Jun 9, 2007
405 Visitas

Como identificar a mentira sem polígrafo?

Publicado por
Pedir a um suspeito de um crime que conte uma sequência de eventos do fim para o início pode ser a forma mais eficaz da polícia identificar se ele está a mentir, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido.
O estudo foi realizado ao longo de três anos, período no qual os investigadores pediram a 290 policias que examinassem as entrevistas de 255 estudantes que deram detalhes falsos ou verdadeiros nas suas respostas.
A conclusão foi que havia menor probabilidade de os policias identificarem os mentirosos usando os métodos tradicionais do que com o método da história com a cronologia invertida.

Segundo Aldert Vrij, professor de Psicologia Social e coordenador da pesquisa, é mais difícil contar uma história do fim para o começo, e isso colocaria uma pressão psicológica adicional sobre o suspeito, que poderia cometer erros.
Vrij espera que a pesquisa possa ajudar a polícia a desenvolver novas práticas em interrogatórios. Normalmente, os detectives costumam observar a linguagem corporal dos suspeitos para avaliar se ele está a mentir – eles notam, por exemplo, se a pessoa se vai acomodando na cadeira com frequência ou se evita olhar directamente nos olhos do interrogador -, mas isso nem sempre funciona, segundo o investigador.
As evidências também sugeriram que os mentirosos temem que não se acredite neles, então mostram-se muito cooperativos, para tentar dar uma boa impressão, afirmou Vrij.

Redacção:7FM Fonte:BBC Brasil
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.