame. Ele pode apenas olhar através de um espelho. (Quer dizer, por a mão: à vontade! Olhar, nem pensar!) ;
  • Os muçulmanos não podem olhar os genitais de um cadáver. Isto também se aplica aos funcionários da funerária… Os órgãos sexuais do defunto devem estar sempre cobertos por um tijolo ou por um pedaço de madeira;
  • A penalização da masturbação na Indonésia é a decapitação… (Mas… de que cabeça?) ;
  • Há homens em Guam cujo emprego principal é viajar pelo país e desflorar virgens, e são pagos por isso. Razão: Pelas leis de Guam, é proibido virgens casarem-se;
  • Em Hong Kong, uma mulher traída pode legalmente matar o seu marido adúltero, mas deve fazê-lo apenas com as suas mãos. Em contrapartida, a mulher adúltera pode ser morta de qualquer outra maneira pelo marido;
  • Em Cali, na Colômbia, uma mulher só pode ter relações com o seu marido, quando na primeira vez que isso ocorrer, a sua mãe estiver no quarto para testemunhar o acto;
  • Em Santa Cruz, na Bolívia, é ilegal um homem ter relações com uma mulher e a filha dela ao mesmo tempo;
  • Em Maryland, nos EUA, os preservativos podem ser vendidos em máquinas, mas apenas em lugares onde são vendidas bebidas alcoólicas para consumo no local.

Leia também:

Governo francês muda lei para deixar casas de banho mais perto da cozinha

Funcionários têm que pagar taxa para ter mais de 1 mulher na Indonésia

 

Nos EUA, espiar e-mail da esposa acaba em tribunal

Leon Walker, o "criminoso"

Um norte-americano vai ter de responder em tribunal por ter acedido ao e-mail da esposa sem autorização

O caso teve lugar no estado norte-americano do Michigan quando Leon Walker acedeu ao correio electrónico da esposa, Clara, para tentar descobrir provas de que estava a ser traído.

O objectivo foi cumprido, mas além de ter descoberto a traição, Leon Walker identificou o amante como sendo o segundo ex-marido da esposa, que esteve preso por actos de violência doméstica contra Clara, na presença do seu filho, fruto de um primeiro casamento.

Os elementos recolhidos por Leon foram enviados ao primeiro ex-marido, que luta em tribunal pela tutela do filho.

Segundo a imprensa local, o agora arguido alega que enviou aquela informação porque temia pela segurança da criança.

Não foi essa a opinião da esposa, que assim que descobriu resolveu processar Leon Walker, acusando-o de piratear o seu e-mail.

Citado pelo Detroit Free Press o advogado do arguido afirma que «nunca viu nada disto acontecer».

Para o causídico «esta é uma acusação de pirataria informática, o mesmo tipo de crime que utilizam para quem tenta entrar num sistema governamental ou no das empresas privadas para fins errados».

Leon Walker nega as acusações ao argumentar que o computador utilizado para aceder ao e-mail da esposa era partilhado, o que Clara refuta, dizendo que o PC era só dela.

O caso vai agora ser julgado em tribunal a partir de Fevereiro de 2011. Entretanto o casal acaba de se divorciar.

Via: Sol

Na Sérvia, censo admite que pessoas se declarem ETs

Este ano o censo que se vai realizar na Sérvia criou uma categoria de outro mundo: vai permitir que as pessoas se declarem extraterrestres/alienígenas no formulário, segundo reportagem do “Metro”.

Entretanto os que optarem pela classificação de ET’s não precisarão informar detalhes sobre a sua vida sexual, religião e etnia, disse o Instituto de Estatística do país balcânico.

No Reino Unido, há um movimento pela inclusão da opção “Jedi” no campo da “religião” nos censos demográficos. Nos censos de 2001 na Inglaterra e em Gales, 390 mil pessoas declararam-se “Jedis”, mas, como não havia tal opção no formulário, elas foram consideradas como “ateístas”.

Cidade alemã combate o défice com “imposto sexual”

Perante um défice municipal superior a 100 milhões de euros, a autarquia de Dortmund, no oeste da Alemanha, criou um imposto sobre a prostituição. Todas as profissionais do sexo registadas na cidade vão agora pagar uma tarifa de 6 euros por dia de trabalho, sob pena de multa. A autarquia espera, com esta medida, “embolsar” 750 mil euros por ano. A medida entrou em vigor em agosto, mas só nesta semana os tickets que autorizam o trabalho diário começaram a ser emitidos. Por falta de apoio político uma outra proposta alternativa, de cobrar 1 ou 2 euros de entrada na zona de prostituição da cidade, não foi avante. Impostos como estes são comuns na Alemanha, onde a prostituição é legalizada e as prostitutas pagam IRS. Colónia adotou em 2004 um imposto de 150 euros para as profissionais do sexo, e depois criou uma opção para o pagamento de 6 euros por dia de trabalho para quem exerce a atividade nas horas vagas.

Autarca proíbe moradores de ficarem doentes

O autarca de Acquapendente (Itália) publicou um decreto em que proíbe os moradores de ficarem doentes. O autarca, de esquerda, Alberto Bambini, disse que tomou a medida em resposta ao encerramnento do hospital da cidade ordenado pelo governador de Lazio. A partir de 1 de janeiro, Acquapendente terá apenas uma unidade de emergência.

Assim, Bambini ordenou que os 5.700 moradores evitem qualquer comportamento que possa comprometer a sua saúde, como sair de casa com muita frequência ou praticar desportos, de acordo com a imprensa local.

Caso o morador fique doente e precise ser levado a um hospital de Belcolle (a 45 km de Acquapendente), terá que pagar uma multa, que varia de acordo com a gravidade da doença.
Redacção:arcodavelha.eu Via: PageNotFound

Catalunha: Prostitutas multadas por não usarem colete reflector

As prostitutas que oferecem serviços sexuais nas bermas da estrada LL-11, junto à localidade catalã de Els Alamus, estão a receber multas de 40 euros sempre que as autoridades as encontram sem coletes reflectores.

Apesar de o presidente da autarquia ter em curso uma campanha contra a prostituição, a polícia catalã garante que as multas são as mesmas que qualquer peão receberia caso estivesse na estrada sem o colete que permite sinalizar a sua presença.

Via: Correio da Manhã

Boliviana é presa ao tentar enviar múmia pelo correio

Uma boliviana foi presa na última segunda-feira em El Alto, na Bolívia, após tentar enviar uma múmia pelo correio. Segundo a Polícia Nacional Boliviana, o objecto tinha como destino a França. A múmia foi descoberta pela polícia durante uma verificação rotineira das encomendas. A idade e a origem da múmia são desconhecidas.

Americano é preso após pagar acto sexual com raspadinha premiada

O norte-americano John J.G. Trotter, de 22 anos, foi preso na semana passada em Waterford, no estado da Nova Jersey (EUA), acusado de dar uma raspadinha premiada no valor de 5 dólares (3,60€) e outros 35 dólares (25€) em dinheiro para um outro homem lhe fazer sexo oral.

O jovem foi detido acusado de incentivo à prostituição. O outro suspeito não foi encontrado pela polícia. O incidente foi registado no dia 28 de setembro. A polícia recebeu uma denúncia de que dois homens estavam numa actividade suspeita num parque da cidade.

Trotter terá que comparecer a uma audiência no tribunal em 21 de outubro.

Uruguai regista nomes como Hitler, Napoleão, Branca de Neve e Tarzan

Se Hitler estivesse vivo, jamais imaginaria que várias pessoas usam o seu sobrenome no Uruguai, onde uma regulamentação frágil e a criatividade popular deixaram registos tão surpreendentes como Napoleão, John Kennedy, Branca de Neve, Einstein, Tarzan, Oxigénio e Demência.

Em pleno século XXI e a milhares de quilómetros da Alemanha o fantasma do ditador nazista rondou este mês pelo país sul-americano, quando na pequena cidade de Tacuarembó, no norte do Uruguai, um homem de 70 anos matou com um tiro a sua companheira de 38 e depois suicidou-se.

Seria apenas mais uma nota no jornal se não fosse pelo autor do crime se chamar Hitler Aguirre Fuentes, um nome que também havia colocado ao seu filho e que compartilha com pelo menos outros três compatriotas, cada um com uma história mais curiosa que a outra.

Um deles, Hitler Ignacio da Silva, de 71 anos, nascido em Rivera, fronteira com o Brasil, explicou à Agência Efe que deve o nome a seu pai, um policia que, não contente, tentou registar o outro filho como Mussolini, mas a mãe das crianças não deixou.

Silva, que junto com Aguirre chegou a protagonizar um documentário chamado “Dos Hitleres” (Dois Hitleres), garante que nunca quis trocar de nome, apesar das confusões na infância e de vários hotéis terem negado hospedá-lo numa viagem que fez a Buenos Aires.

No caso de Hitler Gayoso – de 75 anos, que vive em Montevidéu -, a responsável foi a sua mãe, uma humilde camponesa que teve 12 filhos. Os jornais da época eram a  sua fonte de inspiração.

“Ela achou que era um nome lindo”, justificou Gayoso, que já pensou em pedir a um juiz para trocar de nome, mas desistiu porque antigamente “era muito complicado”.

Juan Hitler Porley – de 67 anos, morador de San José, estado vizinho de Montevidéu -, explica que recebeu esse nome por ter nascido em 1943, em plena Guerra Mundial.

“Os meus pais baptizaram-me assim porque acharam que o nome soava bem. Colocaram Hitler como poderiam ter colocado o nome de um cantor famoso da época”, relata.

A razão deste curioso fenómeno, segundo o director do Registo Civil uruguaio, Adolfo Orellano, é que, durante a primeira metade do século passado, quando o Uruguai abriu as suas fronteiras à cultura de diferentes países do mundo, “não havia nenhum controlo nos registos dos nomes”.

Por isso, é fácil encontrar na lista telefónica nomes como Tarzan, Napoleão, Desventurado, Pacífico, Remember, Ermitão, Waterloo, Addisabeba, Oscar Wilde, Einstein, Repúblico, Kremlin, Branca de Neve e John Kennedy.

Os pais mais fanáticos pelo futebol também deixaram algumas jóias como Vitória Celeste, em homenagem ao título mundial que o Uruguai ganhou em 1950.

A febre de nomes excêntricos voltou após o Mundial da África do Sul, quando a selecção uruguaia terminou em quarto lugar, como mostra o recente tentativa de se registar uma Maria Vuvuzela.

Segundo Orellano, nos anos 80 foi aprovada uma lei que proíbe os nomes “extravagantes, imorais, ridículos ou que gerem dúvidas a respeito do sexo”, mas a decisão final de registar um cidadão é dos funcionários do Registo Civil.

Por isso, no ano que vem será enviado um protejo de lei ao Parlamento contendo uma detalhada regulamentação que impeça interpretações erradas.

“Uma coisa é a liberdade e outra coisa é a libertinagem. O nome deve ser uma denominação, e não um peso para o futuro da criança”, argumentou Orellano.

O jornalista e humorista uruguaio Jorge ‘Cuque’ Sclavo tem conhecimento de vários outros casos famosos, como o de Potranca Divina e ‘Gaucho Punteador’, e o de uma pessoa que chegou a ter 19 nomes.

Segundo Sclavo, o fenómeno ocorria, principalmente, entre as pessoas que viviam no interior do país, que não tinham ideia de nomes e apelavam para o que liam nos almanaques”, embora também existam os casos de “algumas pessoas que, eufóricas pelo nascimento do filho, bebiam demais e iam ao cartório”, conclui.

Brasileira, argentina e americana disputam guerra do silicone (nos seios)

Os fãs da “texana” Sheyla Hershey “gabavam-se”, até ao fim de 2008, que era dela o título de mulher com as maiores próteses de silicone do mundo. Jornais como o “New York Post” e o britânico “Daily Star” publicaram reportagens sobre o suposto recorde da brasileira, que nasceu Sheyla Almeida em 1979 em Vitória, no Espírito Santo, mudou-se para o Texas em 2002 e casou-se com Derik Hershey.

À esquerda, a argentina Sabrina Sabrok. (Foto: Reprodução/YouTube); à direita, a brasileira Sheyla Hershey. (Foto: Reprodução/Site oficial).

Ela fez nove cirurgias para aumentar os seios. A última delas no Brasil, após os médicos norte-americanos se recusaram a operá-la. As leis do Texas proíbem tanto silicone numa só pessoa.

Além disso, ficaram com medo de que Sheyla apresentasse problemas musculares, respiratórios ou posturais em consequência de todo aquele volume extra. Havia ainda o risco de ruptura de tecidos ou da própria prótese.

Sheyla chegou a ter 7 litros de implantes (outras fontes dizem que ela “não passou de 5,5 litros”). A sua meta era chegar aos 10 litros em dezembro de 2008.

Mas em novembro descobriu que estava grávida. Para alívio dos familiares, que não aprovam a sua obsessão, Sheyla não só desistiu temporariamente do recorde como também retirou grande parte dos implantes para não prejudicar o desenvolvimento e a amamentação da criança. Ela estaria agora apenas com 1 litro de silicone.

O caminho ficou livre para as duas outras concorrentes mais fortes: a cantora e apresentadora argentina Sabrina Sabrok e a actriz porno americana Maxi Mounds(Maiores seios porno entram para o Guinness Book) na foto ao lado. Biografias de Mounds na web garantem que as suas medidas foram homologadas pelo Guinness, o Livro dos Recordes, em fevereiro de 2005: parte inferior do seio com 91,44 cm e ao redor dos seios, acima do mamilo, com 153,67 cm. Sheyla teria chegado, no máximo, a 125 cm.
A ex-modelo, dançarina, cantora e apresentadora de TV argentina Sabrina Sabrok diz ser, no mínimo, detentora das maiores próteses da América Latina. A transformação dela choca porque, quando dançava, era uma menina franzina e de poucas curvas. Depois de aumentar os seios com 3,5 litros de silicone, ela voltou as suas atenções para o traseiro, que também já começou a ser aumentado.

Fonte: G1