Mãe obriga filha (de 14 anos) a engravidar com sémen comprado na internet

jovem garvidaUma britânica que tinha adotado três crianças forçou uma das suas filhas a engravidar usando sémen comprado na internet. A mulher, que não foi identificada por razões legais, adotou a estratégia após ser impedida pelos tribunais de adotar uma quarta criança, contou o jornal “The Guardian“.

A filha, que era virgem, começou aos 14 anos a usar o sémen comprado pela mãe. Pouco depois dos 15 anos ela engravidou e aos 16 deu à luz. Antes disso, a adolescente teria sofrido um aborto. A menor e os irmãos haviam sido adotados quando eram bebés.

A mulher que usou a filha foi condenada a cinco anos de prisão por crueldade contra menor.

O juiz que sentenciou o caso no Reino Unido afirmou que a condenada submeteu a filha a uma experiência “degradante, humilhante e, em algumas ocasiões, dolorosa”.

Auscultadores selecionam as músicas consoante o teu estado de espírito

mico-headphonesO Mico é uma invenção que faz uso de novas ideias que têm surgido na área da neurociência. Estes auscultadores futuristas permitem analisar a mente do utilizador e selecionar as músicas consoante o estado de espírito actual.

A Neurowear é uma empresa focada em robótica e os seus produtos são próteses para animais que se movem de acordo com a vontade do utilizador. Mas mais recentemente a Neurowear apresentou os auscultadores Mico que selecionam a música consoante a vontade inconsciente do utilizador

Acabou-se a tarefa de criar listas no iTunes, Pandora ou Soptify para tentar obter a linha de satisfação que nos irá guiar ao longo do dia. Os auscultadores Mico têm a capacidade de fazer uma análise do nosso cérebro (através de um eletroencefalograma) e utilizar padrões conhecidos de comportamento para saber o que estamos a sentir num determinado momento.

Depois o Mico liga-se ao iPhone e pede para tocar uma música de uma determinada área. Mas existem algumas questões à volta deste produto no mínimo futurista…
O que acontece se estivermos deprimidos? Será que vamos ouvir música que ainda nos torne mais deprimidos?
O que acontece se estamos a fazer exercício, será que vamos ouvir música que nos vai fazer puxar o corpo ao limite?

Os seus autores dizem que é possível configurar o Mico de modo a controlar qual o sentimento que queremos estimular quando determinada atitude é detectada. Funciona um pouco como um equalizador de sentimentos

O Mico estará à venda ainda este ano.

Vejam o vídeo de demonstração do Mico feito no Japão:

Via: revolucaodigital.net

Site ‘esposas de Viseu’ divulga os maridos que recorrem a prostitutas

Imagem via vídeo SIC
Imagem via vídeo SIC

Os bairros Quinta do Grilo e do Galo são conhecidos em Viseu (Portugal) pelos muitos apartamentos onde trabalham prostitutas. Mas em defesa das ‘esposas’ daquela região, surgiu um site que lista as matrículas e modelos dos carros dos homens que recorrem a estes serviços sexuais.

O site tem uma mensagem curta e directa: «Saiba quem são os homens porcos de Viseu que enganam as nossas conterrâneas!».

E após uma breve explicação, surge a lista de matrículas e modelos automóveis dos clientes destas prostitutas. «Para que as nossas conterrâneas não continuem a ser enganadas por homens porcos que as enganam e tiram da mesa para andarem nas prostitutas da Quinta do Grilo e do Galo, em Viseu. Saiba aqui quem eles são». O site podia ser visitado aqui: http://esposasdeviseu.wordpress.com/. Podia até há poucos dias atras, pois agora já não pode! O site está neste momento offline.

Já em Janeiro, o Correio da Manhã noticiava que nestes apartamentos, numa zona já conhecida como ‘bairro vermelho’, se vendia serviços sexuais que chegavam a custar apenas 15 euros.

O padre Manuel Morujão, porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa, dizia ao CM que estes bairro colocavam em causa a «a unidade e estabilidade das famílias».

Via:SOL

Homem desaparecido há treze anos encontrado… em casa

morto ha 13 anosUm homem, de quem não se conhecia o paradeiro há cerca de treze anos, foi encontrado na semana passada. Tinha sido sequestrado, ter-se-ia perdido, pergunta o leitor? Não. O homem estava… em casa!

O corpo do homem em causa, de quem já só sobravam os ossos, foi encontrado na habitação onde vivia, em Famalicão, na freguesia de Cortes, em Leiria.

E, o mais insólito, é que o cadáver só foi encontrado… por causa do IMI! Era um familiar da vítima que pagava todos os anos este imposto, que, entretanto foi atualizado. Assim, como eram necessários alguns documentos para esse processo, alguns familiares deslocaram-se à casa em questão, que encontraram desabitada, e forçaram a entrada. Em cima da cama já só estavam os ossos do homem que quando faleceu teria pouco mais de 40 anos, conta o Diário de Leiria.

A eletricidade tinha sido cortada, por falta de pagamento, há vários anos. A GNR esteve no local e acredita que não existem inícios de crime. O homem simplesmente… morreu, e ninguém o procurou. Se o fizeram, ninguém se lembrou de ir a sua casa…

Via: A Bola

Com 2.700 dólares no bolso, americano rouba 2 latas de sardinhas de 1,98 dólares e é preso

americanoO americano Robert Mitchell foi preso por roubar duas latas de sardinha avaliadas em 1,98 dóalres (cerca de 1.50€) de um supermercado na região de Ocala, no estado da Flórida (EUA).

No entanto o que chamou a atenção da polícia foi o fato de Mitchell ter nos bolsos  2.700 dólares (cerca de 2.072€) em dinheiro.

Por causa deste crime Mitchell foi levado para a cadeia do condado de Marion.

Americano apanhado com drogas nos bolsos diz que calças não eram dele

dorga aclçasDurante uma abordagem de rotina, policias de Vero Beach, na Flórida (EUA), revistaram Johny Mccoy, de 56 anos, e encontraram drogas escondidas nos bolsos do homem. O suspeito, no entanto, justificou-se dizendo que as calças que usava não eram dele.

De acordo com a emissora “WPTV”, o americano que ia a circular de bicicleta foi mandado parar porque não tinha as luzes necessárias para andar durante a noite. O policia perguntou-lhe se estava a fazer algo de ilegal, e, depois de pedir autorização para revistá-lo, o oficial encontrou drogas nos bolsos das calças.

Johnny, no entanto, alegou que havia roubado a roupa numa igreja próxima, e que os estupefacientes já estavam nos bolsos das calças. A história não convenceu os policias, e Johnny acabou preso por posse de drogas.

Indiano é preso após filmar filho de 9 anos a conduzir Ferrari

criancaferrariUm indiano que deixou o filho de 9 anos conduzir um Ferrari e publicar um vídeo com a imprudência no YouTube acabou preso, de acordo com jornal britânico “Mirror”.
Mohammed Nisham, morador da cidade de Kerala, enviou um vídeo de cerca de um minuto e meio que exibia a criança a  guiar um Ferrari 430 e, ao lado do menino, estava o seu irmão de apenas cinco anos no banco do passageiro (veja o vídeo).

Um porta-voz da polícia afirmou que recebeu a denúncia após o vídeo se ter tornado viral e procurou Nisham, que confirmou a versão e ainda disse que “incentivou o filho a conduzir o carro desportivo”. O homem foi acusado de permitir e encorajar que um menor de idade condusisse.

Diversos utilizadores do YouTube postaram reproduções da gravação original, que somam dezenas de milhares de visualizações.

Menina de 4 anos está a ser tratada psiquiatricamente por causa de vício por iPad

ciança ipadUma menina de 4 anos, moradora da região sudeste do Reino Unido, tornou-se uma das pacientes mais jovens a ser tratada no país contra o vício em usar o iPad. Segundo informações do “Daily Mail”, a garota está a fazer tratamento psiquiátrico numa clínica na capital do país.

A criança, cuja identidade não foi revelada, usa o tablet da Apple desde os três anos de idade. De acordo com os médicos, o vício é ligado aos jogos existentes no tablet — a menina apresenta sintomas de abstinência quando o aparelho lhe é tirado.

Richard Graham, da clínica Capio Nightingale, em Londres, é um dos psiquiatras que trata do caso, afirma que muitos outros casos envolvendo crianças viciadas em tablets estão a ocorrer no país. A recomendação do psiquiatra aos pais da menina foi a de que eles tratassem do problema antes que ela chegasse aos 11 anos de idade – o vício poderia ser tão grave que ela necessitaria de internação.

Os sintomas do vício em tablets em crianças, segundo Graham, podem ser observados quando o aparelho lhes é tirado, fazendo-as reagir com birras e comportamento incontrolável.

Outros pacientes viciados em tablets tratados por ele recebem aconselhamento online e via Facebook. O valor cobrado para a “desintoxicação tecnológica” é de 16 mil libras (cerca de 19.000€).

Reatar relacionamento pode não ser boa opção, diz pesquisa

voltar para ex

Sabe quando vem aquela vontade de reatar um relacionamento. Pois é, não caia nessa. É provável que tenha passado por uma dessas e saiba que a probabilidade de dar certo não é das maiores. Mas agora veio a comprovação científica. Esta é a constatação da pesquisadora Amber Vennum, da Kansas State University, nos Estados Unidos.

Segundo as explicações dela, os casais que partem para uma segunda chance sofrem de ansiedade. Decisões que demoraram anos e não foram tomadas – morar junto, por exemplo – acabam por ser “banalizadas”, digamos assim.

O problema vale também para aqueles casais que viveram no eterno vai e volta sentimental. De acordo com o levantamento, eles apresentaram maiores problemas de comunicação, mostraram-se mais inseguros e insatisfeitos com os parceiros.

Para Amber, grande parte dos casais decide tentar a reconciliação por acreditar na mudança do parceiro. Tudo ilusão. Mesmo nos casos em que a volta resultou em casamento, o relacionamento continua instável por conta do término.

Os casados pós-rompimento mostram-se incertos, menos felizes e com grande propensão a brigar, podendo separar-se já nos três primeiros meses de aliança na mão.

Boa música é “tão bom quanto sexo”

sexo musicaO nosso cérebro recompensa-nos quando nós, temos os comportamentos necessários à nossa sobrevivência, como comida ou sexo, através de uma “droga” natural que é a dopamina.

Para muitos a  vida sem música é um erro, e este estudo revela que, de fato, ouvir a nossa música favorita ativa áreas do cérebro normalmente associadas à recompensa sexual.

Cientistas da Universidade McGill, em Montreal, recorreram à ressonância magnética medindo as ondas cerebrais dos participantes, que tiveram que ouvir as 60 peças de música que eles não conheciam. Elas foram escolhidas aleatoriamente após os participantes terem declarado previamente os seus gostos musicais.

O cérebro atribui valor à música através da dopamina, o que reforça o comportamento e nos faz querer ouvir mais. Esta é a mesma rota através da qual nos ensina o que é importante para nós num nível emocional e até mesmo em termos de sobrevivência, como comer ou fazer sexo.

Via: Telegraph

Bioquímico investiga se comer “ranhoca” é bom para a saúde. E é!

comer ranhocaUm professor de bioquímica no Canadá está a estudar um tema para lá de insólito: tirar e comer secreção nasal – a popular ranhoca – faz bem à saúde? Sim! Pois, não leu mal… Esta é a pesquisa!

De acordo com a “Canadian Press”, Scott Napper, da Universidade de Saskatchewan, defende a teoria de que o muco nazal – que funciona como uma barreira contra a entrada de bactérias no corpo – pode ajudar a treinar o nosso sistema imunológico ao expô-lo aos germes quando ingerido.

“Eu acho que o mais desafiador é encontrar voluntários para a experiência”, disse Napper.

Rebentou mais de 1000 pneus apenas para conhecer as mulheres (condutoras)

mudar pneusUm japonês levou ao limite aquilo que poderia fazer para conseguir conhecer novas mulheres. Ao que parece ele conseguiu furar mais de 1000 pneus com o único propósito: criar ocasião para falar com as mulheres.

Yoshihito Haranda é um jovem de 25 anos que foi detido pela polícia japonesa, acusado de rebentar mais de 1000 pneus de carros que estavam parados nos parques de vários supermercados.

A sua forma de atuar era simples: assegurava-se que o carro pertencia a uma mulher e, quando esta o estacionava e entrava no supermercado para comprar o que fosse, ele abeirava-se do carro e furava um dos pneus. Após, quando a mulher regressava deparava-se com um pneu furado. Yoshihito oferecia-se então para ajudar travando desta forma conversa com a mulher.

Apesar do seu plano ser inteligente, um dia falhou, pois teve o azar de o realizar a duas mulheres que se conheciam entre si, e quando uma contou à outra o que aconteceu, deram conta do que aconteceu e foram diretamente à polícia denunciar o jovem.

Homens carecas correm mais risco de morrer cedo

carecasSe for mesmo dos carecas que elas gostam mais, então melhor prepararem-se para notícias más: eles correm mais riscos de sofrer doenças cardíacas do que os homens cabeludos.

A descoberta veio de uma pesquisa da Universidade de Tóquio. Os médicos de lá analisaram seis estudos anteriores que envolveram quase 40 mil homens. Em três deles, os pesquisadores acompanharam a saúde dos carecas ao longo dos anos. Nos outros três, compararam a vida dos homens sem cabelo com a dos cabeludos. Foram tidos em conta fatores importantes, como a idade e vício do tabaco.

E os japoneses perceberam uma tendência: em média, os carecas correm 32% mais risco de ter um acidente vascular cerebral (ou cardíaco). Quando estão na faixa de 55 a 60 anos, esse perigo sobe para 44%.

Os pesquisadores acreditam que a perda de cabelo a partir do topo da cabeça é um dos principais sinais de artérias com problemas – e elas podem bloquear a corrente sanguínea e dar origem ao tal acidente vascular cerebral (ou cardíaco).

Mas nada de desespero, ok? A sua calvície pode ser só uma característica genética…

 

Mulher exige que futuro marido também se case com as amigas dela

poligamiaUma professora saudita disse sim a um pedido de casamento feito por um homem da sua cidade. Mas impôs uma condição: ele terá também que se casar com duas amigas dela.

A exigência inicialmente deixou o pretendente chocado, mas, sob forte pressão dos familiares, ele acabou por ceder e aceitou casar-se com as três mulheres, que trabalham na mesma escola, contou o site “Gulf News”.

Segundo o acordo nupcial, o saudita terá que manter três apartamentos no mesmo prédio e dormir com as esposas em cada um deles.

A poligamia é permitida na Arábia Saudita e cada homem pode ter até quatro mulheres. Para isso, precisa provar que tem condições de sustentá-las. Além disso, ele é obrigado a tratar as esposas de forma igualitária.

Quais os segredos para ter um casamento feliz?

casamentoEsposas magras, dizem alguns. Mas nem tudo é aparência – e nem todo o pesquisador se rende a uma única resposta. Por isso o pessoal do Pew Research Center, um centro de pesquisa norte-americano, entrevistou 2 mil adultos para saber quais os segredos para ter um casamento feliz – e o que mudou desde 1997, quando realizaram uma pesquisa parecida.

Como era de se esperar, o principal fator para um casamento feliz é a fidelidade – 93% dos candidatos classificaram o item como “muito importante”. O segredo número 2 também não é assim tão misterioso: sexo – 70% precisam de uma vida sexual feliz para levar o casamento por adiante. E isso não mudou muito: desde 1997, os dois fatores lideram a lista do que faz um casamento feliz.
Mas só amor e confiança não bastam. De 1997 até 2007, uma coisa passou a ter muito peso na vida de um casal: as tarefas domésticas. Já por aqui tínhamos falado que homens que limpam a casa são mais felizes. E são mais felizes também no amor. Mais de 60% dos participantes, entre homens e mulheres, contou que dividir as tarefas de casa é fundamental para fazer um casamento feliz.

Bem, além de ser fiel, bom na cama e parceiro na faxina da casa, o casal ainda precisa ganhar razoavelmente bem, ter uma casa boa. Também ajuda se os dois compartilharem as mesmas crenças e interesses. Ah, ter filhos também é bom.