Primeira pílula “anti-estupidez” do mundo

Escrito por
Um cientista alemão tem tido resultados positivos ao testar uma pílula “anti-estupidez” em ratos e moscas. Hans-Hilger Ropers, director do Instituto Max Planck de Genética Molecular, em Berlim, testa a anulação da hiperatividade em certas células cerebrais.
A anulação da hiperatividade, conseguida através da pílula, auxiliaria na memória recente e melhoraria a atenção. “Com ratos e moscas, conseguimos eliminar a perda da memória recente”, disse Ropers, 62 anos. O próprio investigador apelidou a invenção de “primeira pílula anti-estupidez do mundo”.
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *