Juiz determina que ex-namorado pague pensão baseado em status e fotos do facebook

Uma das fotos do "relacionamento"
Uma das fotos do “relacionamento”

Cuidado com o que publica no Facebook! Não é certamente um aviso novo, mas é cada vez mais atual. Sobretudo cuidado com o “status” do relacionamento.

Mas vamos então ao caso em concreto: após o término de um relacionamento, uma jovem brasileira recorreu aos tribunais para fazer justiça e o juiz deu-lhe razão. Ela passou a ter direito a uma pensão que o ex-namorado lhe terá que pagar mensalmente.

O juiz da 3ª Vara de Família da Comarca do Pará (capital paraense) fundamentou a sua decisão com base no status e fotos do Facebook dos dois, que continham informações sobre a vida deles desde 2007. O status era “relacionamento sério”.

O rapaz vai ter que pagar uma pensão “alimentícia” à ex no valor de 900 reais ( cerca de 280€), além de ter que dividir o valor de um carro que foi comprado após os dois começarem a namorar.

Segundo o juiz as redes sociais são consideradas como provas da relação. Caso não queira passar por uma situação semelhante, o conselho dele é não declarar o status “relacionamento sério”, pois ele pode ser considerado como uma certidão de casamento.

Axilas peludas e pintadas é a nova moda feminina!

A moda tem um potencial gigantesco de surpreender, de criar impacto, de chocar a sociedade. Nos anos 60 foi a minissaia que, a partir de Inglaterra,  “chocou” o mundo. Até as calças de ganga, que hoje é são uma das peças mais comuns nos armários femininos, foram alvo de censura no momento da sua adaptação às pernas das mulheres.

Atualmente estamos perante o boom de uma proposta bem mais ousada (para muitos(as)): axilas femininas peludas e… coloridas!

Tudo começou quando Roxy Hunt, funcionária de um salão de cabeleireiro americano, resolveu pintar o sovaco de uma amiga (para que ele combinasse com o seu cabelo azul, como pode ver na foto abaixo). Após lançou a foto no seu blog e a coisa pegou!

A amiga de Roxie Hunt
A amiga de Roxie Hunt

O post descreve passo a passo como realizar o feito e, neste momento, já tem mais de 30.000 partilhas. O texto acabou por gerar uma febre na vida real e, claro, na internet.
Centenas e centenas de mulheres resolveram adotar a ideia e começaram a colorir os cabelos das axilas. Azul, rosa, roxo, amarelo… Todas as cores imagináveis estão a ser usadas por elas.

No Instagram e no Tumblr o movimento está acontecer através hashtag #dyedpits – e cada vez mais mulheres têm publicado as suas fotos coloridas nas redes sociais.

Esta nova onda(moda leva a outras. Na China, a outra “moda” é publicar selfies com as axilas coloridas…

E assim vai o mundo.

Casal é apanhado fazer sexo na cama da maternidade antes de mulher dar à luz

maternidadeEnquanto esperava para dar à luz, numa maternidade em Bristol, no Reino Unido, uma grávida aproveitou os últimos momentos para… ter relações sexuais com o marido na cama do hospital. Segundo o site Daily Mail, o casal foi descoberto por um funcionário que ouviu gemidos vindos do quarto.

Em casos como esse, a política do hospital recomenda que os “brincalhões” coloquem um aviso na porta, como “Não perturbar”. Segundo fontes do hospital , “outros pacientes ouviram o barulho e ficaram chateados, assim como o funcionário que ficou completamente chocado”.

Algumas pessoas acreditam que o sexo, assim como alimentos picantes, ajudam a induzir o parto em alguns casos.

Como remédios de ervas e comer alimentos picantes, o sexo é dito para ajudar a induzir o parto em alguns casos. No entanto, o NHS (Sistema Nacional de Saúde) britânico garante que ” não há nenhuma evidência científica disso”. Ter relações sexuais não causa danos, mas deve ser evitada se a bolsa estourou, pois há um aumento do risco de infecção.

Segundo um porta-voz do hospital, “felizmente, não recebemos quaisquer queixas em relação a este fato”.

Francês inventa pílula que faz flatulências ter cheiro de chocolate

flatulenciasA França deu ao mundo perfumes fantásticos e queijos com cheiro bem forte. A última contribuição do país para o olfato, entretanto, tem a marca do inusitado: uma pílula que faz a flatulência ter aroma de chocolate!

Christian Poincheval, de 65 anos, é o inventor da pílula, a Fart Pill. O produto é vendido pela internet a 9,99€ (60 cápsulas).

“Para a sua boa saúde, perfume os seus gases”, diz o site.

Chocolate é apenas a mais nova versão da pílula de Poincheval. O francês já oferecia cápsulas antiflatulência com cheiro de rosas ou violetas para humanos e um redutor de odor para cães.

O inventor, que mora no vilarejo de Gesvres (França), explicou ao “Telegraph” que decidiu investir na série de produtos após um almoço pesado num restaurante em 2006: “Os nossos gases estavam tão fedorentos que quase sufocámos. As pessoas à mesa ao lado não estavam nada felizes. Alguma coisa tinha que ser feita”.

Chinês sobrevive após ser atropelado por… três carros!

atropelamento-chinaUm homem identificado como Li estava a tentar atravessar uma movimentada rua em Kunshan (China) quando acabou atingido por um veículo. Caído no chão, o chinês foi atropelado novamente por outro carro, segundos depois.

Quando algumas pessoas foram para socorrer Li no meio da rua, a vítima foi atingida por um terceiro carro, que havia parado a cerca de um metro dele mas foi abalroado na traseira por um quarto veículo!

O episódio ocorreu em 28 de outubro. O “sortudo” Li, segundo o “Telegraph”, sobreviveu aos três atropelamentos.

Veja:

Britânico cria confusão em voo e vai preso quando viajava para a lua de mel

Um britânico foi preso lua-de-melquando seguia para a sua lua de mel em Cuba. Ele embebedou-se durante o voo, brigou com a mulher e ameaçou os tripulantes. Mohammed Khelya, de Blackburn, acabou por ser detido nas Bermudas depois da confusão no avião.

A sua mulher seguiu a viagem de lua de mel para Cuba sem ele.

Segundo as autoridades, Mohammed Khelya havia bebido uma garrafa de vodca antes de brigar com a sua mulher na segunda-feira e ficar violento. Ele acabou algemado e levado para parte traseira da aeronave, forçando a aterragem do avião nas Bermudas.

Ele compareceu na terça-feira num tribunal de Hamilton, capital das Bermudas, e declarou-se culpado de ter bebido na aeronave e ameaçado os tripulantes. “Eu não sei se ela me vai perdoar”, disse Khelya, de 22 anos, que havia embarcado com a esposa em Manchester.

Khelya foi multado em 2.000 dólares (cerca de 1.600€) por ficar bêbado no voo e 1.000  dólares (cerca de 800€) por ameaçar a tripulação. Se não pagar as multas, ele pode apanhar quatro meses de cadeia.

Obstetra acusado de deixar grávida para fazer sexo com outra paciente

medico obstetraO Conselho de Medicina do Novo México (EUA) suspendeu o obstetra e ginecologista Christopher S. Driskill, de 42 anos, classificado como um “claro e imediato perigo à segurança e à saúde pública“.

O médico é acusado de estar frequentemente bêbado no trabalho e ter “relacionamentos inapropriados” com algumas pacientes. Num episódio, Driskill teria deixado uma paciente em trabalho de parto sem cuidados para fazer sexo com outra mulher internada no hospital em que trabalhava, segundo reportagem do “Albuquerque Journal”.

“Os seus relacionamentos sexuais e o abuso do álcool afetaram negativamente a prática da medicina”, escreveu o conselho ao comunicar a suspensão do médico.

Antes do escândalo, Driskill havia sido eleito presidente da Sociedade Médica do Novo México e, de acordo com a regulamento, tem direito de assumir o cargo em maio.

Ursinho Pooh é banido de parque por… não usar calças

poohO famoso Ursinho Pooh, personagem famoso de história infantil criado por A. A.Milne em 1926), foi banido de um pequeno parque público para crianças em Tuszyn (Polónia). Motivo? Não usar calças e não apresentar clara identidade sexual, de acordo com reportagem do “Croatian Times”.

Vereadores locais consideram certos aspectos do urso “perturbadores” e “inapropriados”.

“O problema com este urso é que ele não tem um guarda-roupa completo”, disse o vereador Ryszard Cichy, referindo-se à falta de calças em Pooh.

“Ele não usa calças porque não tem um sexo. É um hermafrodita”, afirmou uma autoridade local.

