Pilotos deixam comando de avião a 2 hospedeiras e dormem sesta de 40 minutos

Escrito por

Kanika-Kala-and-R-J-Bhatt1Dois pilotos da Air India abandonaram a cabine do avião em pleno voo para tirar uma sesta tendo deixado duas assistentes de voo, mas conhecidas como hospedeiras de bordo, ao comando da aeronave até que, acidentalmente, uma delas desligou o piloto automático.

O incidente aconteceu no voo AI-133 que ligava Bangkok-Nova Deli numa altura em que viajavam a 10.000 metros de altitude, a 12 de abril, num Airbus-321, com 166 passageiros a bordo.

Primeiro foi o co-piloto Ravindra Nath que alegou uma ida à casa de banho para abandonar o seu posto de pilotagem tendo chamado uma hospedeira de bordo, J Bhatt, para o seu lugar. Meia hora depois foi Comandante BK Soni a fazer o mesmo tendo chamado então também a hospederia Kanika Kala. Mas o Comandante Soni não deixou o cockpit imediatamente, em vez disso, ele passou alguns minutos a ensinar as duas hospedeiras como operar a aeronave, tendo-a deixado em “piloto automático”. Ambos os pilotos desfrutaram de uma sesta de 40 minutos, em primeira classe, até que acordaram abruptamente quando uma das hospedeiras desligou o piloto automático. Aí tiveram que correr para recuperar o controlo do avião, de acordo com o jornal “Mumbai Mirror”.

“Um outro membro da tripulação de cabina presenciou todo o drama a desenrolar-se e deu mais tarde conhecimento à administração da companhia aérea. O Diretor Geral Arun Mishra da Direcção-Geral da Aviação Civil (DGCA), confirmou que os quatro funcionários foram suspensos. “Depois de uma violação de segurança, a companhia aérea já suspendeu as pessoas em questão. Estamos a realizar um inquérito sobre o assunto”, disse Mishra Mumbai Mirror.

Via: Mumbai Mirror

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.