Reformado alemão vivia com 1.700 periquitos ‘para não se sentir sozinho’

periquitosUm reformado alemão de 60 anos vivia com cerca de 1.700 periquitos no seu apartamento de dois quartos, em Berlim, “para não se sentir sozinho”, informou o serviço veterinário da capital alemã.

As aves estão a ser retiradas do apartamento por causa das queixas dos vizinhos, que reclamavam do excesso de barulho. Os periquitos viviam em gaiolas penduradas nas paredes do apartamento de 62 m², cujo o piso estava coberto de excrementos.

“Jamais havia visto algo parecido”, disse o vereador do bairro, Martin Matz. “Em todo caso, ele vai ter que se mudar, já que o seu apartamento não está em condições de ser habitado”, acrescentou.

Cerca de mil periquitos foram retirados na terça-feira e 300 na quarta-feira. Os outros 400 serão retirados nos próximos dias.

Após adquirir o primeiro pássaro, o reformado foi comprando outros com o objectivo de não se sentir sozinho, mas as aves multiplicaram-se e ele perdeu o controlo, segundo os vizinhos.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.