Jun 27, 2014
1107 Visitas

Egípcio é preso após fazer “Like” em página cristã no Facebook

Publicado por

[Imagem meramente ilustrativa]

[Imagem meramente ilustrativa]

Um egípcio foi condenado na passada terça-feira (24/6) a seis anos de prisão e a pagar uma multa equivalente a 616€  por gostar de páginas cristãs no Facebook. As autoridades consideraram que o homem violara as leis do Egito, que proíbem qualquer crítica à religião islâmica.

De acordo com o site “Breit Bart”, Kerolos Shawky foi indiciado por blasfêmia, ridicularizar religião e incentivar a luta sectária.

Mas o advogado de Kerolos justificou que ele não tinha a intenção de insultar a religião islâmica ao gostar da página “Cavaleiros da Cruz” no Facebook. O defensor do egípcio alegou ainda que o homem é deficiente visual e tem pouca experiência na internet.

Uma pesquisadora do Instituto de Política do Oriente Médio denunciou que um prédio de propriedade cristã foi incendiado um pouco antes do julgamento do egípcio. O atentado ocorrera na mesma cidade onde Kerolos mora.

O Instituto dos Interesses Cristãos no Egito afirmou que esta é a terceira condenação do tipo desde que Abdel Fatah el-Sisi assumiu o controlo do país.

Tags dos artigos
· · · ·
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.