“O criador tinha mais de 60 anos e cortou os testículos (de Pooh) com uma lâmina porque ele tinha problema com a sua própria identidade”, comentou a vereadora Hanna Jachimska.

Empresa oferece serviço de entrega de cocó pelo correio

boxA coisa já lhe está a cheirar mal? Não é para menos. A startup Shitexpress está a oferecer um serviço de entrega de pacotes de cocó de animais a “colegas inconvenientes, professores, ex-namorada(o), chefe insuportável ou vizinho invejoso” em qualquer parte do mundo.

Para surpreender ainda mais, a pessoa que contratar o serviço pode encaminhar um recado com a intenção de aprimorar a encomenda. Há também duas opções de pacotes de entregas: o normal ou o sorridente.

Segundo a startup, os interessados em mandar um potinho com as fezes devem seguir quatro passos simples: escolher o animal responsável pelo excremento (por enquanto apenas cavalos estão disponíveis); adicionar o endereço do escolhido para onde será enviada a surpresa, selecionar o tipo de pacote, e; efetuar o pagamento.

A startup garante que o pacote pode ser pago em várias moedas mas também via PayPal ou Bitcoin, o que permite que o comprador proteja a própria identidade e permaneça anónimo.

O site do serviço já está disponível em 17 idiomas (inclusive português) e os interessados em enviar um pote com fezes de cavalo devem desembolsar 12,95€ ou 0,05 bitcoin. O serviço de entrega é gratuito.

Menina de sete anos com dores na boca afinal tinha 202 dentes

Os dentes extraídos da pequena menina (Reprodução / Metro)
Os dentes extraídos da pequena menina (Reprodução / Metro)

Uma menina de sete anos que reclamava de dores na boca foi levada ao dentista. A surpresa aconteceu a seguir: o dentista encontro u 202 dentes na sua boca.

A mãe, que é empresária em Gurgaon, na Índia, percebeu o inchaço no rosto da criança, que reclamava de dores, e levou-a ao especialista. Ao fazerem um raio-X, descobriram que a menina sofria de um odontoma composto – uma espécie de tumor formado por tecidos dentais que crescem de forma irregular.

Após isso, a pequena precisou suportar duas horas de cirurgia para remover tudo. “Foi chocante ver tal situação complexa na boca de uma criança”, disse Ajoy Roychoudhary, responsável pela operação. “Normalmente vemos alguns dentes anormais ou estruturas complexas em pacientes, mas 202 dentes dentro da boca de uma menina de sete anos é chocante e a nossa principal tarefa era livrar-se deles.”

Ménage à trois em elétrico provoca engarrafamento

menageO trânsito em Toronto (Canadá)  ficou congestionado nesta quinta-feira depois de três pessoas terem alegadamente mantido relações sexuais num transporte público, anunciou a imprensa canadiana.

A ousadia foi levada a cabo no elétrico 504, que circula na King Street, Distrito Financeiro de Toronto e, de acordo com investigadores da 52.ª Divisão da polícia, envolveu dois homens e uma mulher, alegadamente embriagados, mas não foi feita nenhuma acusação.

Citada pelo canal estatal CBC, uma testemunha ocular, que estava ao volante de um carro que seguia atrás do elétrico, o insólito aconteceu quando o transporte público circulava no sentido oeste e parou perto da York Street às 17h30 locais (22h30 de Lisboa), provocando um engarrafamento que se prolongou por cerca de 20 minutos.

“É um pouco chocante só de imaginar que alguém tenha pensado em divertir-se àquela hora do dia, num elétrico frio (dadas as temperaturas negativas)”, disse Robin Lobb. Em declarações à imprensa, Brad Ross, porta-voz da Comissão de Transportes de Toronto, a empresa municipal que gere os transportes públicos, sugeriu que os dois homens e a mulher envolvidos no ato “deviam fazê-lo num quarto”.

“Há lugares mais privados nesta cidade, para aqueles que se querem conhecer melhor”, afirmou Brad Ross, salientando que um “eléctrico não é claramente o lugar”, pois “é um espaço público, como um centro comercial ou mesmo a Câmara Municipal”. Brad Ross explicou que o condutor do eléctrico notificou um supervisor do sucedido, mas quando aquele responsável chegou ao local do incidente, os três personagens fugiram, daí não ter sido feita nenhuma acusação. Sócrates detido

Via: CM

Mulher borra-se toda ao fazer twerk (vídeo)

twerkTwerk com certeza é uma das danças do momento. Já o borrar-se todo (a) é um clássico da comédia. Agora, os dois juntos dão… um vídeo viral, ou melhor: superviral!

