O “homem que mordeu o cão”, existe mesmo e foi condenado a 4 anos de prisão

Chama-se Patrick Shurod Campbell, tem 27 anos, é americano, e pode ser considerado  o verdadeiro “homem que mordeu o cão”! Não , não é um mito.

Patrick admite ter mordido o seu Husky chamado Dmitri, de 2 anos, “na orelha com muita força para estabelecer o domínio” sobre ele e socá-lo no rosto em maio passado.

Os policias encontraram o cachorro num armário bloqueado por um sofá no quarto de Campbell e uma substância que parecia sangue na carpete e no braço do sofá. O animal estava a tremer e tinha uma orelha ensanguentada, segundo a polícia.

O colega de quarto de Campbell disse à polícia que o viu a bater no cão em várias ocasiões, deixando o animal “de costas, com as patas para cima e a chorar”.

Patrick declarou-se culpado de uma acusação de crueldade contra animais e foi condenado a quatro anos de liberdade condicional por um juiz de Palm Beach, Flórida. Foi ainda condenado a passar por uma avaliação psicológica e foi impedido de possuir animais de qualquer espécie ‘ou’ viver com qualquer pessoa que tenha animais. Acrescem ainda 300 horas de serviço comunitário.

Questionado sobre como o cão Dimitri foi ferido, Campbell respondeu: “Eu mordi-o para estabelecer o domínio”, de acordo com um relatório da polícia.

Campbell então disse à polícia que ele tentou disciplinar o cão depois que o animal “destruiu vários itens dentro do apartamento”.

O auto da polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.