Abr 11, 2007
389 Visitas

(Pel)O mundo dos gays

Publicado por
O mundo dos gays está cada vez a ser mais conhecido do público em geral. Pelo mundo uns manifestam-se contra, outros a favor e outros nem no assunto querem falar. Vejamos algumas notícias (rápidas) sobre gays:

  • Um canal de televisão da China lançou o que afirma ser o primeiro programa do país a tratar de questões ligadas a homossexualismo. O programa é um sinal de que as atitudes em relação aos direitos dos homossexuais na China estão a mudar lentamente.
    A transmissão é pela internet e o programa terá apresentadores gays a discutir questões relacionadas com a comunidade homossexual. Até 2001 as autoridades chinesas ainda classificavam a homossexualidade como doença mental.
  • Escolas britânicas estão a introduzir contos infantis com temática gay para crianças entre quatro e 11 anos de idade. A iniciativa piloto foi criada para familiarizar as crianças com as relações homossexuais e adaptar o currículo a um conjunto de novas leis que entram em vigor em abril, conhecido como Acto de Igualdade, que visa reduzir desigualdades sociais e eliminar discriminação no país.

  • A Câmara dos Deputados da Nigéria promoveu audiências públicas sobre um projecto de lei que pretende banir as relações homossexuais no país. O projecto, que pode passar a lei, propõe pena de cinco anos para qualquer um que se declare abertamente gay ou que mantenha relações sexuais com um parceiro do mesmo sexo.

  • Gays na Grã-Bretanha estão a procurar uma vacina destinada a mulheres, para protecção contra doenças sexuais. O Gardasil protege contra a infecção mais comum transmitida sexualmente, a do chamado papilomavírus humano (HPV, em inglês), que causa cancro no colo do útero. Mas o HPV também causa verrugas genitais e cancro no ânus e no pénis, e os homens alegam que a vacina poderia protegê-los contra esses males.
    Muitas clínicas privadas estão a “oferecer” esta vacina a homens.

Redacção:7FM Fonte: BBC
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.