12 contra 11 num jogo de futebol. Poderá acontecer na Noruega

A Federação Norueguesa de Futebol propõe a utilização de um 12º elemento, sempre que uma equipa esteja com uma desvantagem de quatro golos.

É no mínimo original a proposta da Federação Norueguesa de Futebol. Numa perspectiva de equilibrar um jogo de futebol, a FNF quer permitir a utilização de um 12º elemento, por parte das equipas que estejam a perder por uma diferença de quatro golos.

Como resultado prático, jogariam 11 contra 12. A medida não é, como facilmente se conclui, consensual. Henning Berg, antigo internacional norueguês, gostou da ideia, explicando que “não é divertido perder 17-0, mas também não é divertido vencer 17-0”. Berg entende que a regra tornaria os jogos de futebol mais interessantes.

Por outro lado, Kjetil Rekdal, treinador do Aalesund, da I Liga da Noruega, não concorda com a proposta da FNF: “Pode ser positivo ter mais um jogador em campo, mas é negativo punir aqueles que são melhores”. O Aalesund é nono no campeonato e, esta época, caso a regra estivesse em vigor poderia ter utilizado 12 jogadores ao mesmo tempo, em duas ocasiões.

Curiosamente, em 26 jornadas da liga norueguesa verificaram-se 16 resultados em que o desnível foi de quatro golos.

Via: ABola

Chinês processa exposa que fez plástica para ficar ‘bonita’

Jian Feng resolveu separar- se da esposa após descobrir que ela tinha feito uma cirurgia plástica antes do casamento.

O chinês disse em tribunal ter sido enganado pela esposa, que, segundo ele, garantia que a aparência era “natural”, contou o “Huffington Post”.

O casal vivia um casamento de sonho até que nasceu a filha deles. Jian descreveu a criança como horrivelmente feia, nada parecida com ele ou com ela.

Inicialmente, Jian suspeitou de que a criança era filha de outro homem. Só depois todas as peças se encaixaram. O bebé não poderia parecer-se com a mãe, pois ela havia sido esculpida por um cirurgião na Coreia do Sul.

O chinês ganhou indemnização no valor equivalente a 93.000€.

Ver filmes de terror emagrece!

Quer queimar calorias? Veja muitos filmes de terror! Quem o diz são os cientistas da Universidade de Westminster, em Londres.

Analisando os batimentos cardíacos e o volume de oxigénio que entra no corpo e de dióxido de carbono de sai, os cientistas concluíram que assistir a um filme assustador pode fazer a pessoa perder as calorias contidas numa pequena barra de chocolate!

O sentimento de medo, que provoca a libertação de adrenalina e aumenta o ritmo do metabolismo, pode queimar 113 calorias em 90 minutos – o mesmo de uma caminhada de 30 minutos.

O estudo elegeu o filme com maior potencial emagrecedor: “Shining“, protagonizado por Jack Nicholson, em 1980.

“A adrenalina é conhecida por diminuir o apetite, aumentar o ritmo do metabolismo e queimar calorias”, disse Richard Mackenzie, um dos envolvidos na pesquisa, de acordo com o “Daily Mirror”.

Vamos ao ranking do terror emagrecedor:

1 – “Shining” – 184 calorias

2 – “Tubarão” – 161

3 – “O exorcista” – 158

4 – “Alien, o 8º Passageiro” – 152

5 – “Saw — Enigma Mortal” – 133

6 – “Pesadelo em Elm Street” – 118

7 – “Atividade paranormal” – 111

8 – “O Projeto Blair Witchr” – 105

9 – “Massacre no Texas” – 107

10 – “[Rec]” – 101

Russo alega o ‘fim do mundo’ para não pagar multa de trânsito

Um morador da região de Kemerovo (na Rússia) recusa-se a pagar uma multa de cerca de 25€ por uma infração de trânsito que acarretou um acidente sem gravidade.

O russo justifica o calote de uma forma inusitada: por causa da proximidade do fim do mundo, o pagamento da multa não faz o menor sentido!

Ele enviou ao organismo que tutela as infrações de trânsito uma justificativa de 10 páginas. Pelos cálculos do motorista (de inspiração maia?), o mundo vai acabar no fim deste ano. Então para que pagar uma multa?

Todos os dias, o russo visita as autoridades locais para fazer uma atualização das suas previsões apocalípticas, mostrando desenhos e gráficos.

“O devedor acha que as pessoas têm que ser mais generosas umas com as outras, para que o apocalipse não ocorra”, disse Irina Felzinger, oficial de Justiça de Kemerovo, ao “Moscow Times”.

Segundo uma suposta previsão dos maias, o mundo acabará em 21 de dezembro.

Injeções para aumentar o Ponto G viram moda nos EUA

Para o público  feminino:  pagaria mil dólares (pouco mais 770€) por uma injeção que, suspostamente, aumentaria o seu prazer sexual?

Pois as mulheres da Costa Oeste dos EUA, paga! Está a virar moda entre elas uma injeção no Ponto G, contou a revista “Fabulous”.

O procedimento, chamado de “almoço”, envolve a injeção de um hialuronato (um preenchimento à base de colágeno comumente encontrado em produtos de beleza para a pele) diretamente no Ponto G. Os médicos dizem que a técnica é indolor e só leva poucos minutos.

A ideia é simples: um Ponto G aumentado garantiria um maior prazer durante o sexo e orgasmos vaginais mais intensos.

David Matlock, ginecologista que criou a técnica, disse que organiza todos os meses  na sua clínica em Los Angeles as “Festas do Ponto G” para atender mulheres atrás de maior prazer sexual.

Homem aparece vivo no próprio velório

A história de um “morto vivo” assustou muita gente no interior da Bahia,em Alagoinhas, cidade a cerca de 100 Km de Salvador(Brasil). O homem apareceu no próprio velório.

A confusão começou quando a família recebeu a notícia de que um lavador de carros com as mesmas características físicas do homem tinha sido morto a tiro. Como ele não aparecia na casa da mãe há quatro meses, os irmãos foram ao Instituto Médico Legal para ver se o corpo era mesmo dele.

A semelhança entre o morto, cuja identidade ainda é desconhecida, com o lavador de carros foi o que provocou o engano dos familiares dele durante o reconhecimento. Nenhum deles percebeu que o corpo não era de Gilberto Araújo. O corpo chegou a ser velado durante toda a noite de domingo na casa da mãe do lavador de carros. “Foi um susto. As meninas caíram, desmaiaram. Houve pessoas a fugir. A rua encheu-se de motos, de carros, de tudo”, disse a vendedora Maria Menezes.

Gilberto Araújo (o “morto-vivo”) disse que soube de seu próprio velório por um amigo, na rua de casa. Ele afirmou que ligou para falar com um conhecido que estava no velório, mas quem atendeu achou que era uma brincadeira. Então, ele resolveu ir pessoalmente mostrar que estava vivo.

Jovem brasileira leiloou virgindade por 780.000 dólares (cerca de 600 mil euros)

Uma brasileira de 20 anos leiloou a virgindade por  780.000 dólares (cerca de 600 mil euros).

O leilão terminou esta quarta-feira, com um japonês a levar a melhor nos últimos instantes a um indiano, um australiano e três norte-americanos. O site Virgins Wanted promoveu o leilão, que terminou com uma licitação  de 780.000 dólares.

Para acompanhar o fenómeno de popularidade que tem rodeado a mulher, Catarina Migliorini, o realizador australiano Justin Sisely está a fazer um documentário sobre a vida dela, o qual deverá estar concluído dias antes de se encontrar o vencedor do leilão, que tem 53 anos e vive em Tóquio.

TPM pode ser só um mito, diz pesquisa

Será a TPM (tensão pré-menstrual) um mito? Parece que sim. Pelo menos é o que concluiu um conjunto de psicólogas e psiquiatras da Universidade de Toronto, no Canadá.

Para chegar lá, elas analisaram 41 estudos sobre TPM (tensão pré-menstrual) e mais dezenas de outros artigos sobre o assunto – todos acompanharam o dia-a-dia das mulheres durante alguns ciclos menstruais delas. E não encontraram nenhuma prova concreta que relacione o mau humor feminino às mudanças hormonais que ocorrem dias antes da menstruação. No total, apenas 13,5% dos estudos apontavam a existência da TPM.

Alguns dos estudos até encontraram uma relação entre o mau humor e o ciclo menstrual, mas não era culpa exclusiva dos dias anteriores à menstruação – alguma outra fase do ciclo também havia provocado efeitos negativos no humor da mulher.

As pesquisadoras acreditam que a TPM seja apenas uma lenda. “Antes das mulheres passarem pelo primeiro ciclo menstrual, elas já ouviram falar sobre TPM. A noção está tão enraizada na nossa cultura que os estudos ficam tendenciosos porque as mulheres sabem que eles são sobre TPM”, diz Gillian Einstein, líder da pesquisa.

Equipas gregas (de futebol) tem bordel e funerária como patrocinadores. É a crise!

A crise económica na Grécia forçou as equipas (de futebol) locais a usarem a imaginação para garantir alguns contratos. O Voukefala, clube amador da cidade de Larissa, anunciou que irá estampar o patrocínio de um bordel na sua camisola de jogo, o que virou motivo de piada até para o presidente.

“Quando nós anunciámos aos jogadores que o nosso patrocinador seria um bordel, eles quiseram saber sobre os extras”, brinca Giannis Batziolas à rádio NovaSport FM.

“A proposta foi feita estritamente por razões económicas  Assim que fizeram a oferta, nós não podíamos recusar”, comenta. O presidente ainda classifica o bordel Soula como “uma empresa legal avaliada em 2 milhões de euros”.

O Voukefala, porém, não foi a única equipa a fechar acordo com um patrocinador incomum. O Paleopyrgo assinou com uma funerária depois de ficar três anos sem patrocínio e agora a equipa vai jogar com uma camisola preta com uma grande cruz no meio.

“Era uma questão de sobrevivência. A temporada anterior foi muito difícil para nós com a crise económica  O dono da funerária é nosso amigo e nós fizemos um acordo”, explica o manager/jogado Lefteris Vasiliou. Ele ainda garante que o novo equipamento foi aprovado. “Mostrei a camisola aos jogadores e eles gostaram. Sabemos que as pessoas estão a pedir para nós produzirmos mais camisolas”.

Restaurante permite que homens espiem a casa de banho das mulheres

Um artista instalou um espelho num restaurante em Viena que permite que os homens, na casa de banho masculina, espiem as mulheres na casa de banho delas.

O autor da “obra”, Alexander Riegler, disse que ideia do espelho (ao estilo Big Brother) é “levar as pessoas a discutirem o voyeurismo e a vigilância” numa época em que quase todos são observados.

O espelho só permite que as mulheres sejam vistas fora das cabines, “não afetando a privacidade”.

Algumas clientes reclamaram, mas o restaurante não voltou atrás. Preferiu exibir um cartaz a alertar que se trata de um “projeto de arte”, segundo o “Kurier”.

A vereadora Sandra Frauenberger, entretanto, viu sinais de abuso e mostrou-se preocupada. “Isso é realmente uma forma de assédio”, afirmou.

Pessoas bonitas parecem mais porreiras (mas não são)

Você costuma simpatizar mais com as pessoas bonitas e considerá-las, à primeira vista, mais simpáticas e educadas? Se sim, infelizmente, a maioria pensa como você. Mas a sua visão pré-concebida não anda assim tão certeira.

Foi o que alguns psicólogos da Universidade de Jerusalém e da Open University descobriram. Eles mostraram a 118 estudantes vídeos de mulheres a fazer coisas do dia-a-dia, como caminhar ou ler a previsão do tempo. Primeiro os participantes da pesquisa avaliaram a beleza de cada uma delas. Na sequência, tiveram de classificar quais pareciam ser extrovertidas, abertas a novas experiências, organizadas, amigáveis e compreensivas, ou neuróticas. Fim da história: as mais bonitas levavam sempre a melhor, enquanto as menos dotadas (de beleza) eram consideradas neuróticas e chatas.

Só que eles enganaram-se. As mulheres dos vídeos também responderam a algumas perguntas, para contar um pouco mais sobre a própria personalidade. E, olhem só, não havia nenhuma relação entre beleza e simpatia. Algumas beldades eram mais introvertidas e menos amigáveis do que as mulheres consideradas menos bonitas.
Pois é… Temos que deixar de analisar o conteúdo do “produto” só pela embalagem.

Via:PageNotFound

Homens vestidos de roxo fazem mais sucesso com as mulheres

Fica a dica para a próxima saída, leitores: camisa roxa faz sucesso com as mulheres.

Numa pesquisa com 2.000 pessoas, entre homens e mulheres, uma marca de detergente britânica descobriu que a cor da roupa pode influenciar na hora de aceitar ou não um convite para sair com alguém. Mais de 60% da ala feminina contou aos investigadores que a roupa do pretendente é essencial para a decisão de investir ou não. Depois disso aparecem o corte de cabelo e o estilo dos sapatos.
E o roxo apareceu como a cor preferida delas: 36% topariam sair com um homem com camisa dessa cor. O preto ficou em segundo na preferência feminina. As cores menos amadas são azul e rosa.

Chinês passa cinco dias com vibrador no intestino

Médicos de um hospital de Xangai (China) tiveram que realizar uma cirurgia de emergência para a retirada de um vibrador de 23 centímetros do intestino de um paciente de 30 anos.

De acordo com o “Shanghai Daily”, o paciente ficou com o vibrador no corpo durante cinco dias, antes de procurar ajuda. Não houve explicações poque é que o chinês demorou tanto para ir a um hospital. A única informação disponível é que o paciente usara o brinquedo sexual nele mesmo “para apimentar a relação com a esposa”. Sim, ele é casado.

“Os médicos ficaram abismados com o tamanho do objeto retirado do corpo do paciente”, disse o cirurgião Yao Liqing.

De acordo com a agência AFP, a venda de vibradores está a cresce bastante na China, como resultado de mais liberdade sexual e da onda consumista que varre o país mais populoso do planeta.

Consequentemente, o número de casos de pacientes com vibradores entalados no corpo triplicou. na vedade, a  China produz entre 60% e 80% de todos os brinquedos sexuais vendidos no mundo

Casal faz sexo sobre mesa de restaurante cheio

O clima no Paddy Murphy’s Irish Pub & Restaurant, em Orlando (Flórida, EUA), aqueceu entre Jeremie Calo e Tiffani Lynn Barganier. De carícias bem comportadas, a coisa evoluiu rapidamente e os dois passaram à ação, ou seja, a fazer sexo sobre uma mesa do restaurante, que estava cheio – incluindo crianças.

A polícia foi chamada, mas, como nenhum cliente quis apresentar queixa formal, os dois não puderam ser indiciados por atentado ao pudor, de acordo com o site “Click Orlando”.

Se pelo sexo não teve consequências, Jeremie complicou a sua vida porque brigou com o gerente e recusou-se a pagar a conta de 101 dólares (77€). Foi levado para uma esquadra e depois, libertado. Ele e Tiffani estão proibidos de aparecer no restaurante durante um ano.

Britânica com transtorno tem até 500 orgasmos por dia

Para a maioria das mulheres, fazer compras no mercado ou aspirar a casa são tarefas rotineiras e entediantes, mas para a britânica são formas peculiares e incómodas de sentir prazer.

Aos 30 anos, Zara Richardson, sofre de uma doença chamada Síndrome de Excitação Sexual Persistente, que faz com que ela atinja até 500 orgasmos diariamente. 

“As pessoas acham que eu deveria ficar em êxtase, mas ter orgasmos constantes está a arruinar a minha vida. Eu não tenho controlo sobre o modo como o meu corpo se sente e isso afeta todos os aspectos da minha vida”, disse.

De acordo com Zara, os episódios normalmente acontecem após situações comuns, como subir escadas, quando alguém se senta ao seu lado no sofá ou até mesmo quando o telemóvel vibra no seu bolso. “Às vezes eu estou em pé na fila no supermercado e sinto a síndrome começar, mas não há nada que eu possa fazer para impedi-la. Viagens de comboio são um pesadelo, porque podem desencadear um ataque”.

Foi-lhe diagnosticada a doença em 2010, quando deixou de se sentir satisfeita após relações sexuais e começou a notar mudanças no seu comportamento. Depois de dois meses com o problema, ela resolveu procurar um médico. “Eu sabia que tinha de dizer ao meu médico, mas a ideia de confessar que eu não poderia deixar de ter orgasmos era aterrorizante. Eu pensei que um médico se iria rir de mim ou que eu era uma ninfomaníaca enlouquecida”, explicou.

Desde então, Zara pediu o divórcio e começou a fazer tratamentos com antidepressivos, analgésicos, anti-inflamatórios e compressas quentes e frias para parar os orgasmos. “Eu quero o meu corpo de volta para ter uma vida sexual normal. Isso destruiu minha vida. É um pesadelo”.