Canadiana vai presa por tráfico de… Ovo Kinder!

Escrito por

Uma canadiana que tentava entrar nos EUA descobriu que lá eles levam a lei bastante a sério. O famoso chocolate Ovo Kinder confeccionado pela italiana Ferrero desde 1972, é proibido nos Estados Unidos. Isto porque a lei impede a introdução de itens não-alimentares em qualquer produto comestível. Quando o automóvel da canadiana Lind Bird foi selecionado para uma busca aleatória, as autoridades fronteiriças descobriram o ovo de chocolate, apreenderam-no e a acusaram-na de contrabando.

O pior de tudo na história é que ela ainda foi obrigada a pagar uma multa de 300 dólares (211 €)pela infração para conseguir entrar nos EUA, valor equivalente a 150 Ovos Kinder.

“É apenas um ovo de chocolate. É ridículo”, disse Bird à estação de televisão CBC. A canadiana revelou ter recebido uma carta com sete páginas que pedia autorização para destruir o ovo. “Pensei que era brincadeira. Tive que ler duas vezes”, contou. A carta previa a contestação da apreensão, mas o armazenamento do Ovo Kinder Surpresa custaria pelo menos 250 dólares (cerca de 176€).

Mike Milne, porta-voz da alfândega norte-americana, adiantou à AFP que, em 2009, foram confiscados 25 mil destes ovos em duas mil operações de fiscalização diferentes, realizadas sobretudo na Páscoa e no Natal.

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *