Com 90% do corpo tatuado remove pénis porque “estragava o seu novo visual”

Um homem os de 32 anos que tatuou 90% do corpo com tinta preta decidiu remover o pénis porque este, por não estar tatuado, “estragava o seu novo visual”. Adam Curlykale, de 32 anos, de Kaliningrado, na Rússia, relatou ter virado adepto à técnica “blackout tattoo” há 12 anos, após ser diagnosticado com cancro no intestino. As informações são do jornal Metro .

Foto: Daily Mail
O russo, que já passou até por uma sessão para colorir os globos oculares, disse que “sofria com baixa autoestima ‘por ser pálido’, e que, por isso, se tatuou da cabeça aos pés”. Porém, algumas áreas do corpo continuaram com a coloração natural, e por isso incomodavam Adam. Desse modo, ele decidiu passar por um procedimento cirúrgico para remover o pénis e os mamilos a fim de trazer mais ‘harmonia’ ao corpo tatuado.

A operação de alto risco aconteceu em Guadalajara (no México) onde lhe “arrancaram” testículos, pénis e mamilos. Depois da realização do procedimento de remoção, Adam publicou fotos em suas redes sociais, tranquilizando familiares, amigos e seguidores.

Empresa procura testador de bonecas “sexuais” e paga 40.000€/ano

Está desempregado e procura emprego? Esta pode ser a tua oportunidade…

Um fabricante britânico de bonecas “sexuais” está à procura de candidatos para o cargo de “Inovador de Produto e Testador de Qualidade” – ou seja, para fazer sexo com as bonecas de plástico/silicone.

O salário oferecido é 35.000 libras estrelinas (cerca de 40.000€) mil anuais, segundo o site da Silicone Sex World.

Além do salário, a empresa oferece 22 dias de férias por ano, desconto nos produtos para a família e os amigos do contratado, possibilidade de viagens internacionas, ginásio grátis e um smartphone.

O trabalho consiste em “fazer muito sexo” com diferentes modelos de bonecas e avaliar os produtos, além de representar a companhia em eventos.

O candidato ideal, segundo a empresa, pode ser homem ou mulher e precisa ter experiência no mercado sexual, de preferência tendo trabalhado como ator ou atriz porno.

Requisitos de candidatura: aqui!
Última hora: candidaturas já exceram a oferta.  Espere pela próxima oportunidade!

Australianos realizam festival que celebra penteado dos anos 80

Foi um “sucesso” nos anos 80. Chama-se “mullet“. Cabelos curtos no topo e de lado e longos atrás. Agora a Austrália cria festival que celebra o penteado e até o estilo de vida “mullet“!

Entusiastas de mullets de toda a Austrália reuniram-se numa pequena cidade do interior no sábado (dia 24) para celebrar o “estilo de vida mullet” e coroar o “maior mullet de todos”.

Laura Johnson, gerente do Chelmsford Hotel em Kurri Kurri, teve a ideia do festival inaugural do penteado mullet como uma forma de atrair visitantes para a comunidade.

Warwick Capper, jogador australiano na década de 80

Mais de 150 competidores foram divididos em cinco categorias – quotidiano, desgrenhado, ‘ranga’ (ruivo), feminino e júnior. Shane ‘Shag’ Hanrahan, que começou a cultivar o seu penteado em 1986, conquistou o altamente cobiçado prémio de “maior mullet de todos”.

Shane ‘Shag’ Hanrahan o vencedor com o seu cabelo “mullet” “cultivado” desde 1986

Artista tem conta Instagram bloqueada por “masturbar” frutas

stephanie-sarleyMasturbação feminina ainda é tabu. 90% das mulheres gostam de ser masturbadas. Mas 60% delas nunca atingiu o orgasmo sozinhas. E 10% nunca chegou lá de forma nenhuma. Para acabar com isso e estimular as meninas a se tocarem e serem felizes, uma artista resolveu simular a famosa masturbação com inocentes frutinhas: morango, melão, mamão. E pasmem-se: ela teve a sua conta no Instagram bloqueada por isso.

É um desafio à aversão da sociedade à sexualidade da mulher. Stephanie Sarley começou a divulgar o seu trabalho em janeiro deste ano e causou alvoroço no Instagram.

No entanto, a rede social não aprovou num primeiro momento e bloqueou a sua conta durante duas semanas. Ela recorreru contestando a censura e viu o seu perfil desbloqueado de novo. E desde então ela não parou de fazer vídeos maravilhosos com diferentes frutas maravilhosas!

Ela diz que a sua missão é promover a sexualidade feminina. “É importante para mim retratar que vagina não é motivo de vergonha, controlo ou esconderijo”, conta.

Querem ver todos? Vão à conta de Youtube da artista: aqui.

Marca de luxo lança produtos de beleza para os… pelos púbicos!

fur-oilAs irmãs Emily Schulbert e Laura Schubers, donas da marca americana Fur, serão as primeiras no mundo a lançar um produto de beleza específico para os pelos da região genital.

“Comecei a pensar sobre como as mulheres estão a tratar a região púbica. Acho que é a nova onda do feminismo. Você importa-se com si mesma e não com o homem”, disse Emily, que tem 24 anos e trabalha com maquilhagem e efeitos especiais.

As irmãs Schubert, em parceria com a amiga Lillian Tung (que trabalhou no marketing da L’Oréal), vão lançar dois produtos:

  • Um óleo que contém um mix de minerais, incluindo jojoba, semente de uva e chá verde. Este custará 39 dólares (cerca de 34,50€).
  • Um creme que será usado no pós depilatório e pós-procedimentos com laser, que custará 32 dólares (aproximadamente 28€).

“O mundo dos cosméticos está cheio de tantos produtos para diversas zonas do corpo mas no caso dos pelos públicos há um vazio. Queremos ajudar as mulheres a cuidarem deles”, disse Lilian.

Fotógrafo faz álbum de mulheres com axilas por depilar – Arte d’Arco da Velha

O fotógrafo israelita Ben Hopper só queria mostrar como as mulheres podem ser belas mesmo com os sovacos peludos.

A ideia surgiu em 2007, quando ele fotografou obras de arte que questionavam os padrões da beleza. Em 2009, Ben saiu em busca de modelos, atrizes, estudantes e mulheres comuns que “cultivassem” os pelos das axilas.

A série “Beleza Natural” ganhou notoriedade após a foto da atriz Emilia Bostdt (a primeira abaixo) foi divulgada. Outras se seguiram: modelos, performeres, atrizes, designer, estudantes de moda, estudantes de arquitetura e aoutras mulheres e anónimas…

Emilia Bostdt. Atriz.
Emilia Bostdt. Atriz.
Matriz Slant. Modelo.
Matriz Slant. Modelo.
Rakel Lindgren. Atriz, modelo.
Rakel Lindgren. Atriz, modelo.
Cassia Tsura. Performer.
Cassia Tsura. Performer.
Ayan Mohamed. Arquitetura de Pós-Graduação
Ayan Mohamed. Arquitetura de Pós-Graduação
Alessandra Kurr. Designer.
Alessandra Kurr. Designer.
Rubi Bird. Produtor, costumier.
Rubi Bird. Produtor, costumier.
Olivia Murphy. Estudante de moda, modelo.
Olivia Murphy. Estudante de moda, modelo.

04-Natural_Beauty

34-Quick_Portfolio

14-Natural_Beauty

[divider]
As fotos deste artigo foram gentilmente cedidas (e autorizada a sua publicação) pelo próprio Ben Hopper – A sua reprodução é proibida.

Site do artista: therealbenhopper

[divider] [box type=”info” ][/box]

Não fique com esta história só para si! Partilhe com os seus amigos:

Irmãs gémeas partilham tudo: aparência, trabalho e até namorado

gemeasDuas irmãs gémeas na Austrália desembolsaram mais de 200.000 dólares (cerca de 144.000€) para parecem ainda mais idênticas e partilhar um emprego, uma conta no Facebook, uma cama e até… um namorado.

“Estamos a namorar um (o mesmo) rapaz de momento”, disse Anna DeCinque que, com a irmã Lucy, foram sujeitos a inúmeras intervenções cirúrgicas(estéticas), numa tentativa de serem mesmo iguais.

“Há três pessoas no nosso relacionamento. Estamos a partihar”, disse Anna ao New York Post .

“Não é muito estranho para nós, disse Lucy.” Temos um namorado e todos nós partilhamos a mesma cama. Nós temos o mesmo gosto em tudo, então, obviamente, vamos gostar do mesmo homem, também. Estamos todos juntos quando temos sexo, e se nós gostamos do mesmo tipo, que assim seja. “

As jovens de 28 anos tiveram implantes mamários, melhorias nos lábios, as sobrancelhas tatuadas.

As irmãs dormem juntos numa cama de casal numa casa que elas partilham com a sua mãe de 71 anos de idade, em Perth (Austrália).

Elas partilham até o trabalho ou seja servem refeições a idosos, dividindo os turnos. O dinheiro vai para a sua obsessão com a beleza, culto do corpo, mini-saias e calçado de salto alto.

“Nós gostamos de cuidar de nós mesmos, que mulher não gosta?” disse Anna. “Nós nunca usar a mesma roupa duas vezes quando saímos”, disse Lucy. “Tudo tem que ser novo.”

“Quando saímos, são vários os homens que dizem querer sair connosco ou até casar”, disse Anna.

Já nos segue no Facebook? Não? Está à espera de quê?

Relacionadas com gémeos(as):

Cidade da Ucrânia tem recorde de gémeos

Americana deu à luz gémeos de pais diferentes

Pai de trigémeas acha que só é pai de uma das filhas!

Pais descobrem pela TV que filhas gémeas são actrizes pornos

Manequins com vasta área de pelos púbicos “chocam” Nova York

pelos pubicos150A cadeia de roupa americana American Apparel despoletou uma curiosa polémica, ao expor manequins com vasta área de pelos púbicos nas suas vitrines no Lower East Side, em Nova York.
Nesta sexta, os transeuntes paravam para olhar, alguns boquiabertos ou chocados, tirar fotos, ou rir das magras modelos de plástico com os pelos púbicos extravasando a roupa íntima.

A American Apparel já foi acusada de fazer campanhas de marketing polémicas e sexistas. Desta vez, a empresa disse que o objetivo foi celebrar a “beleza natural” das mulheres, a apenas algumas semanas do Valentine’s Day(14 fev) , quando se comemora o Dia dos Namorados.

“Convidamos os transeuntes a explorar a ideia do que é ‘sexy’, considerar o quão confortáveis se sentem com a forma feminina natural – e talvez o mais importante – vir e provar alguns dos nossos modelos favoritos da temporada”, declarou a diretora criativa, Iris Alonzo, responsável pelas vitrines.

Por enquanto, esses manequins polémicos estão expostos apenas nessa única loja da American Apparel no sul de Manhattan, e não há planos de reproduzi-los noutra parte de Nova York, ou nos Estados Unidos, de acordo com a empresa.

Potenciais clientes ficaram divididos sobre se isso será um estímulo para gastar mais em lingerie como presente do Dia dos Namorados, a 14 de fevereiro, mas muitos gostaram da provocação.

“Não, mas parei e chamou minha atenção. Talvez essa seja a ideia”, comentou o designer web Eric Chiu, de 33 anos, que parou para tirar fotos.
O corretor de seguros Marc Mangano, de 41 anos, aprovou: “Gostei. É simplesmente incrível”, afirmou, com um cigarro na boca, reparando que “a maioria das mulheres se depila um pouco mais ali embaixo”.pelos púbicos à mostra

Jovens sofrem pressão para ter corpo de atrizes porno, diz professora

Segundo Helen Porter, membro da Associação de Professores e Docentes do Reino Unido (ATL), as mulheres jovens estão a sofrer cada vez mais pressão para se enquadrarem nos ideais de beleza dos jovens que desejam namoradas que pareçam atrizes porno. A professora defende que as jovens estão a copiar imagens cada vez mais extremas e estão sempre insatisfeitas com a sua auto-imagem. Ao jornal Huffignton Post, a especialista classificou como deplorável a busca por alcançar padrões inatingíveis de beleza.

Numa conferência da ATL, Helen apresentou duas propostas de ação para a promoção da imagem do corpo saudável e contra os efeitos da pornografia nos alunos. “Nos últimos cinco anos houve um aumento de meninas cada vez mais preocupadas com a imagem corporal, comparando-se a celebridades e ideais irrealistas retratados pelos meios de comunicação”, disse ela.

“A imagem corporal desejável tornou-se mais extrema. Todas as jovens estão a tentar ter uma cintura fina, pernas longas e finas e seios grandes. Esse é ao corpo desejável”, explicou. Helen sugere que as meninas começam a sofrer esse tipo de pressão entre 13 e 14 anos. Este é a época em que o interesse pelo sexo oposto cresce mais e gera preocupações em relação ao fato de serem ou não desejadas.

A advertência é para que as proporções almejadas poderão ser atingidas apenas por uma pequena parcela da população. “Temos de promover uma imagem positiva do corpo para que eles não sintam tanta necessidade de julgar os outros. Os jovens precisam ser capazes de se aceitar como são”, defende a professora.

De acordo com a especialista, o contato com a pornografia incentiva os jovens a criarem um ideal do corpo feminino, que depois se torna um objetivo para as meninas. Por isso, ela propõe a realização de um inquérito para investigar o problema e a elaboração de um guia para que os educadores possam lidar com essa exposição precoce à pornografia.

Acordo pré-nupcial dá a inglesa verba para se parecer com celebridade

Um acordo pré-nupcial alimenta a vaidade de Lisa Hind, de 25 anos. Um documento assinado por ela e pelo marido, Steve, de 46 anos, garante que ela tenha direito mensalmente a uma verba para que fique “parecida” com a modelo e celebridade da TV britânica Katie Price, que era conhecida com o pseudónimo de Jordan. [Na imagem abaixo Lisa está à esquerda de Katie Price]

Desde que o casal se juntou há quatro anos, em Runcorn (Inglaterra),o condutor de autocarros Steve já gastou mais de 17.000€ com a transformação de Lisa.

O tratamento para ficar como Katie (se é que é possível) inclui bronzeamento artificial diário, injeções de Botox, preenchimento labial e aplique nos cabelos.

Lisa, que está desempregada, contou ao “Sun” ter vontade de se tornar modelo. Ela é obcecada por Katie e pela formas longilíneas da celebridade.

“O fake é o novo natural. Dói, mas é a dor da beleza”, defende-se.

Os amigos costumam dizer que Steve está a torrar dinheiro, mas ele insiste que o tratamento vale cada cêntimo que ela “aplica” na esposa.

As 10 políticas mais belas do mundo

O site espanhol 20minutos.es elegeu, com a votação dos internautas a política mais bela do mundo. As candidatas, oriundas de 38 países (sem Portugal incluído) chegaram a um total 65 candidatas.
Após 912.000 votos, vindos de todo o mundo, a vencedora foi Yuri Fujikawa do Japão, com 146364 votos.

Segue a lista das 10 primeiras:

1. Yuri Fujikawa (Japão, 28 anos)
Votos: 146364
2. Luciana León (Perú, 30 anos)
Votos: 127984

3. Mara Carfagna (Itália, 33 anos)
Votos: 78188
4. Toireasa Ferris (Irlanda, 29 anos)
Votos: 76469

5. Alina Kabaeva (Rússia, 25 anos)
Votos: 76272
6.Sara Latife Ruiz Chávez (México, 32 anos)
Votos: 74862
7. Manuela D’Avila (Brasil, 27 anos)
Votos: 74165
8. Yuliya Tymoshenko (Ucrânia, 48 anos)
Votos: 68355
9. Anna-Maria Galojan (Estónia, 27 anos)
Votos:67685
10. Mercedes Aráoz (Perú, 47 anos)
Votos: 65228

A lista completa pode ser vista aqui.

Estudo revela que beleza é uma questão de centímetros

rostoA beleza de uma mulher é menos uma questão de subjectividade que a distância ideal entre os olhos e a boca, por um lado, e os olhos e as orelhas por outro, segundo um estudo realizado por investigadores canadianos e americanos.
Em testes que procuravam encontrar “a disposição facial ideal”, os investigadores pediram a estudantes que comparassem fotos a cores do rosto de uma mulher nas quais só o espaço entre os olhos e a boca e entre os dois olhos haviam sido modificados ligeiramente graças a um retoque digital.

Os estudantes observaram as diferentes fotos e elegeram a que lhes parecia mais sedutora.

Dois destes testes procuravam determinar a distancia ideal entre os olhos e a boca em relação à largura da cara (entre o queixo e o cabelo). Os estudos chegaram à conclusão de que a distância ideal entre os olhos e a boca deve representar 36% da longitude do rosto.

Os dois testes mostraram ainda que a distância ideal entre os olhos deve representar 46% da distância que separa as duas orelhas.

A boa notícia é que estas proporções de 36 e 46% “correspondem à relação média do rosto médio”, indicou o estudo, publicado na revista Vision Research mulheres brancas.

“O nosso estudo mostra porque alguém belo pode parecer menos atractivo depois de cortar o cabelo, e vice-versa, já que o corte de cabelo muda os rácios”, indicou um dos autores do estudo, Kang Lee, professor da Universidade de Toronto.

Fonte: Yahoo/AFP

Mãe gasta mais de 11.000€ em cirurgias plásticas para ficar igual à filha

Olhou para a imagem e pensou: São irmãs gémeas! Mas as duas não são irmãs e sim mãe e filha: Janet, de 50 anos, e Jane, de 22. A mais velha confessa ter gasto 10 mil libras (cerca de 11.340€) em cirurgias plásticas para ficar parecida com a mais nova. “Pode soar insano, mas ela é linda. Quem não gostaria de se parecer com ela?” questionou a mãe, em entrevista ao Daily Mail. “Ela saiu a mim, mas essas minhas características foram desaparecendo com o tempo.”

Janet conta que quis recuperar o seu visual ao perceber o quanto a sua filha é atraente. “Agora, em vez de mãe e filha, somos como gémeas. Tenho bons genes e boa pele, mas precisei de uma ajuda para me sentir melhor”, continuou.

Ah, à esquerda, Janet a mãe de  50 anos. À direita, sua filha, Jane, de 22 anos.

Fonte: Daily Mail