Autarca suíço suspenso por tirar selfies nu no gabinete

Escrito por

Geri MüllerGeri Müller, presidente da câmara da cidade suíça de Baden, foi temporariamente suspenso das suas funções, ontem, segunda-feira, devido a alegadas selfies que tirou no seu gabinete e onde apareceria sem roupa.

O conselho municipal de Baden, cidade localizada no cantão de Aargau, perto de Zurique, decidiu demitir temporariamente do cargo o autarca para “esclarecer a situação”, explicou num comunicado.
Geri Müller, também membro do Comité do Conselho Nacional das Relações Exteriores, diz-se inocente.
A polémica rebentou ontem depois das revelações feitas pelo jornal ‘Schweiz am Sonntag’, onde Müller era acusado de tirar fotografias a si próprio, nu, no seu escritório e durante o horário de trabalho.
Segundo o advogado de Müller, uma mulher com quem o político mantinha contacto já teria ameaçado revelar o assunto. Na passada quinta-feira, a polícia da cidade de Baden questionou a jovem, desafiando-a a falar.
Embora lamente que o assunto se tenha tornado público, Geri Müller disse ontem que ele próprio havia solicitado a intervenção da polícia porque a jovem mulher já tinha ameaçado cometer suicídio.

Via: DN

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *