Tailândia: procura-se mulher loira que se “esfregou” (nua) em pedra sagrada

Uma turista despertou raiva numa ilha na Tailândia , depois de “desrespeitar” uma rocha sagrada em forma de… pénis.

Uma mulher, loira, foi vista despir-se ao lado do Hin Ta – ou Grandfather Rock (Rocha do Avô) – na ilha de Koh Samui na passada segunda feira (12).

Ela foi fotografada a esfregar-se contra a rocha sagrada de 3,6 metros de altura com forma fálica – que os moradores acreditam estar imbuída com o espírito de um homem velho.

Os moradores furiosos estão agora a exigir que a polícia prenda a mulher, para já não identificada, e a faça publicamente pedir desculpas pelo seu desrespeito.

Sutida Wongyai, vendedor ambulante de comida, disse: “A rocha é muito especial e representa a nossa ilha. É um insulto fazer isso”. Já Suriya Promsri, chefe de um hotel local, acrescentou: “Ninguém deve estar nu em público aqui. Isso é ofensivo. A polícia precisa encontrá-la e processá-la. Isso avisará outras pessoas para não desrespeitar a ilha.

A Hin Ta Rock, uma atração turística na ilha, fica ao lado de uma outra pequena rocha chamada Hin Yai. A primeira assemelha-se à genitália masculina e a segunda à feminina.

Apesar dos sinais de alerta na praia, a infeliz forma fálica da rocha atrai regularmente  brincalhões que “ofendem” os locais ao escalá-la ou ao posar ao lado dela.

A polícia da ilha confirmou hoje que receberam uma queixa sobre a turista e estão a investigar.

Um porta-voz disse: “Isso não é aceitável e os oficiais investigarão as imagens e tentarão encontrar a mulher”.

Fotos de líderes mundiais sem utilizar uma única foto deles!

Já imaginou ter uma foto(montagem) sua sem para tal fosse usada qualquer foto mesmo sua!? parece estranho, impossível e não sei que mais. Mas é possível e a prova está no trabalho realizado pela agência criativa AlmapBBDO e a Getty Images .

“Fotos” de Angela Merkel, Príncipe Charles, Dalai Lama e Papa Francisco. Nada demais, certo? Até dar conta de que nenhuma imagem dos mesmos foi usada para construir o resultado final.

Segundo a agência, os rostos dessas personalidades foram meticulosamente reconstruídos apenas com uso de imagens criativas, extraindo cada detalhe de fotos de outras pessoas. Foram necessários quatro meses de pesquisas e testes até chegar ao resultado final.

Os anúncios incluem os códigos de referência das imagens utilizadas, caso alguém queira tentar por conta própria.
merkel
papa-franciscoprincepe-carlos

Créditos:
Title: Millions of Images. Endless Possibilities
Agency: AlmapBBDO
Client: Getty Images
Partner/ CCO: Luiz Sanches
Executive Creative Direction: Bruno Prosperi
Creative Direction: Benjamin Yung Jr, Marcelo Nogueira, Andre Gola, Pernil
Digital Creative Director: Luciana Haguiara
Digital Head of Art: Pedro Burneiko
Copywriter: Daniel Oksenberg
Art Director: Andre Sallowicz
Illustrator: Vitor Fubu, Vetor Zero Print + Evandro Malgueiro
Photography: Getty Images
Web Designer: Adriel Nunes
Art Buyers: Teresa Setti, Ana Cecília Costa
Production Company: Vetor Zero
Direction: Gabriel Nobrega
Audio: Satelite Audio
Music: Team Satelite
Agency producer: Vera Jacinto, Diego Vilas Boas e Fernando Yamanaka
Project Manager: Mayra de Souza Otsuka
Technology Director: Eduardo Bruschi
UX Designer: Caroline Kayatt
Planning: Cintia Gonçalves
Accounts: Daniela Gasperini, Samia Reiter Paz
Media: Carla Durighetto
Client Supervisors: Renata Simões, Susan Smith Ellis, Kjelti Kellough

Junte-se a nós no Facebook:

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS:

Adeptos das “selfies” julgam-se mais atraentes e simpáticos

selfieAs pessoas que fazem regularmente fotos de si mesmas (as selfies) tendem a superestimar a sua atractividade e simpatia, e, por outro lado, são vistas como mais narcisistas por observadores independentes, em comparação com os não adeptos  das selfies, de acordo com um estudo publicado na Social Psychological and Personality Science .

A riqueza de evidência psicológica mostra que as pessoas têm uma tendência a achar-se melhor do que a média numa ampla gama de características positivas, um fenómeno conhecido como “viés atribucional de auto-favorecimento”. Há também evidências de que o “viés atribucional de auto-favorecimento” é mais forte na situações em que a pessoa tem grande capacidade de controlo pessoal. Qualquer pessoa com uma conta nas redes sociais pode testar a sua popularidade através das selfies ou autoretratos. Dando às pessoas uma grande quantidade de controlo pessoal sobre como eles se apresentam ao mundo, ou seja, as selfies podem ser uma situação privilegiada para reforçar o“viés atribucional de auto-favorecimento”.

Uma equipa de psicólogos liderados por Daniel Re, da Universidade de Toronto, realizou um estudo destinado a comparar a forma como “viés atribucional de auto-favorecimento” é afetado pelas selfies. A amostra incluiu 198 estudantes universitários, incluindo 100 que relataram fazer regularmente selfies, e 98 que relataram terem feito pouca ou nenhuma selfie. Os participantes do estudo foram convidados a fazer uma selfie usando uma câmara de smartphone, e também lhe foram tiradas fotos por um dos elementos que fazia o estudo.

Os investigadores concluem que os adeptos das selfies pode aumentar a susceptibilidade das pessoas ao viés atribucional de auto-favorecimento, levando-as a superestimar a atratividade das suas fotos. Eles sugerem que este efeito pode ocorrer porque os adeptos das selfies desenvolvem estratégias para tirarem as suas fotos pensando que com isso estas serão mais eficazes, ou talvez por causa feedback positivo na forma de gostos nas redes sociais.

Nem tudo é o que parece.

Selfie’s já era! Agora a moda é viajar pelo mundo e fazer fotos em topless…

topless-tourTrês estudantes em Londres lançaram uma nova tendência. Depois da selfies (nada mais que um rebranding do velho auto-retrato), a moda agora é tirar e partilhar fotografias em topless durante as férias.

Mas não são fotos em topless normais. As imagens não ferem a sensibilidade de ninguém e não é preciso grande coragem para as produzir, já que as protagonistas aparecem sempre de costas. E pelo menos as fotos de Lydia Buckler, Olivia Edginton e Ingvild Olsen, as percursoras da tendência, primam pelo bom gosto.

A ideia surgiu quando as três estudantes de dança e música passavam férias na Noruega, país natal de Ingvild. Apesar do frio do inverno, as amigas decidiram marcar um momento para a posterioridade ao tirar uma fotografia em topless, vistas de costas.

Unidas também pelo prazer de viajar, as três estudantes já tiraram a mesma fotografia em Nova Iorque, Berlim e Londres, onde estudam. Este ano querem fazê-lo também na Croácia e na Suécia.

Entretanto, as fotos que partilharam nas redes sociais ganharam vida própria e lançaram todo um movimento. Centenas de seguidores, tanto mulheres como homens, já publicaram fotos semelhantes em locais como Espanha, os Estados Unidos, as Filipinas ou a Rússia.

O movimento The Topless Tour (é procurar pela hashtag #thetoplesstour nas redes sociais) contava com mais de 9.000 fãs no Facebook e 14.800 seguidores no instagram esta manhã de quinta-feira.

E as portuguesas, vão dar o corpo ao manifesto?

Via: Sol

Fotos de ‘traseiros’ de hamsters viram mania no Japão

hamuketsuO fenómeno foi batizado de hamuketsu, que resulta da mistura das palavras ‘hamster’ e ‘traseiro’, em japonês.

Nas livrarias do Japão, uma categoria tem despertado interesse especial do público: trata-se do hamuketsu, ou a mistura das palavras ‘hamster’ e ‘traseiro’, em japonês.
Nos últimos dias, mais de 40 mil cópias de livros de fotos a retratar os mais diferentes ângulos dos ‘traseiros’ desses roedores já foram vendidas.

O sucesso foi tão grande que um dos editores decidiu lançar uma página no Facebook inteiramente dedicada aos ‘traseiros’ dos hamsters. Em pouco tempo, o espaço virtual atraiu milhares de fãs e centenas de fotos já foram postadas pelos utilizadores.

“A melhor coisa sobre o hamuketsu é que é muito fofo”, disse um porta-voz da Basilico, uma das editoras envolvidas na publicação de livros do género, em entrevista ao jornal americano The Wall Street Journal.

“Eu não consigo parar de rir quando vejo estes traseirinhos”, acrescentou ele. Outro livro cujas vendas explodiram tem um título sugestivo: “Hamuketsu: tão fofo que o faz desmaiar”.
O fenómeno reflete um aspecto da cultura moderna do Japão conhecido como kawaii, ou “fofo” ou “adorável”, em japonês, que rivaliza com a devoção tradicional da arte japonesa ao minimalismo e à natureza.

 

Dois dias afastado do Facebook afeta auto-estima, diz estudo!

facebookDe acordo com um estudo realizado na Escola de Psicologia da Universidade de Queensland, as pessoas que ficam dois dias sem interagir com os amigos no Facebook sentem-se muito sozinhas e isso resulta numa sensação de abandono quase imediato.

Para chegar a estes resultados, o estudo analisou dois grupos de pessoas: um que é bastante ativo na rede social, ou seja, publica vário tipo de conteúdo; e outro mais calmo, que apenas acede para visualizar as atividades dos amigos mais próximos e, apenas às vezes, publica algo. O primeiro grupo, num período curto de dois dias fora do Facebook, já se sentiu esquecido e abandonado por todos os amigos.

Depois, os pesquisadores decidiram criar perfis falsos para comentar alguns posts e fotos dos entrevistados; com isso, eles perceberam que aqueles que receberam poucos ou nenhum comentários nas suas atualizações ficaram extremamente chateados em relação ao grupo que recebeu mais atenção nas redes sociais.

Com isso, o estudo concluiu que, de acordo com os utilizadores pesquisados, a participação ativa no Facebook faz com que as pessoas se sintam pertencentes aos seus círculos sociais na web, seja eles de amigos, familiares, colegas de trabalho ou de escola, o importante é não ser esquecido.

Casal apanhado a fazer sexo junto a caixa multibanco

sexo multibancoO sexo por vezes não pode esperar! Foi o que aconteceu em Oviedo, Espanha.

Um casal não pode esperar para chegar a casa e, nas instalações de um banco junto às caixas multibanco, tirou as roupas e passou à acção (sexual, claro).

Alguns transeuntes que passavam dos lado de fora das intalações aproveitaram o momento insólito para fazerem selfies suas com o casal em pano de fundo em pleno ato sexual.

Apenas as meias, de ambos, não foram tiradas!! Todas as suas outras roupas estavam espalhadas pelo chão ao seu redor.

sexo multibanco2O casal continuou a ter relações sexuais sem se aperceber ou se importar sequer com o que acontecia do lado de fora, onde as pessoas se riam, aplaudiam e tiravam fotos.

Uma patrulha da polícia foi até ao local alertada por uma testemunha chocada. Quando os polícias chegaram, meio envergonhados com a situação, apenas bateram à porta. Entretanto chegaram outros policias que entraram e deram ordem aos amantes: “Levantem-se e vestam-se”. “Vocês sabem que este não é o momento nem o lugar adequado para fazer isto”.

O casal obedeceu, admitindo ter-se empolgado no calor do momento.

Coveiro “bonitão” brasileiro está a fazer sucesso na web

coveiro_magiaQue a internet gera heróis improváveis já não temos dúvidas. Um anónimo passar a estrela também não é novidade. Este é um desses casos.

Hás semanas atrás, não se falava de outra pessoa na web além do segurança bonitão do metro de São Paulo (Brasil). Agora, outro jovem está a fazer o maior sucesso. E também de São Paulo.

Isaac Deyson, de 22 anos que em tempos estudou engenharia civil (embora não tenha terminado o curso) trabalha agora como coveiro! Já lhe chamam o “coveiro magia”.

Segundo as opiniões (femininas) o rapaz é bem apessoado… Como dizem no Brasil ele é um “gato”!

Isaac conta a história de como foi parar a coveiro. Ele trabalhava numa multinacional. A mãe, percebendo a instabilidade dos empregos hoje em dia, disse-lhe para ele concorrer para coveiro pois tinham aberto vagas. Ele riu-se da situação. A mãe, sem ele saber inscreveu-o. Depois convenceu-o a fazer as provas e foi selecionado. Entretanto o emprego na multinacional que ele julgava seguro foi por água abaixo. O melhor foi mesmo… ser coveiro!

Mas e como aconteceu a fama? Bem, um perfil humorístico no Facebookk (Nana Rude) publicou as fotos. A partir daí as fotos tornaram-se virais e espalharam-se pela web denominando-o “coveiro magia”. Segundo Isaac eles terãoi ido buscar as fotos ao seu perfil do Facebook.

Isaac está a ganhar tantos seguidores que até mudou o seu perfil no Instagram para o @coveiromagya.

Momento #selfie, exibindo os abdominais(Foto: Reprodução/Instagram)
Momento #selfie, exibindo os abdominais(Foto: Reprodução/Instagram)

coveiro magia (1)coveiro magia (2)

Fotógrafa faz ensaio onde modelos posam com animais perigosos. Fabuloso!

Apesar de parecer Photoshop, não é. Este é um trabalho “arrepiante” da fotógrafa russa Katerina Plotnikova. Ela colocou modelos humanas juntamente com animais vivos – lado a lado.

Embora aparentemente perigoso, as fotos só foram possíveis com a ajuda de treinadores de animais. No entanto, o risco de alguns deles deixar o instinto selvagem falar mais alto estava sempre presente. Mas brindou-nos com imagens fabulosas!

fotos com animais_av (8) fotos com animais_av (2) fotos com animais_av (10) fotos com animais_av (9) fotos com animais_av (1) fotos com animais_av (3) fotos com animais_av (5) fotos com animais_av (14) fotos com animais_av (13) fotos com animais_av (15) fotos com animais_av (11) fotos com animais_av (6) fotos com animais_av (4) fotos com animais_av (7) fotos com animais_av (12)

Homens preferem mulheres com pouca maquilhagem

maquilhagemQuem é que ainda acha que as mulheres usam maquilhagem só para agradar aos homens? Quer dizer, se alguém achar isso o  melhor é repensar a vida. Eles preferem mulheres com maquilhagem leve.

É o que dizem investigadores das universidades Bangor e Aberdeen. Eles deram a 44 mulheres alguns produtos de maquilhagem: batom, blush, corretor, base. Todas foram fotografadas antes e depois de se maquilharem. Aí os investigadores editaram as fotos para deixar as participantes com várias maquilhagens diferentes.

Em seguida, outros 44 voluntários avaliaram as imagens. Eles tinham de dizer quais fotos achavam mais bonitas, quais acreditavam que as mulheres iriam preferir e quais outros homens gostariam mais. As mulheres, em geral, supervalorizavam o interesse masculino por maquilhagem. Mas, na verdade, os homens gostavam de uma pintura leve no rosto. Nada muito forte.

Concorda?

Atores famosos lado a lado consigo próprios. Quem os viu e quem os vê…

A revista People fez uma viagem no tempo, resgatou algumas fotos antigas de celebridades e fez uma montagem colocando-os lado a lado, fotos atuais e fotos de há dezenas de anos atrás… O resultado foi este:

Meg Ryan em 2013 e 1986
Meg Ryan em 2013 e 1986
Jennifer Aniston em 2013 e 1990
Jennifer Aniston em 2013 e 1990
Jodie Foster em 2012 e 1977
Jodie Foster em 2012 e 1977
Jennifer Lopez em 2014 e 1990
Jennifer Lopez em 2014 e 1990
Catherine Zeta-Jones em 2013 e 1992
Catherine Zeta-Jones em 2013 e 1992
Courteney Cox em 2013 e 1987
Courteney Cox em 2013 e 1987
Cindy Crawford em 2013 e 1989
Cindy Crawford em 2013 e 1989
Jared Leto em 1994 e 2014
Jared Leto em 1994 e 2014

[divider] [box type=”info” ][/box] [divider]

Halle Berry em 1989 e 2013
Halle Berry em 1989 e 2013
Mel Gibson em 1984 e 2013
Mel Gibson em 1984 e 2013
Julia Roberts em 1989 e 2013
Julia Roberts em 1989 e 2013
Nicole Kidman em 2013 e 1988
Nicole Kidman em 2013 e 1988
Tom Cruise em 2013 e 1983
Tom Cruise em 2013 e 1983
Beyoncé Knowles em 2013 e 1999
Beyoncé Knowles em 2013 e 1999
Michelle Pfeiffer em 2012 e 1986
Michelle Pfeiffer em 2012 e 1986

Pesquisa revela que um terço das noivas brigam com madrinhas

[Foto meramente ilustrativa]
[Foto meramente ilustrativa]
Receber um convite para ser madrinha de um casamento é uma bela prova de amizade, afinal, a noiva costuma escolher as amigas mais próximas para dividir o momento especial e as fotos que ficarão guardadas para a posteridade.

Mas esse evento pode ser o último em que a amizade reinará. Uma pesquisa feita na Inglaterra revelou que um terço das noivas briga com as madrinhas depois do dia do casamento.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o mais comum é que as amigas compartilhem o momento especial e depois percam o contato.

A pesquisa divulgada pelo jornal inglês constatou que 73% das noivas entrevistadas discutiu com pelo menos uma das madrinhas após a festa. Destas, 32% desfizeram a amizade.

Mas o mais interessante são os motivos das zangas. Discordâncias sobre vestidos, cabelos e despedidas de solteira. Insegurança, questões financeiras e o ciúme das madrinhas ao verem a amiga a casar também foram motivos apontados pelas noivas entrevistadas.

Recentemente, uma madrinha ficou famosa nas redes sociais ao ser filmada a brigar com a noiva num avião rumo à Espanha, onde seria a despedida de solteira .
Os barracos acontecem, de acordo com a pesquisa, principalmente quando a noiva obriga as madrinhas a usarem algum vestido pré-determinado e fazerem penteados iguais. Nos casos que desencadearam o fim da amizade, as amigas não haviam gostado nem um pouco do look escolhido pela noiva para elas.

[ads1]

[divider] [box type=”info” ][/box]

Não fique com esta história só para si! Partilhe com os seus amigos: