Set 16, 2007
1448 Visitas

Identificar gays,lésbicas pela forma do corpo!?

Publicado por
Gays e lésbicas podem ser detectados visualmente pelo tipo de corpo e pela forma que caminham, revela um estudo conduzido pelas universidades de Nova Iorque e UCLA.

A pesquisa, que foi publicada no jornal da Associação de Psicólogos Americanos (APA), foi feita com 16 voluntários divididos em 8 homens e 8 mulheres, metade heterossexual e a outra homossexual.

No trabalho, os voluntários foram convidados a andar numa passadeira rolante durante 2 minutos, onde eram filmados. “Nós sabemos que homens e mulheres têm corpos diferentes e andam de maneira distinta e podemos provar que os observadores casuais podem identificar se eles são heterossexuais, gays ou lésbicas, com uma percepção bastante apurada”, disse o autor do estudo Kerri Johnson, professor-assistente da UCLA.

Johnson e seus colegas colocaram em foco na pesquisa os quadris, a cintura e os ombros dos voluntários. Eles gravaram as imagens do grupo num sistema de vídeo tridimensional e conseguiram chegar a uma fórmula.

Segundo os investigadores, os homens gays, ao contrário dos heterossexuais, têm o corpo em forma de ampulheta e balançam os quadris. Já as mulheres têm o corpo em forma tubular e balançam mais os ombros do que as heterossexuais.

Para comprovar esta teoria os investigadores levaram 112 estudantes a analisar os vídeos, que mostravam os voluntários a andar de costas em diversas velocidades.

Resultado: os alunos conseguiram definir – sem ver os rostos -, a orientação sexual dos voluntários.

Detalhe: em relação aos gays, os estudantes tiveram 60% de acertos, enquanto que com as mulheres homossexuais o grau de acerto foi menor, mostrando que as lésbicas são menos detectáveis que os homens homossexuais.

Assim, os investigadores concluíram que os observadores comuns podem identificar correctamente um gay ou uma lésbica com um mínimo de informações.

Redacção:7FM Fonte: O Dia
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.