Advogado é suspenso por aceitar pagamento em danças eróticas

Escrito por

striperUm advogado de Dekalb (Illinois, EUA) foi suspenso por 15 meses por aceitar pagamentos de uma stripper numa “moeda” pouco habitual: danças eróticas.

Scott Robert Erwin vai começar a cumprir a sua pena no próximo mês. Scott e a sua cliente fecharam um acordo segundo o qual a stripper faria danças eróticas no escritório dele para pagar parte da dívida pelos serviços prestados pelo advogado – a conta era de 534 dólares (cerca de 365€).

A stripper aceitou dançar, mas acabou por apresentar queixa na polícia, acusando o advogado de “tocá-la de maneiras impróprias”. Erwin negou ter assediado a cliente, e não foi condenado – só levou uma suspensão por ter aceitado o pagamento de maneira indevida.

O caso aconteceu em 2002 e, segundo as autoridades, a mulher abandonou a carreira de stripper.

Fonte: G1| Associated Press

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *