Out 20, 2006
399 Visitas

Argentino conseguiu proibir-se a si próprio de entrar em casino

Publicado por
Após anos a gastar todo o seu salário mensal em apenas cerca de 40 minutos a jogar, um argentino viciado em jogos de azar conseguiu que a Justiça ordenasse que um casino na cidade de Santa Rosa proíba a sua própria entrada. A petição inicial afirma que, na última década, Eduardo Decristóforis, de 44 de idade, funcionário rodoviário, passou mais tempo na roleta do Casino Club de Santa Rosa, capital da província de La Pampa (centro do país), do que na sua própria casa. O jogador compulsivo recorreu à Justiça há alguns meses, depois de passar por vários tratamentos psiquiátricos e de ter tentado o suicídio em 2000.
Segundo o próprio Eduardo, durante uma década, o seu único objectivo era jogar. “Todos os meses gastava todo o meu salário e perdia-o em 40 minutos. Mas o pior que pode acontecer num casino é ganhar, porque no outro dia voltamos e perdemos tudo”, admitiu.
Redacção: 7FM Fonte: Espaço Vital
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.