Esta é a imagem que está a confundir a internet… Pescoço ou costas?

Antes de ler o restante artigo, observe a foto… O que vê abaixo dos cabelos? Um pescoço ou umas costas? 

A imagem acima é a última  a aparecer e confundir milhares de pessoas. Parece, e não deixa de ser um click aparentemente inocente do cabelo de uma mulher…

O cabelo (mais curto ou mais comprido é unânime), agora se o restante é o pescoço os as costas é aí que as opiniões divergem. Postado no Twitter por @LilMaarty, a foto, que tem sido apreciada por mais de 70.000 pessoas, “retuitada” por perto de 32.000,  parece mostrar a parte de trás da cabeça de uma mulher, com o cabelo curto e a ver-se grande parte do pescoço.

Mas não é bem o que parece, como fica evidente quando se lê a legenda de Marty: “Por que eu pensei que este era o pescoço dela”.

Isso fez com que outros utilizadores passassem vários minutos a olhar para a imagem, tentando descobrir qual parte do corpo eles estavam a ver, se não fosse de fato o pescoço dela.

“Fiquei a olhar durante cinco minutos e se não é um pescoço eu sou estúpido”, respondeu uma pessoa. Outro comentou: “Literalmente olhei para isto por um minuto como ‘se isso não é um pescoço, então o que é isso ?!”  Um terceiro postou: “(…) eu vi um pescoço e cabelo danificado.” Um quarto utilizador disse que a coisa toda fez seu “cérebro doer”.

Verdade
Em vez do pescoço e do cabelo curto de uma mulher, a imagem mostra uma mulher com longos cabelos cacheados caindo pelas costas nuas.

As pessoas ficaram chocadas quando descobriram a verdade.

Mulher que pilota jato de Cristiano Ronaldo faz Kiki Challenge com avião em movimento

A piloto Alejandra Manríquez Pérez

Esqueçam o Kiki Chalenge do David Carreira…

 A piloto Alejandra Manríquez Pérez[/caption]O Kiki Challenge atingiu um novo nível. A responsável é a mexicana Alejandra Manríquez Pérez, de 30 anos, que pilota jatos particulares para celebridades, como o nosso Cristiano Ronaldo, o piloto de F1 espanhol Sergio Pérez entre outros.

Mas com Alejandra, o desafio “descolou” para um novo nível. A mexicana, juntamente com sua co-pilota, fez a dancinha enquanto o seu Embraer Legacy 600, aeronave fabricada no Brasil, estava em movimento.

O desafio surgiu com o som de “In My Feelings”, do rapper canadiano Drake, que convida as pessoas a mostrarem danças “diferenciadas”. Logo, o movimento que conquistou vários famosos, “evoluiu” e passou a ser feito em situações mais insólitas. Uma das versões mais bizarras do Kiki Challenge faz os condutores dançar com o seu carro em movimento. Essa modalidade já causou mortes. 

Sutiãs para homens!? Sim, é a nova tendência…

Mulheres, já repararam na roupa íntima dos vossos homens e pensaram que era um pouco chata, então não estão sozinhas.

Há tanta escolha quando se trata de roupa íntima feminina, desde tangas, “fio dental”, asa delta, sutiãs com e sem alças, wonderbra,  etc…etc…

Já os homens ficam-se pelos boxers ou cuecas.

No entanto, isso está a mudar pois uma empresa de lingerie criou uma linha exclusiva de sutiãs e cuequinhas, especialmente… para os homens!

Chama-se Homme Mystere  e dedica-se à confeção e comercialização de lingerie para homens! Vende cuecas, sutiãs, conjuntos (cueca e sutiãs) para o homem que quer usar algo um pouco mais sexy debaixo das suas roupas.

Se isso não for suficiente, os homens também podem ter os seus próprios bodys e suas próprias “babydolls” de seda…

De acordo com o site, não são apenas os homens que se divertem com as roupas íntimas suaves e luxuosas – as mulheres adoram também.

A HommeMystere foi fundada em 2009 e o seu objetivo é projetar e fazer “lingerie divertida, confortável e exclusiva”.

(Reprodução site)

As pessoas nas redes sociais têm opiniões divergentes sobre a ideia do seu parceiro usar roupas íntimas.

Uma mulher disse: “Oh … eu acho que minha cara metade e eu vamos usar essa tendência”. Enquanto outro brincou: “Agora podemos fazer compras de sutiã juntos, sim”.

Terapeuta fatura 50.000€ por ano… dando abraços a estranhos

Há seis meses atrás, Jessica O’Neill queria abraçar uma nova carreira. Após analisar algumas opções, a australiana de 35 anos decidiu investir num novíssimo mercado. Ela tornou-se numa… abraçadora profissional!

A ex-massoterapeuta fatura 79.000 dólares australianos (cerca de 50.000€) por ano dando abraços a estranhos. Uma hora de terapia custa 80 dólares australianos (cerca de 50€). Os clientes de Jessica sofrem, geralmente, de solidão ou depressão.

Para clientes que, além dos abraços, desejem tomar um café com ela e receber aconselhamento psicológico, Jessica cobra o equivalente a 94€.

Jessica a abraçar o filho Neo | Imagem: Caters News Agency

“Sempre fui uma pessoa afetuosa. É a minha natureza”, disse a australiana, que tem três filhos.

A maior parte dos clientes é formada por homens, na faixa dos 30 anos. O marido dela, garante a australiana, não tem qualquer restrição à atividade incomum. O número de mulheres que procuram a terapia está a crescer.

“Ele também me abraça muito em casa”, comentou Jessica, acrescentando que a inspiração da carreira foi a mãe, sempre bastante carinhosa.

Alguns dos que procuram os abraços terapêuticos de Jessica são viciados em sexo e pornografia que buscam ter uma “visão mais saudável” do próprio corpo. Raramente, diz ela, um cliente “confunde as coisas” no divã e ultrapassa a “linha”. “Há limites bem claros, e 99% dos clientes nunca pensam em cruzá-los”, afirmou.

2.505 mulheres tomam banho de mar nuas na Irlanda

Tentativa de bater recorde mundial serviu também para arrecadar dinheiro para crianças com cancro.

Um grupo de 2.505 mulheres tentou no sábado passado bater o recorde mundial de “maior número de pessoas a nadar nuas” na praia de Magueramore, próximo a Wicklow, na Irlanda.

O evento também serviu para arrecadar dinheiro para a Aoibheann’s Pink Tie, uma entidade que cuida de crianças com cancro.

O recorde precisa ser reconhecido pelo Livro Guinness de Recordes. 

Presidente de clube futebol vendeu 18 jovens para investir em… cabras!

O clube de futebol turco Gulspor vendeu 18 jovens jogadores e comprou… 10 cabras! Pode parecer uma medida estranha, mas tudo tem um objetivo:  ganhar ‘dinheiro extra com a venda de leite’, que será usado para fazer face às necessidades prioritárias do clube.

O presidente da equipe, Kenan Buyuklebleb, disse que o passo para a compra das cabras foi ditado pela falta de financiamento disponível, já que não há investimento governamental ou de patrocínio essencial para equipas de jovens turcas que atuam em ligas inferiores.

Com a venda dos 18 jovens futebolistas o clube ganhou 15.000 liras turcas (cerca de 2.178,64 € | R$ 10.000), comprou as 10 cabras e planeia ter lucro de cerca de 5.000 liras (cerca de 725€ | R$3500).

“Temos 10 cabras. Serão uma fonte de rendimento para os jovens ”, disse Buyuklebleb, acrescentando que agiu no interesse da equipa. “Achamos que as cabras reprodutoras são lucrativas. Comprámos as cabras para no futuro poder formar melhores jogadores jovens. ”

“Esperamos ter lucro de 4.000 a 5.000 liras. Ao mesmo tempo, o número de cabras aumentará. Ao final de seis anos, planeamos ter 140 cabras para o clube ”, acrescentou. Ora, se chegarem a esse números de cabras os proveitos serão em torno dos 10.000€ !

A estratégia apanhou os fãs de surpresa e muitos contestaram a medida insólita. No entanto Buyuklebleb descansou as mentes mais preocupadas ao dizer em conferência de imprensa:

«Faz sentido este negócio. As cabras foram compradas tendo sempre em consideração os melhores interesses do clube»

Ainda é cedo para avaliar o sucesso da decisão, mas que é algo inovador ninguém pode negar.

Futebol: presidente pergunta no Facebook se deve despedir treinador

Equipas gregas (de futebol) tem bordel e funerária como patrocinadores. É a crise!

Casamento insólito nas Filipinas

As chuvas e os ventos fortes da tempestade tropical Yagi atingem as Filipinas. Mas nem isso arrefeceu os ânimos aos noivos locais…

Nos últimos dias, milhares de pessoas tiveram de deixar as suas casas nas regiões centro e norte do pais.

Da província de Bulacan, uma das regiões mais afetadas pelas cheias repentinas, chegam imagens de uma cerimónia insólita.

Um casamento que não foi adiado apesar da igreja estar completamente inundada. A noiva percorreu um autêntico rio dentro da igreja, onde ficaram os convidados, até chegar ao altar.

Fonte: Euronews

Adolescentes recorrem a cirurgia estética para se parecerem com filtros do snapchat

Fazer cirurgias para se parecer com celebridades é coisa do passado…

Primeiro queriam “transformar-se” na boneca Barbie e no boneco Ken, mais tarde queriam ter os lábios de Angelina Jolie, ou o traseiro de David Beckham  ou talvez os seios de Salma Hayek. Agora  os cirurgiões plásticos estão a deparar-se com mais um desafio estético da modernidade: os adolescentes querem é parecer-se com os seus filtros favoritos do Snapchat!

Para explicar essa nova tendência, a diretora do Centro de Pele Étnica do Boston Medical Center, Dra. Neelam Vashi, usa o termo “dismorfia no Snapchat”. De acordo com ela, num artigo recentemente publicado no Journal of the American Medical Association’s Facial Plastic Surgery, os jovens de hoje estão a transformar cada vez mais a percepção das pessoas sobre a beleza.

Para exemplificar isso, ela comenta sobre filtros de embelezamento que podem, dentre muitos outros recursos, branquear ou clarear dentes e ainda diminuir os lábios. Parece pouco, mas isto pode estar a começar a virar um problema real, levando as pessoas à dismorfia corporal. Esta condição envolve “preocupação excessiva com uma suposta falha na aparência, classificada no espectro obsessivo-compulsivo”.

Imagem: fsmedia.imgix.net

A “dismorfia do Snapchat” trata-se de um desdobramento dessa mesma condição, levando adolescentes a se transformarem em hipercríticos de linhas de expressão, defeitos e imperfeições que, na verdade, são completamente normais. Essas características realçadas pelos jovens e classificadas como falhas são geralmente mascaradas por filtros do Snapchat.

Os profissionais evitam proceder com esse tipo de cirurgia em crianças que ainda estão em pleno desenvolvimento, mas, curiosamente, a Academia Médica Americana de Cirurgia Plástica Facial e Reconstrutiva diz que, em 2017, 55% dos médicos já testemunharam pacientes que “queriam parecer melhores nas suas selfies”.

Segundo a Dra. Vashim, a rinosplatia costumava ser um dos pedidos mais comuns, mas agora as pessoas estão a pedir para ficar parecidas com a aparência que adquirem ao aplicar filtros do Snapchat. O objetivo é geralmente corrigir a assimetria, uma característica normal. Os rostos simétricos são vistos como mais atraentes, e os filtros de embelezamento costumam afinar as linhas de expressão e mascarar rugas e manchas, suavizando e iluminando o rosto para disfarçar a assimetria.

Irmãs gémeas idênticas casam-se no mesmo dia com irmãos gémeos idênticos

Alguma vez ouviu aquela fábula de duas irmãs gémeas que namoram dois irmãos gémeos, etc…etc…?

Pois é, a  vida “materializou” a fábula. E essa materialização pouco provável terminou em casamento(s)s, celebrados no mesmíssimo dia. Mas não é só! Cada cerimónia foi celebrada por um pastor (padre) diferente. Lá está a história a trazer-nos à real, nem tudo podia ser “igual”… Mentira, ambos os pastores (padres) eram também gémeos!

Iguazinhos…

A esta altura já pensas: muita coincidência junta apenas! Não, porque ainda não vos disse o nome da cidade onde tal aconteceu…

No fim semana passada, aconteceu o Festival dos Gémeos, no estado de Ohio, nos EUA. Este é o maior encontro envolvendo pares ou grupos de irmãos em todo o mundo e acontece anualmente na cidade de Twinsburg – algo como Terra (ou cidade) dos Gémeos (em tradução livre). São vários os eventos de integração para os irmãos gémeos de todas as idades, incluindo desportos, gincanas e concursos de talentos.

Vamos então ao insólito que aqui nos trouxe. A edição de 2018 também ficou marcada por algo inusitado: as irmãs Brittany e Briana Deane, de 32 anos, casaram-se com os irmãos Josh e Jeremy Salyers, de 34 anos. Como se pode imaginar, tratam-se de dois pares de gémeos, que agora formaram dois casais de gémeos. E para completar a bizarrice, as cerimónias em conjunto foram celebradas por dois “padres” gémeos, é claro!

Os pares de irmãos conheceram-se no Festival de Gémeos do ano passado (2017).

