Out 3, 2006
351 Visitas

Polacos denunciam alguns “euro-disparates”

Publicado por
Segundo as leis da União Europeia (UE), os caracóis são considerados peixes de água doce. Esta foi a maneira encontrada pelos franceses para continuarem a subsidiar as suas quintas de caracóis. E é também uma das muitas leis bizarras que existem na UE.
Na Polónia há um concurso anual que avalia e classifica as leis mais caricatas da UE. Este ano, em Lublin, a medalha de ouro foi entregue à lei que proíbe ferver leite que seja subsidiado. Enquanto a medalha de prata foi para a proibição de operações aos seios a menores de idade. O bronze recaiu sobre a norma que não deixa dar os restos dos restaurantes aos necessitados e aos porcos. Curiosamente, são dados aos coelhos e aos furões.
Os “Euro-disparates”, nome atribuído ao concurso, são organizados pelo eurodeputado conservador polaco, Miroslaw Piotrowski. Um dos júris da competição, o professor Marek Zmigrodzki, explicou que o objectivo do concurso é “promover o conhecimento da UE”. Os participantes já disseram que vão continuar à procura de leis bizarras. “Para o ano estamos cá. Tenho a certeza de que a burocracia da UE vai criar mais regras estranhas”, afiançou Anna Lewandowska, uma das responsáveis pela pesquisa.
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.