Jan 29, 2018
193 Visitas

Cirurgião gravou as suas iniciais nos fígados dos seus pacientes

Publicado por

O homem da foto acima é Simon Bramhall, cirurgião especialista em transplantações de fígado e pâncreas.  Ele foi condenado com uma pena de trabalho comunitário durante 12 meses e uma multa de 10.000 libras estrelinas (equivalente a 11.385€) por gravar as suas iniciais no fígados de pelo menos 2 pacientes  que transplantou em 2013.

O caso só se tornou conhecido este mês aquando da leitura da sentença.”As duas (operações) foram longas e difíceis, admito que nessas duas ocasiões você estava cansado e nervoso e que poderia ter afetado o seu julgamento”, disse o juiz ao arguido na leitura da sentença. No entanto, ele acrescentou: “O que você fez foi um abuso de poder e uma traição da confiança que os seus pacientes depositaram em si”.

Simon Bramhall gravou as iniciais SB recorrendo a um instrumento cirúrgico que usa a tecnologia de raios laser de forma a evitar ou reduzir hemorragias, e fez isso na presença dos seus colegas de operação. O caso só foi descoberto porque uma das vítimas teve que submeter-se novamente a cirurgia e os cirurgiões encontraram as iniciais, explicou a imprensa britânica.

“As suas ações marcando os fígados desses pacientes, de maneira totalmente desnecessária, eram atos deliberados e conscientes”, denunciou Elizabeth Reid da acusação. “Esses ataques estavam errados, não apenas do ponto de vista ético, mas também de um crime”, acrescentou.

Outros artigos envolvendo médicos:

Obstetra acusado de deixar grávida para fazer sexo com outra paciente

Após abusar de pacientes, médico só pode atender homens

Médico que tentou ‘curar gay’ é proibido de exercer a medicina

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.