Pedido casamento “gémeo”

Já terminaram as curiosidades!? Não! Jeremy e  Josh fizeram os pedidos de casamento no Parque Estadual dos Lagos Gémeos, no estado da Virginia, no dia 2 de fevereiro. Sim, no dia 2 do mês 2! Agora que estão casados, os 4 vão morar na mesma casa e esperam criar os seus filhos em parceira.
Imaginem a confusão se nascerem mais gémeos?

Empresa lança cerveja feita com bactérias colhidas em cuecas de modelos femininas

Em 2016, uma empresa de Varsóvia (Polónia) lançou uma campanha de crowdfunding para criar uma cerveja usando bactérias vaginais da modelo checa Alexandra Brendlova.

Deu certo. Dois anos depois, a Order of Yoni (yoni é a palavra em sânscrito para vagina), lançou o produto. Mas não com a inicial “musa” inspiradora Alexandra.

Os lactobacilos (bactérias do ácido láctico), o tal ingrediente diferenciado da cerveja polaca, foram colhidos das cuecas de duas outras modelos de moda íntima, identificadas como Paulina e Monika (na foto ao lado).

A Order of Yoni garantiu higiene total na fabricação, afirmando que as modelos passaram por rigorosos exames ginecológicos e que o processo para isolar as bactérias removeu todos os elementos que poderiam ser nocivos.

Vereador sueco propõe pausas no trabalho de uma hora… para sexo!

Os suecos deveriam ser autorizados a ter uma pausa de uma hora no trabalho para terem relações sexuais com os seus parceiros, propôs um vereador de uma pequena cidade daquele país.

“Há estudos que mostram que o sexo é saudável”, disse Per-Erik Muskos, de 42 anos, o vereador da cidade de Overtornea (norte da Suécia) que apresentou a moção para a pausa sexual.

Em declarações à agência francesa AFP, o vereador disse que a sua proposta visa melhorar as relações pessoais dos cidadãos. Per-Erik Muskos considerou que na sociedade atual os casais não passam tempo suficiente um com o outro e a sua proposta é “sobre melhorar os relacionamentos”.

O vereador reconheceu que não haverá forma de verificar se os empregados não usam a sua hora para outros fins que não seja estar com os parceiros.

Per-Erik-Muskos

“Não podemos garantir que o trabalhador não vai antes dar uma volta”, disse Muskos, acrescentando que os empregadores precisam de confiar nos seus empregados. Acrescentou ainda que “não vê qualquer razão” para que a moção seja chumbada.

Sem contar com os finlandeses e os franceses, os trabalhadores a tempo inteiro suecos são os que trabalham menos horas, com uma média de 1.685 horas em 2015.

Os britânicos trabalharam em média 1.900 horas e os alemães 1.847 horas em 2015. Os portugueses, cerca de 1796,6 (em 2016)

Via : JN

O golo mais caricato do ano poderá ter (já) acontecido na Alemanha

Se houvesse prémio para o golo mais caricato, Mark Flekken, guarda-redes do Duisburgo, da 2ª divisão alemã, era um dos candidatos… pelos piores motivos!

No jogo com o Ingolstad, Flekken até começou como herói, ao defender uma grande penalidade. O caricato veio depois, aos 18 minutos, quando a bola está na outra grande área, num lance em que a sua equipa até marcou golo. O problema foi que o VAR anulou o golo e o jogo foi rapidamente reatado. Enquanto isso o distraído guarda-redes bebia água, pensando que a pausa seria maior, na sequência do golo … que não contou.

A pausa para beber água, alheando-se do jogo foi tal, que não reparou que a bola chegou rapidamente à sua grande área. O defesa, pensando que Flekken estava na sua posição, atrasou a bola na direção da baliza (que estava deserta) … e auto-golo!

Para bem do jogador em causa, o Duisburgo acabou por ganhar o jogo, mas o momento do erro já se tornou notícia em todo o lado, como mostra o vídeo.

Via: RádioComercial

Avião faz aterragem de emergência para retirar passageiro com gases

Homem com flatulência recusou-se a parar de soltar gases e piloto pousou aeronave

Um piloto decidiu fazer uma aterragem de emergência porque um passageiro estava com gases e recusou-se a parar a sua “atividade” mal cheirosa. O caso aconteceu durante um voo da Transavia, que partiu do Dubai, nos Emirados Árabes, para Amsterdão, na Holanda.

Um dos passageiros reclamou aos comissários de bordo sobre o comportamento do “vizinho” do lado e a tripulação pediu para que o homem parasse com a flatulência. Como ele continuou a soltar gases, os comissários avisaram o piloto, que decidiu pousar em Viena, na Áustria, antes de seguir para o destino.

Polícias do aeroporto entraram na aeronave com cães e retiraram o homem do local. Segundo o jornal Daily Mirror, um policia disse que, além dos gases, o homem havia começado uma briga com outros passageiros.

