Ago 18, 2006
41208 Visitas

Juiz filipino consultava duendes para tomar decisões

Publicado por
Um juiz filipino que dizia tomar decisões com a ajuda de duendes foi definitivamente afastado da magistratura pela Supremo Tribunal do país, informou o jornal Philippine Daily Inquirer. “Terminou sem final feliz o conto do juiz e os três duendes”, brincou o jornal.
Florentino Floro, 53 anos, tinha sido afastado em março depois de revelar ter feito um pacto com três duendes – Armand, Luis e Angel – para “ver” o futuro. Ele acrescentou que escrevia em transe e que havia sido visto por várias pessoas em dois lugares distintos ao mesmo tempo.
Matérias na imprensa filipina afirmaram que todas as sextas-feira o juiz trocava a beca azul por negra, para “recarregar os poderes psíquicos”. Mas os argumentos não comoveram o Supremo Tribunal, para quem tais poderes “não têm lugar” no Judiciário.
Na visão do Supremo Tribunal, a aliança de Floro com duendes “coloca em risco a imagem de imparcialidade judicial, e mina a confiança pública do Poder Judiciário como guardião racional da lei, isto é, se não torná-lo objetivo do ridículo”.
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.