Cozeram a boca para assistir ao Mundial…

Dois prisioneiros búlgaros costuraram as suas bocas e recusam-se a comer até que lhes seja permitido assistir aos jogos do Mundial de Futebol.
O director da prisão da cidade de Pazardzhik, Vesselin Kotzev, disse que os homens, sentenciados a prisão perpétua, solicitaram uma TV nas suas celas.
Segundo o site Ananova, eles também pediram uma quantidade ilimitada de chá, café e cigarros.
Kotzev disse: “Eu estou a negociar para convencê-los que cozer as suas bocas não é a fprma para conseguir o que querem. Isso é irreal.”
Os homens, que deixaram uma pequena parte de suas bocas por cozer, para fumar, avisaram que outros 15 prisioneiros estão prontos para fazer a mesma coisa se seus pedidos não forem atendidos.

Buraco de 18 metros no jardim à procura de ouro

Um morador da Califórnia, nos EUA, cavou um buraco de 18 metros no seu jardim de casa por acreditar que aí encontraria ouro. Henry Mora, 63 anos, começou a cavar há 10 dias quando um detector de ouro emitiu sinal positivo no local.
Ele afirmou a autoridades que pretendia cavar apenas uns 90 centímetros, mas como encontrou um pó dourado na terra e o detector continuou a indicar a presença do metal.
“Continuava a apitar e então tive a ideia de continuar a cavar. Acho que é uma reacção humana normal, especialmente quando se pensa que podemos ter ouro por baixo de nós”, disse o americano.
Um vizinho de Mora viu a quantidade de terra retirada e chamou autoridades. Os bombeiros encontraram dois homens, contratados pelo morador, a escavar dentro do buraco
“Nós dissemos-lhe, chega! É incrível que ninguém tenha sido morto”, disse o capitão dos bombeiros da cidade de Montclair, Rich Baldwin. As autoridades ordenaram que Mora contrate um engenheiro para colocar a terra de volta para no buraco.