Terapeuta fatura 50.000€ por ano… dando abraços a estranhos

Há seis meses atrás, Jessica O’Neill queria abraçar uma nova carreira. Após analisar algumas opções, a australiana de 35 anos decidiu investir num novíssimo mercado. Ela tornou-se numa… abraçadora profissional!

A ex-massoterapeuta fatura 79.000 dólares australianos (cerca de 50.000€) por ano dando abraços a estranhos. Uma hora de terapia custa 80 dólares australianos (cerca de 50€). Os clientes de Jessica sofrem, geralmente, de solidão ou depressão.

Para clientes que, além dos abraços, desejem tomar um café com ela e receber aconselhamento psicológico, Jessica cobra o equivalente a 94€.

Jessica a abraçar o filho Neo | Imagem: Caters News Agency

“Sempre fui uma pessoa afetuosa. É a minha natureza”, disse a australiana, que tem três filhos.

A maior parte dos clientes é formada por homens, na faixa dos 30 anos. O marido dela, garante a australiana, não tem qualquer restrição à atividade incomum. O número de mulheres que procuram a terapia está a crescer.

“Ele também me abraça muito em casa”, comentou Jessica, acrescentando que a inspiração da carreira foi a mãe, sempre bastante carinhosa.

Alguns dos que procuram os abraços terapêuticos de Jessica são viciados em sexo e pornografia que buscam ter uma “visão mais saudável” do próprio corpo. Raramente, diz ela, um cliente “confunde as coisas” no divã e ultrapassa a “linha”. “Há limites bem claros, e 99% dos clientes nunca pensam em cruzá-los”, afirmou.

Emprego de sonho: “ilha” paga 32.000€/ano

tristao-da-cunha2És um desempregado(a)? Estás à procura da tua oportunidade? Não te importas de deixar o teu país e ir trabalhar para uma ilha? Então esta pode ser a tua oportunidade! Há uma ilha no meio do oceano Atlântico que pode ser o teu próximo destino. Sim, bem no meio! Só precisas perceber de mecânica e estar na disponibilidade de ir à aventura.

Tristão da Cunha, considerada a ilha habitada mais remota do planeta, está a precisar de um mecânico para eventualmente cuidar dos carros, tratores e outros equipamentos agrícolas que existem neste pedaço de terra cercado pelo mar. O salário: 25 mil libras esterlinas (cerca de 32.800€) por ano.

A ilha, que é um território ultramarino britânico, tem apenas 267 moradores e só se lhe pode aceder através de barco.

Tristan_da_Cunha_ASTERO local habitado mais próximo fica a 2.430 km e é a ilha de Santa Helena, aquela em que Napoleão Bonaparte se exilou e faleceu. Já a Cidade do Cabo, na África do Sul, de onde saem embarcações para Tristão, fica a mais de 2.800 km de distância.

Durante a rotina de trabalho, o contratado terá também que ensinar técnicas de mecânica a os nativos locais.

Mas não faltarão paisagens para admirar nos momentos de folga: Tristão da Cunha é uma ilha de origem vulcânica e está recheada de lindos cenários montanhosos. Podem ser avistados pinguins na orla em determinadas épocas do ano.rristan-da-cunha-map

Coveiro “bonitão” brasileiro está a fazer sucesso na web

coveiro_magiaQue a internet gera heróis improváveis já não temos dúvidas. Um anónimo passar a estrela também não é novidade. Este é um desses casos.

Hás semanas atrás, não se falava de outra pessoa na web além do segurança bonitão do metro de São Paulo (Brasil). Agora, outro jovem está a fazer o maior sucesso. E também de São Paulo.

Isaac Deyson, de 22 anos que em tempos estudou engenharia civil (embora não tenha terminado o curso) trabalha agora como coveiro! Já lhe chamam o “coveiro magia”.

Segundo as opiniões (femininas) o rapaz é bem apessoado… Como dizem no Brasil ele é um “gato”!

Isaac conta a história de como foi parar a coveiro. Ele trabalhava numa multinacional. A mãe, percebendo a instabilidade dos empregos hoje em dia, disse-lhe para ele concorrer para coveiro pois tinham aberto vagas. Ele riu-se da situação. A mãe, sem ele saber inscreveu-o. Depois convenceu-o a fazer as provas e foi selecionado. Entretanto o emprego na multinacional que ele julgava seguro foi por água abaixo. O melhor foi mesmo… ser coveiro!

Mas e como aconteceu a fama? Bem, um perfil humorístico no Facebookk (Nana Rude) publicou as fotos. A partir daí as fotos tornaram-se virais e espalharam-se pela web denominando-o “coveiro magia”. Segundo Isaac eles terãoi ido buscar as fotos ao seu perfil do Facebook.

Isaac está a ganhar tantos seguidores que até mudou o seu perfil no Instagram para o @coveiromagya.

Momento #selfie, exibindo os abdominais(Foto: Reprodução/Instagram)
Momento #selfie, exibindo os abdominais(Foto: Reprodução/Instagram)

coveiro magia (1)coveiro magia (2)

Vídeo de entrevista para emprego mais difícil do mundo. Genial!

entrevistaE se de repente estivesse a responder a um anúncio para o emprego mais difícil do mundo!? Se lhe dissessem que não tinha horário, que não iria receber nada, que teria que ter conhecimentos de medicina, finanças, culinária…
Bem, o  melhor é ver! É absolutamente genial e, mais importante que isso, bem verdadeiro!

Tanta gente no mundo tem este emprego…

OBS: Active as legendas (se não perceber inglês)

[divider] [box type=”info” ][/box]

Não fique com esta história só para si! Partilhe com os seus amigos:

Vídeo polémico: apresentadora de televisão levanta saia e é despedida

biblipUma apresentadora televisiva teve a ousadia de levantar a saia ao vivo num programa televisivo espanhol. O programa chama-se El Hormiguero e passa no canal de televisão Antena 3. O sucedido causou um grande reboliço e sucesso, mas também lhe custou o emprego, pois foi despedida!

O episódio em que isto aconteceu foi para o ar em janeiro passado, mas só agora se percebeu que ela havia sido despedida, pois alguns supunham que ela estava de férias e por isso não tinha voltado a aparecer no programa.

Chama-se Amaya e, pela tatuagem do morcego que se pode ver, na sua singular exibição, depreende-se que é da zona de Valência.

Mas ela mostra muito mais que a tatuagem… Mostra também o seu Biclip Que afinal não faz sucesso apenas nas praias e piscinas…

Eis o vídeo:

[divider] [box type=”info” ][/box]

Não fique com esta história só para si! Partilhe com os seus amigos:

Americano anexa foto do pénis ao currículo em candidatura de emprego

Curriculum-VitaeTodas as pessoas tentam conseguir alguma vantagem para conseguir uma vaga no competitivo mercado de trabalho. Enviar um email com o respectivo currículo é uma das formas de se dar a conhecer. Muitos experts na matéria dizem que devemos inovar no nosso currículo para haver alguma diferenciação em relação a outros candidatos. Até estamos todos de acordo. Agora cuidado com o “ir mais além”. Foi o que aconteceu com um americano, que junto com o email (currículo)  anexou uma foto do seu pénis. 

Como resultado, o homem acabou por receber uma notificação por distribuir obscenidades e um conselho da empresa Texas Workforce Solutions, que ajuda as pessoas a encontrar empregos nos Estados Unidos: Evite encaminhar fotos das suas zonas intimas no futuro. “Acho que sei porque ele não consegue encontrar um emprego”, afirmou um porta-voz da polícia que confirmou que o rapaz ainda continua desempregado.

Uma das hipóteses é que tenha havido um erro lamentável por parte do desempregado.

[box type=”info” ][/box]

Irmãs gémeas partilham tudo: aparência, trabalho e até namorado

gemeasDuas irmãs gémeas na Austrália desembolsaram mais de 200.000 dólares (cerca de 144.000€) para parecem ainda mais idênticas e partilhar um emprego, uma conta no Facebook, uma cama e até… um namorado.

“Estamos a namorar um (o mesmo) rapaz de momento”, disse Anna DeCinque que, com a irmã Lucy, foram sujeitos a inúmeras intervenções cirúrgicas(estéticas), numa tentativa de serem mesmo iguais.

“Há três pessoas no nosso relacionamento. Estamos a partihar”, disse Anna ao New York Post .

“Não é muito estranho para nós, disse Lucy.” Temos um namorado e todos nós partilhamos a mesma cama. Nós temos o mesmo gosto em tudo, então, obviamente, vamos gostar do mesmo homem, também. Estamos todos juntos quando temos sexo, e se nós gostamos do mesmo tipo, que assim seja. “

As jovens de 28 anos tiveram implantes mamários, melhorias nos lábios, as sobrancelhas tatuadas.

As irmãs dormem juntos numa cama de casal numa casa que elas partilham com a sua mãe de 71 anos de idade, em Perth (Austrália).

Elas partilham até o trabalho ou seja servem refeições a idosos, dividindo os turnos. O dinheiro vai para a sua obsessão com a beleza, culto do corpo, mini-saias e calçado de salto alto.

“Nós gostamos de cuidar de nós mesmos, que mulher não gosta?” disse Anna. “Nós nunca usar a mesma roupa duas vezes quando saímos”, disse Lucy. “Tudo tem que ser novo.”

“Quando saímos, são vários os homens que dizem querer sair connosco ou até casar”, disse Anna.

Já nos segue no Facebook? Não? Está à espera de quê?

Relacionadas com gémeos(as):

Cidade da Ucrânia tem recorde de gémeos

Americana deu à luz gémeos de pais diferentes

Pai de trigémeas acha que só é pai de uma das filhas!

Pais descobrem pela TV que filhas gémeas são actrizes pornos

61.000 pessoas convocadas para entrevista em Centro de Emprego, por engano

Bem, mas na Suécia a corrida a uma vaga de emprego correu mal no dia 27 de fevereiro quando 61.000 pessoas se dirigiram a um Centro de Emprego na capital sueca (Estocolmo). O pior é que todos os candidatos haviam sido notificados “oficialmente” por email para comparecer naquele local e naquela data. Tudo não passou de um erro, pois só eram para ser notificados 1000 candidatos e não 61.000! Os ânimos foram progressivamente ficando alterados e instalou-se a confusão.

O caso só ganhou alguns contornos de resolução quando foi chamada a polícia pois a rua onde se localizava o gabinete do Centro de Emprego já era pequena para acolher tanta gente que se foi espalhando pelas ruas vizinhas.

Não se sabe ainda a origem do erro, ou seja, se foi humano ou técnico.

Via: di.se

Americana foi despedida por ter “seios demasiado grandes”!

Uma norte-americana, Amy-Erin Blakely, de 43 anos, alega ter sido despedida por ter  seios «grandes demais».

De acordo com o jornal «Telegraph», o patrão disse-lhe para esconder os seios por serem demasiado grandes. Era «demasiado sensual» para ser promovida.

Os colegas afirmaram que não se conseguiam concentrar no trabalho, pelo que foi avisada para esconder os seios. Amy-Erin Blakely disse que sempre se vestiu de forma profissional, que era uma funcionária exemplar e que nunca tinha sido repreendida.

«Eu só pedi para ser julgada pelos meus méritos. Em vez disso, eu era julgada pela minha aparência e pelo tamanho dos meus seios», disse a norte-americana.

Amy-Erin Blakely tem um processo em tribunal contra a empresa.

Centro de Emprego alemão recusa publicitar vaga para prostitutas!

prostitutas1O dono de um bordel na cidade de Speyer, no sudoeste da Alemanha, processou o governo do país porque a agência pública de empregos (tipo Centros de Emprego) se negou a participar na selecção das suas futuras funcionárias.

O empresário queria contratar prostitutas no país e na União Europeia e solicitou que a agência federal alemã de empregos intermediasse a triagem de mão-de-obra.

Apesar das leis recentes, que garantem os direitos trabalhistas ás prostitutas, o órgão negou o serviço, alegando que atentaria contra os “bons costumes” e citando motivos práticos para impor limites. “Se fôssemos reconhecer a prostituição como um ofício qualquer, seríamos obrigados a oferecer cursos de aperfeiçoamento e reciclagem na área”, diz Rainer Krappmann, representante da Agência Federal de Empregos.

Os tribunais “acolheram” os argumentos do Estado. Segundo determinação do Tribunal Federal Social de Kassel, as agências federais não têm obrigação de procurar prostitutas como fazem com as vagas de outras profissões, apesar da nova legislação.

“A lei da prostituição não pressupõe a promoção desta actividade”, diz a sentença. Na opinião dos magistrados, o ofício não goza de plena aceitação social, não podendo ser equiparado como uma profissão “normal”.

“Se prostitutas pagam a seguridade social, então não há motivos para que a intermediação de emprego seja negada”, discorda Erich-Wolfgang Moersch, advogado do proprietário do prostíbulo.

Desde 2002, a chamada “lei da prostituição” permite que prostitutas trabalhem e descontem para a segurança social, beneficiando por isso do direito à reforma, assistência médica e subsidio de desemprego.

Fonte: BBC Brasil | Terra Notícias