Uma mulher (aparentemente na Rússia) que veste umas leggings brancas alcançou mais de 12 milhões de visualizações em 10 dias dias ao ser filmada a fazer a dança sensual.

No entanto, toda a força do movimento fez com que os seus intestinos também “dançassem”. A determinado momento é notória a aparição, entre as suas nádegas, de uma pequena mancha acastanhada que vai aumentando rapidamente seguida pelo inoportuno som de um peido bem molhado.

A mulher que segura a câmara desata a rir-se desalmadamente. Já a dançarina fica irritada a situação constrangedora.

Diretor é apanhado a fazer sexo oral a professora de matemática dentro de sala de aula

O vídeo divulgado nas redes sociais se tornou viral (Reprodução / Metro)
O vídeo divulgado nas redes sociais tornou-se viral (Reprodução / Metro)

Um diretor de uma escola foi apanhado a  fazer sexo oral a uma professora de matemática dentro da escola em Maribor, na Eslovénia, e ameaçou os alunos com uma ação judicial após o vídeo do ato se ter tornado viral.

Drago Kamenik, de 41 anos, aparentemente foi encontrado por estudantes com a cara no meio das pernas de Manja Mertelj, 45 anos, após os alunos terem ouvido alguns gemidos vindos do interior de uma sala de aula, que deveria estar vazia.

Casado e pai de dois filhos, Kamenik inicialmente ameaçou processar os adolescentes que publicaram as imagens nas redes sociais. Depois ele afirmou que o vídeo era falso e o homem, que se parece com ele, seria “fruto de Photoshop”.

“Eu conversei com a minha esposa. Estes tolos sequer imaginam o dano que causaram ao fazer isso”, disse Kamenik ao Slovenske Novice. Mas, numa rede social, um dos jovens disse que, se necessário, pode colocar o restante do vídeo, no qual mostra claramente que está envolvido. “No entanto, não acho que alguém realmente duvide de nós”, acrescentou.

Via: Svet24

Russo faz transformações corporais e vira ‘ornitorrinco’

jenya platypusPode não parecer, mas Jenya Bolotov descreve-se como um “ornitorrinco”. Depois de uma série de transformações corporais, o russo de 26 anos diz ter virado um exemplar do animal típico da Austrália.

“Externamente, eu sou agora um ornitorrinco. Por dentro, entretanto, eu sou mais como um pássaro. Eles são o meu lado animal e surgiram-me nos meus sonhos. A minha aparência está da forma que eu queria. É preciso ter coragem para fazer o que eu fiz, e vou continuar a modificar o meu corpo até que esteja feliz”, comentou Jenya à News Dog Media.

Um verdadeiro ornitorrinco. Parecido?
Um verdadeiro ornitorrinco. Parecido?

A transformação começou quando o designer tinha 18 anos. O rosto de Jenya tem piercings e alargadores. O lábio inferior foi ampliado e agora tem mais de 5 centímetros horizontalmente, se comparado ao lábio superior. Os olhos foram tatuados para ganhar aparência animal.

Turista recebe conta após dar à luz nos EUA: 932.000 dólares

huculakGrávida de 7 meses, a canadiana Jennifer Huculak-Kimmel estava a passar férias no Havaí (EUA), em novembro de 2013. Só que “rebentaram-lhe as águas” no segundo dia em solo havaiano, fazendo com que os médicos realizassem um parto prematuro.

O bebé de Jennifer ficou hospitalizado durante dois meses. A família havia tentado uma transferência da pequena Reece para o Canadá, mas a iniciativa não foi autorizada pelos médicos e por uma empresa que transporta pacientes por via aérea, segundo reportagem do “Daily Mirror”.

Resultado: Jennifer está praticamente com falência decretada. A conta do hospital ficou em nada menos que 932.000 dólares (cerca 750.000€)!

O plano de saúde da família – o Blue Cross – está a recusar-se a pagar a conta. A empresa alegou que uma “condição pré-existente” a exclui de arcar com as despesas. A companhia afirmou, ainda, que a cobertura dada a Jennifer não se estende ao bebé.

Jennifer disse ter falado com o seu médico particular e com a Blue Cross e garante ter recebido aval para viajar.

Após longa negociação infrutífera, o casal, morador de Saskatchewan (Canadá), deve recorrer aos tribunais.