Chinês solitário que não encontrava namorada cortou o pénis

yang-huHu Yang de 26 anos de idade, da província oriental chinesa de Zhejiang, estava a lutar contra a depressão por não encontrar uma namorada.

Então, no domingo, chegou do trabalho e cortou o seu pénis, já que não via qualquer sentido em ter pénis e não ter namorada.

Os seus amigos dizem que Hu trabalha longas horas numa fábrica de roupas local, o que não permite que ele tenha tempo para conhecer pessoas.

Com a esperança de eliminar o seu desejo em relação às mulheres e parar de sofrer, Hu decidiu que o melhor era cortar o seu pénis, o que fez! Imediatamente arrependeu-se.

Foi então que ele decidiu ir ao hospital para receber atendimento médico e recuperar o seu pénis. Pegou na sua bicicleta e pedalou até ao hospital. Infelizmente, esqueceu-se do pénis em casa. A equipa do hospital disse-lhe que teria que ir buscar o pénis. Hu foi forçado a fazer a viagem de volta (de bicicleta).

Quando finalmente chegou ao hospital já com o pénis que havia amputado era tarde demais. Já não era viável a sua reimplantação. Os familiares de Hu culpam o hospital por negligência, uma vez que eles tinham que enviar uma ambulância para ir buscar o pénis de Hu.

Não há mal que venha só, Hu continuou sem namorada e agora também sem pénis.

Via: ibtimes.com

Inconformado com separação, homem manda barras de ouro no valor de 500.000 dólares para o lixo

ouroUm morador de Divide (Colorado, EUA) ficou tão inconformado com o pedido de separação feito pela esposa após 25 anos de casamento que jogou para o lixo todas as barras de ouro que o casal guardava. As barras – avaliadas em 500.000 dólares (cerca de 363.000€) foram depositadas numa lata de lixo atrás de um motel à beira de estrada onde o americano estava a viver temporariamente, contou o “Colorado Springs Gazette”.

Depois de se livrar do ouro, o homem, de 52 anos, foi a um tribunal e afirmou ao juiz que cuidava do divórcio que não tinha dinheiro para pagar a pensão mensal de 3.000 dólares (cerca de 2.180€ que ele determinara.

O advogado da ex-mulher do réu disse ter sido a “coisa mais bizarra” que ele já vira na carreira. “Dizemos que quando as pessoas estão a divorciar-se, elas entram num estado de insanidade temporária. Mas, numa escala de 0 a 10, isto foi 10”, afirmou John-Paul Lyle, o advogado.

Via: gazette.com

Televisão inglesa escolhe ator porno para reconstituição do caso Maddie

Mark Sloan (à esquerda) participa da reconstituição da BBC
Mark Sloan (à esquerda) participa da reconstituição da BBC

A reconstituição do desaparecimento da menina Madeleine McCann, feita pela BBC no programa “Crimewatch”, escolheu como um dos atores Mark Sloan, estrela de filmes porno, de acordo com o “Daily Mail”.

Sloan interpreta Matthew Oldfield, que estava a acompanhar Gerry e Kate McCann num restaurante na Praia da Luz, na noite do desaparecimento da menina, em 2007. Madeleine fora deixada no quarto de hotel pelos pais.

O grupo Mothers Against Murder and Aggression (em tradução literal: Mães contra Assassinatos e Agressões) manifestou repúdio à escolha de Sloan, segundo o jornal “Mirror”: “Ficamos surpresos que a BBC tenha contratado os serviços de alguém da indústria do sexo para falar de algo tão delicado quanto esta reconstituição”.

Vivienne Pattison, porta-voz do grupo Mediawatch, também manifestou desagrado e afirmou que o elenco não foi “apropriado”, noticiou o “Daily Mail”.

A família McCann e a BBC não se pronunciaram.

Via:PNF Com informação do The Mirror e do Daily Mail

Mulher marca sexo com “engate”da internet e descobre: é o sogro!

insolitoLili e Wang Pai estavam a” ter um caso” pela internet. O relacionamento on-line ficou mais intenso e picante, e os dois decidiram encontrar-se, na cidade de Muling (China). O objetivo estava bem claro: eles queriam fazer sexo.

Só que, quando os dois se encontraram ao vivo, Lili, de 28 anos, percebeu que estava em apuros: o seu amante virtual materializado, de 57 anos, era ninguém menos que o seu sogro!

Mas ficou pior: o marido de Lili, Wang Jai, viu no computador a troca de mensagens entre a esposa e o amante e resolveu ir ao local, um hotel da cidade, de acordo com o “Daily Star”.

Durante a troca de mensagens quentes na web, Wang Pai usou a foto de outro homem. Lili também exibiu uma foto falsa e usou a identidade de Ming Chen.

Wang Pai chegou primeiro ao motel e pediu um quarto. Ficou à espera de Ming. Ao abrir a porta, o susto: Ming era Lili, a sua nora!

“Ela virou-se e saiu a correr, dando de cara com o meu filho, que a estava a segui-la. Ele começou a gritar e a agredi-la. Depois, ele agrediu-me”, disse Wang Pai.

Lili perdeu dois dentes e o Wang Pai ficou com ferimentos na cabeça, e foi conduzido a um hospital. Wang Jai ficou preso durante cinco dias.

Não há informações sobre o futuro do trio.

Mascote é expulso de campo após oferecer óculos a árbitro auxiliar

Burnley mascot Bertie Bee during half timeBertie Bee, mascote do Burnley, da Segunda Divisão da Inglaterra, levou um “cartão vermelho” durante a partida contra o Queens Park Rangers no último fim de semana.

O mascote foi expulso por oferecer um par de óculos a um dos auxiliares do árbitro após a marcação de uma falta, muito contestada pela equipa Burnley.

O juiz Simon Hooper não achou graça e mandou Bertie Bee para os  balneários.

No Twitter, o mascote abelhudo disse ter esperança de voltar ao campo na próxima partida do Burnley, na terça-feira.

Jovem faz pesquisa no Google e descobre que o namorado é agressor sexual

hollyHolly Thorogood achava Martin Haze “charmoso, carinhoso e engraçado”. O namoro ia de vento em popa e a jovem achava que tinha achado o “amor da sua vida”, quando, por curiosidade, Holly fez uma busca no Google com o nome dele.

Para a surpresa da britânica de Torquay (Inglaterra), Martin estava numa lista oficial de agressores sexuais. O namorado tinha sido condenado em 2006 a seis anos de cadeia por ter estuprado uma reformado de 74 anos na casa dela.

O nome do namorado sequer era Martin. Na verdade, ele chamava-se Hoyle e havia sido preso outras três vezes por uso de nome falso e por não cumprir as exigências para os agressores sexuais após a sua libertação.

A britânica contou a sua história no programa “This Morning”, da emissora ITV, como forma de alertar outras possíveis vítimas de homens com passado criminoso escondido.

“Ele sequer conseguia olhar para mim quando lhe perguntei sobre aquilo”, disse a jovem, que pôs fim ao romance logo em seguida.

Árbitro agride jogador…antes de o expulsar

As agressões de jogadores a árbitros têm acontecido várias vezes ao longo do ano, mas do Kuwait chega-nos o oposto.

Durante a partida entre o Al-Nassar e o Al-Arabi, a confusão instalou-se quando o árbitro assinalou uma grande penalidade contra o Al-Nassar. Os jogadores reclamaram uma falta anterior e rodearam o árbitro, não calando a revolta.

O árbitro sentiu-se ameaçado e respondeu à pressão com um murro a Abdulaziz Farraj. O jogador tentou reagir e, antes de ser expulso, ainda levou um pontapé do árbitro.

Via: ABola

Prostitutas compram sangue para fingir virgindade e cobrar mais caro

virgindadeClínicas clandestinas em Taiwan estão a ser investigadas por vender bolas de algodão com sangue a prostitutas, para que elas possam fingir perante os clientes que são virgens.

De acordo com a imprensa chinesa, o sangue é retirado nos estabelecimentos e colocado em bolas de algodão, que são preservadas em frigoríficos.

Após combinar a relação com o cliente, a mulher então insere o algodão na vagina para “sangrar” durante o ato sexual, podendo assim cobrar mais caro ao cliente pelo facto de ser virgem. Com isso, o valor do “programa” pode chegar aos 30.000 dólares de Taiwan (equivalente a 740€).

Um vídeo divulgado pela imprensa local mostra o dono de uma das clínicas a mostrar como funciona o esquema, e a extrair o sangue de algumas prostitutas.

Noiva engana-se no quarto e faz sexo com padrinho após casamento

[imagem meramente ilustrativa]
[imagem meramente ilustrativa]
Uma noiva chinesa confundiu-se  e fez sexo com um dos padrinhos na manhã seguinte após o seu casamento na comarca de Napo, em Guangxi. A mulher disse que só percebeu que o homem na cama não era o seu marido após o fim do ato sexual.

Segundo a imprensa chinesa, a noiva estava na cama com o marido, mas levantou-se para ir à casa de banho. Na saída, desnorteada, a mulher entrou no quarto errado e acabou por se deitar na cama em que estava o padrinho. O homem começou a cariciá-la, e os dois fizeram sexo.

Ao descobrir que havia mantido relações sexuais com o padrinho, a noiva ficou desesperada e acusou o homem de abuso. Ela e o seu marido pediram uma indemnização 20 mil yuan (cerca de 2380€), mas o padrinho negou a pagar tal quantia.

Sem acordo, o casal chegou a entrar com uma ação contra o padrinho, mas a Justiça considerou que ele não teve culpa nenhuma, pois foi a mulher quem se enganou no quarto e manteve sexo consensual, sem perceber que o homem não era o seu marido.

O incidente ocorreu no dia 30 de agosto, mas foi divulgado neste mês pela imprensa chinesa.

Via: echinacities.com

Restaurante de Nova York proíbe clientes de falarem à mesa

comerO restaurante Eat, em Brooklyn,  Nova York (EUA), oferece um cardápio variado, com destaque para alimentos orgânicos, mas tem uma regra única à mesa: é proibido falar enquanto estiver a comer. Ou seja, coma apenas, seguindo a recomendação do próprio nome do local.

De acordo com Nicholas Nauman, criador do restaurante, o silêncio é fundamental para que a pessoa consiga aproveitar totalmente a refeição. Sem distrações, o foco passa a ser o alimento.

“É como quando você coloca um pedaço de alface entre os lábios. Ocorrem um incrível número de sensações, às quais você (ao falar) não está a prestar atenção”, disse Nicholas à ITN.

A refeição silenciosa é oferecida em alguns domingos e foi inspirada em experiência semelhante em templos budistas, segundo a agência AP.

Alguns clientes acharam a proposta do Eat romântica. Outros sentiram-se um pouco desconfortáveis com o silêncio.

Artista usa escultura obscena gigante para criticar ‘comunistas checos’

RESTRICTED TO EDITORIAL USE, MANDATORY MENTION OF THE ARTIST UPON PUBLICATION, TO ILLUSTRATE THE EVENT AS SPECIFIED IN THE CAPTION  This picture taken on October 21, 2013 shows the giant purple middle finger sculpture by Czech artist David Cerny on Vltava River in Prague. This artwork installed today, four days before the Czech early general election, on the Vltava River is adressed to Czech president Milos Zeman who's residency is at Prague Castle (in background). AFP PHOTO /MICHAL CIZEKUma enorme escultura do polémico artista David Cerny, que mostra uma mão com o dedo médio bem levantado na frente do Castelo de Praga, sede do presidente checo, apareceu ontem (terça-feira) na capital checa, dias antes das eleições legislativas antecipadas.

A grande peça roxa, de 10 metros de altura, mostra uma mão com o dedo médio em riste. Mais do que isso:alongado está colocada no meio do rio Vltava, e fica diante da residência oficial do presidente Milos Zeman, ex-militante comunista (de 1968 a 1970).

Zeman disse que, após as eleições, é favorável ao projeto do Partido Social-Democrata de formar um gabinete de coligação apoiado pelo Partido Comunista Tcheco – afastado do poder até agora.

O escultor David Cerny explicou que sua obra “é uma saudação com o dedo médio para os comunistas de merda” e está instalada numa plataforma flutuante no rio Moldava.
Segundo as autoridades da capital, a obra ficará “exposta” até ao próximo sábado, quando fecham as secções de voto. As eleições começam nesta sexta-feira.

Cerny já manifestou o seu apoio a Karel Schwarzenberg, principal adversário político de Zeman.

Americano que já fez sexo com mil carros ‘casa-se’ com Volkswagen carocha

sexo carroEdward Smith tem uma paixão, aparentemente, comum a muitas outras pessoas: carros. Mas aqui termina o que é comum nesta história. A paixão do americano de 63 anos, morador de Washington, capital dos EUA, não tem limites e ele diz ter feito sexo com mais de mil carros. E onde é que ficam as mulheres no meio desta história? Pois, o mesmo adianta que se carros foram mais de mil já mulheres foi só uma!

“Alguns homens olham para seios ou rabos de belas mulheres. Eu olho para a frente e a traseira de belos carros”, declarou Edward ao “Daily Mirror”.

Mas os dias de sexo sem compromisso com carros e poligamia chegaram ao fim. O americano decidiu dedicar-se a apenas um deles: um Carocha branco que ele comprou há 30 anos e que é chamado de Vanilla (Baunilha). E Edward tem-se mantido fiel no “casamento”.

“Quando eu encosto os meus braços ao Vanilla  há uma energia poderosa emanando dela em resposta a isso”, disse Edward à Barcroft TV. “Se algo acontecesse lhe acontecesse o meu coração seria destruído”, completou.

O americano afirma já ter feito sexo com Herbie, o outro carocha do filme Herbie: Prego a Fundo, com o KITT de “O Justiceiro” . Edward também se sente atraído sexualmente por outros veículos e ele garante já ter tido experiência sexual com um helicóptero! A aeronave era usada na série Airwolf “Águia de Fogo”, dos anos 1980.

Sexo em cima de capô de automóvel custa 2.700€

[imagem meramente ilustrativa]
[imagem meramente ilustrativa]
O curioso caso acabou em tribunal em Weiden e o juiz determinou que os pombinhos tivessem que pagar os estragos.

Tudo aconteceu a 27 de dezembro (do ano passado), na região de Alto Palatinado, no estado alemão da Baviera. Depois do bar, entusiasmados e já tocados, os “amantes” decidiram continuar a festa invadindo uma garagem e divertir-se em cima do capô de um carro estacionado na mesma.

Na manhã seguinte, a esposa do proprietário do carro descobriu que a porta da garagem tinha sido aberta e encontrou um preservativo usado, um saco, um molho de chaves e uma jóia no pára-brisa, que serviu como prova.

Descobertos os autores da façanha, o Tribunal decidiu que os mesmos tem que pagar os estragos causados na noite sexo. Ou seja, o sexo naquela noite vai custar-lhe 2.700 €.

Estudo: Oreos são tão viciantes quanto a cocaína

oreoNum estudo conduzido por Joseph Schroeder (foto ao lado), professor de neurociência do Connecticut College, descobriu-se que a ingestão de biscoitos recheados da marca Oreo é capaz de ativar mais neurónios na região do cérebro associada ao prazer do que consumir drogas como cocaína.

O objetivo da pesquisa era tentar decifrar como alimentos de alto poder calórico e de alta concentração de açúcar podem viciar o consumidor. Nos testes, foram usados ratos.

“A pesquisa reforça a teoria de que alimentos calóricos e com muito açúcar estimulam o cérebro da mesma maneira que as drogas. Isso pode explicar por que algumas pessoas não conseguem resistir a este tipo de alimento mesmo sabendo que não são saudáveis”, afirmou Schroeder em nota difundida pela universidade.

O estudo constatou que as cobaias tiveram tanto prazer a comer um Oreo, considerado o “biscoito favorito dos EUA”, quanto teriam se ingerissem cocaína ou morfina. Os biscoitos ativaram muitos mais neurónios do que as drogas.

Jamie Honohan, estudante envolvido no estudo, explicou o motivo da escolha da marca do biscoito: “Escolhemos os Oreo’s não apenas porque ele é o biscoito preferido nos EUA e muito bem aceite pelos ratos, mas também porque a sua composição bastante é semelhante a de produtos comercializados em comunidades de nível socioeconómico mais baixo”.

Schroeder tem licença da U.S. Drug Enforcement Administration, agência federal americana de combate às drogas, para realizar estudos desta natureza.

Casal vende filha para poder comprar iPhone

bebeUm casal foi preso após ter vendido a filha para poder comprar um iPhone e outros produtos.

Zhang e Teng, como o casal foi identificado, publicou anúncios em jornais de Xangai (China) onde afirmavam estarem dispostos a negociar o bebé – até então no ventre da mãe -, contou o “Daily Mail”.

O bebé nasceu em casa e poucas semanas depois acabou vendido. Durante a gestação, a chinesa contara aos vizinhos estar a sofrer de um tumor.

Após receber o dinheiro (o equivalente a 6000€), o casal foi a uma loja e comprou um iPhone, relataram os media estatais. Os chineses, que estão desempregados, têm outros dois filhos. Eles disseram que a venda foi a melhor decisão para conseguir um futuro melhor para a filha.

O casal foi indiciado por tráfico humano.