Expulsa de voo por beijar namorada

Escrito por

A actriz Leisha Hai- ley queixou-se no Twitter de ter sido expulsa de um voo da Southwest Airlines por estar a beijar a namorada. «Fui discriminada», escreveu a actriz do elenco da série lésbica “A Letra L”. «A hospedeira disse-nos que se tratava de uma companhia ‘familiar’ e que os beijos não eram permitidos.» Leisha definiu os funcionários da empresa como «homofóbicos».

Indignada, a artista de 40 anos acrescentou: «Desde quando é que mostrar afeição a alguém que amamos é ilegal? Gostava de saber o que é que a Southwest Airlines considera ‘família’.

Conheço bastantes famílias do mesmo sexo maravilhosas que gostaria de lhes apresentar. Boicotem a Southwest se forem homossexuais. Eles não gostam de nós.»

A empresa explicou ter recebido «diversas queixas dos clientes, classificando o comportamento como excessivo». «A nossa tripulação, responsável pelo conforto de todos os clientes, abordou as passageiras baseada apenas no comportamento e não no género. A conversa escalou para um nível que considerámos melhor resolver em terra.»

Este não é o 1º exemplo de famosos expulsos pela companhia. No ano passado o cineasta Kevin Smith foi proibido de viajar por ser demasiado gordo para ocupar um lugar em segurança. E no início do mês o líder dos Green Day foi convidado a sair por usar calças descaídas.

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.