Ainda segundo o jornal, a Transavia confirmou o fato e disse que “os comissários são treinados para assegurar um voo seguro a todos os passageiros”.

5 hoteis portugueses entre os 30 melhores para… fazer sexo!

No top 10 estão 3 unidades portuguesas! A que acrescem mais 2 no top 30.

Portugal à frente! Em tudo. Até na hora… do sexo. Doze casais tiveram a dificil tarefa de, durante 3 meses, terem sido pagos para experimentar hotéis pelo mundo fora. Uau! Mas não era só isso. Só conhecer e passear? Não… Eles tinham mais uma “difcil tarefa”: a de avaliar quais os melhores para uma noite de sexo.

E o nosso rectangulozinho não se saiu nada mal. Três hotéis portugueses estão entre os 10 melhores para uma noite de sexo, em todo o mundo. São o 2º, 5º e 9º classificados. É este o resultado de uma iniciativa levada a cabo pela marca de preservativos norte-americana Skyn, em parceria com a «Condé Nast Traveler», a agência criativa Sid Lee Paris e uma revista mensal masculina.

Na prática, 12 casais oriundos de seis países diferentes foram pagos durante três meses para viajarem pelos quatro cantos do mundo. A missão era a de experimentar dezenas de hotéis nesses destinos e avaliar o quanto os quartos inspiraram a sua intimidade.

Se alargarmos a análise à lista completa dos 30 melhores hotéis para uma noite a dois à escala global, a presença portuguesa chega aos cinco hotéis, com duas unidades hoteleiras nas 14.ª e 30.ª posições.

No topo do ranking da avaliação feita por estes 12 casais está um hotel francês (Edgar France), situado na romântica capital desse país. Nos primeiros 10: 3 hotéis de França, 3 de Portugal, 2 do Brasil e 2 dos EUA. Entre o 11 e o 30º o Brasil e a Austrália domimam! Brasil com mais 6 e Austrália com 7. Brasil com 8 hotéis ganha a “competição”.

 Hotel L’AND Vineyards | Montemor-o-Novo

Vila Monte Farm House Moncarapacho (Olhão)

Sintra Marmoris Palace Sintra

14º Hotel Memmo Alfama | Lisboa (Alfama)

30º Bela Vista Hotel & Spa | Portimão

O Hotel L’AND Vineyards ganhou ainda outro “galardão”: tem a mellhor banheira para fazer o amor… A melhor vista do quarto é no Brasil na Casa Marques com vista sobre o Rio de Janeiro, Corcovado e o Cristo Redentor. Cama com o melhor espelho (no teto) ganhou o Hotel Edgar em Paris.

Lista compelta: AQUI.

Com informações : Evasões
Fotos: DR

13% dos jovens franceses não se consideram ‘nem homens nem mulheres’

Segundo pesquisa do governo francês, 36% dos franceses defendem que o Estado deveria reconhecer existência de ‘outro’ género.

Nem homens, nem mulheres. Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto OpinionWay, cerca de 13% dos franceses entre 18 e 30 anos não se sentem identificados nem com o género masculino, nem com o feminino, segundo o jornal francês “20 Minutes”.

No caso da população francesa em geral, de todas as faixas etárias reunidas, o contingente de pessoas que não se considera homem ou mulher desce para 6%, segundo pesquisa deste ano efetuada pelo governo francês.

“Isto não tem nada a ver com orientação sexual (homossexual, bissexual ou heterossexual) ou com mudança cirúrgica de sexo”, explica o periódico.  “Estas pessoas colocam em causa a dimensão fixa e binária do género: ou elas são nómadas do género, ou preferem não explicitar o seu género”, resume Arnaud Alessandrin, sociólogo especializado em género e discriminações da Universidade de Bordeaux, entrevistado pelo 20 Minutes.

A dinâmica de identidade apresenta diversas variantes, segundo o jornal. “Alguns se identificam como sem género (8%, na pesquisa Opinion Way), outros preferem o termo gender fluid (11%). Mas o conceito de não-binário parece ser o mais adequado, atingindo 36% do público jovem entrevistado”, afirma o periódico.

“Estatisticamente, ser ‘sem género’ continua a ser uma experiência muito marginal, mas a luta contra os estereótipos de género faz muito sentido junto dos jovens”, continua Alessandrin. Mas não apenas para os jovens. “Segundo uma pesquisa do governo francês, a YouGov, 36% dos franceses acreditam que o Estado deveria reconhecer a existência de um ‘outro’ género”, finaliza ao 20 Minutes.