Out 3, 2014
1796 Visitas

Massagista de equipa de futebol despedida por fazer sexo oral a jogador

Publicado por

equipaNo passado dia 16 de outubro o clube suíço Lenzburg FC anunciou a demissão da sua massagista. Não era competente na sua tarefa? Não. Ou sim… Pois ela levou longe o seu apego à equipa e aos seus jogadores. Tudo porque se envolveu num escândalo sexual com metade  dos jogadores da equipa. O episódio aconteceu nos festejos do final da temporada passada.

A mulher foi filmada a fazer sexo oral a um dos jogadores da equipa, de 20 anos, com metade dos jogadores a presenciar a cena. Segundo o jornal suíço Blick, a festa aconteceu em maio deste ano e foi regada a bebidas alcoólicas, o que pode ter influenciado no sucedido.

A massagista, de 41 anos, foi até ao estacionamento do clube, reuniu-se com os jogadores e praticou o sexo oral a um jogador de 20 anos. O fato foi filmado por outros atletas e logo se espalhou pelos demais jogadores até chegar em forma de e-mail ao presidente do clube, Ulrich Bruder.

Ele ficou revoltado ao assistir às imagens e decidiu demitir a massagista: “A demissão dela foi definida pelo conselho do clube”, explicando que, os jogadores foram punidos internamente, mas que “não poderia demitir metade da equipa”.

A massagista não ficou contente com a decisão e disse que estava “fora de controlo” no dia em que tudo aconteceu. Ela afirma que bebeu apenas dois copos de bebida e acredita que alguém adulterou as bebidas para que ela ficasse alterada: “Alguém tinha que ser culpado pelo que ocorreu. Eu fui o bode expiatório, a vítima mais fácil. Não me lembro de nada do que aconteceu”.

A mulher afirma que não pretende mais trabalhar em futebol, mesmo tendo recebido diversas oportunidades de emprego noutros clubes suíços.

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.