Estudo da The Economist fala da qualidade de vida e estilos de vida

Escrito por
A revista The Economist realizou e publicou um estudo que abordou vários aspectos como a qualidade de vida, os que lêem mais jornais, quem tem mais mortes por habitante, quem bebe mais vinho! Será que Portugal também tem direito a algum lugar de destaque? E não é que tem! É o maior consumidor de vinho do mundo! Parabéns!

Vejamos alguns dos resultados:

  • Os noruegueses tem a melhor qualidade de vida do mundo, à frente dos islandeses e dos australianos. Os países africanos ficam no fundo da lista.
  • Os australianos bebem mais álcool;
  • Os gregos fumam mais cigarros;
  • Os japoneses lêem mais jornais;
  • O Equador é o país com o maior número de mortes por habitante, em média 18,3 mortes por 100.000 habitantes, à frente da Suazilândia (13,6) e da Mongólia (12,8);
  • O Japão possui a população mais velha do mundo, 26% dos japoneses têm mais de 60 anos. A Suécia tem a maior proporção de pessoas com mais de 80 anos (5,3%).
  • A expectativa de vida é a mais elevada em Andorra (83,5 anos), à frente do Japão (82,6 anos) e de Hong Kong (82,2 anos);
  • Luxemburgo tem o maior PIB por habitante, superando as Bermudas e a Noruega.
  • Se o Japão e Estados Unidos permanecem como maiores economias, ocupam apenas respectivamente o 7o e o 8o lugares neste índice de desenvolvimento humano, indicador da qualidade de vida, segundo os autores;
  • O Níger é o país com a pior classificação, atrás de Serra Leoa e Mali, numa lista em que os vinte últimos colocados são países africanos.
  • As cidades suíças de Zurique e Genebra são as mais agradáveis de se viver, à frente de Vancouver (Canadá) e Viena.
  • Os Estados Unidos foram classificados no topo dos maiores produtores de gases causadores do efeito estufa, seguidos por China e Rússia.
  • Os Estados Unidos possuem a maior população prisional, com 2.200.000 condenados, enquanto a China realiza o maior número de execuções (3.400 em 2004).
  • O aumento dos preços dos imóveis foi o mais elevado numa década na África do Sul, onde a escalada foi de 351% entre 1997 e 2006, acima de Irlanda (253%) e Grã-Bretanha (196%).
  • Os australianos são os que mais bebem bebidas alcoólicas;
  • O checos estão à frente no consumo de cerveja.
  • Portugal é o líder no consumo de vinho, seguido por Suíça, Itália e França.

Redacção:7FM Fonte: The Economist

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *