Mulheres dos EUA estão sujeitas a conjunto de leis insólitas

A Justiça é cega...

Já não é a primeira vez que fazemos neste espaço alusão a leis estranhas, insólitas e algumas até bizarras. E se pensam que elas vem apenas de países do terceiro mundo estão enganados! Olhem só as que veem dos EUA:

Estado de Kentucky: nenhuma mulher pode entrar numa casa de banho à beira de estradas sem escolta de pelo menos dois oficiais ou, na falta de destes, sem estar armada de um bastão. Completa a lei: “O estatuído acima não se aplica a mulheres com menos de 90 libras (cerca de 40 kg) ou mais de 200 libras (90kg), e também não se aplica às fêmeas dos cavalos”.

Estado de Michigan: uma mulher não pode cortar o cabelo sem autorização marital.

Carrizozo, Novo México: as mulheres só podem aparecer em público se devidamente depiladas, incluídos aí rosto e pernas.

Oxford, Ohio: é proibido às mulheres tirar a roupa em frente a retratos de homens.

Estado da Geórgia: é proibido trocar as roupas de manequins de vitrine sem que as cortinas estejam fechadas.

Nova Iorque: é ilegal expor um manequim nu na vitrine.

Nova Iorque: As mulheres poderão praticar o topless em público desde que não seja com fins lucrativos.

Ottumwa, Iowa: é proibido aos homens piscar o olho a uma mulher que não conhecer.

Cleveland, Ohio: as mulheres não podem usar sapatos de verniz.

Saint Croix, Wisconsin: as mulheres não podem vestir nenhuma peça de roupa da cor vermelha em público.

Norfolk, Virgínia: nenhuma mulher pode aparecer em público sem vestir um espartilho.

Estado de Wisconsin: é ilegal cortar cabelos de mulheres.

Estado de Illinois: uma lei estadual exige que as mulheres devem endereçar cartas a homens solteiros referindo-se a eles como “master” (mestre) em vez de “mister” (senhor).

Estado da Flórida: as mulheres solteiras, divorciadas ou viúvas não podem saltar de pára-quedas nas manhãs de domingo.

Pensilvânia: é ilegal manter mais de 16 mulheres sob o mesmo teto; excedida esta quantidade, o lugar será considerado um bordel (quanto a homens, o limite é 120).

Estado de Utah: o marido,  quando  presente, é responsável por todos os atos criminosos cometidos pela sua esposa.

Observação: como nos Estados Unidos vigora o sistema do Common Law, muitas leis citadas são, na verdade, baseadas em casos reais que foram decididos pela Justiça e se tornaram precedentes judiciais, os quais podem ser alegados em situações semelhantes

Professores bonitos ganham mais

Foto ilustrativa: Russel Crowe em "A Beautiful Mind"

Professores bonitos ganham mais? Parece que sim. Mas atenção: só os professores do sexo masculino — as professoras bonitinhas podem até ser mais queridas pelos alunos, mas não sentem o benefício no bolso.

A conclusão é de um estudo feito por investigadores  das universidades de Waterloo e Carleton (Canadá), que compararam os salários de professores universitários a dados disponíveis no Rate My Professors — o site permite que os alunos avaliem o quão claros, prestativos, acessíveis e, pois é, atraentes (“hot ou not?”) são os seus mentores.

Entre as mulheres, não houve correlação significativa entre beleza e salário. Mas, entre os homens, os avaliados como mais “hot” eram até 20% mais propensos a ganhar mais de 100 mil dólares por ano(cerca de 70.000€), com um aumento médio de 3 mil (2.100€) no pagamento.

“Não sabemos exatamente por que os professores bonitos ganham mais”, dizem os responsáveis pela pesquisa. “Uma possibilidade é que os homens com melhor aparência sejam mais assertivos, e que isso leve a melhores negociações de salário”.

Apanhado em sexo com burro diz que animal, afinal, era… uma prostituta!

”]”Um homem apanhado a fazer sexo com um burro numa aldeia de Zvishavane (Zimbábue) defendeu-se do ato com um argumento para lá de insólito: segundo ele, a prostituta que ele conhecera num clube noturno se transformou num burro! Sunday Moyo, de 28 anos, foi indiciado por bestialidade.

Sunday foi visto a abusar do animal deitado. O burro estava amarrado a uma árvore. O sujeito disse só ter percebido que estava a fazer sexo com um burro ao ser preso.

“Eu contratei uma prostituta no Down Town e não sei como ela se transformou num burro”, disse Sunday, de acordo com reportagem do site News Zimbabwe.

O sujeito será examinado por psiquiatra.

Colombiana mantém cadáver do marido em casa à espera que ressuscite

Uma colombiana manteve o cadáver do marido em casa durante um mês esperando que Jesus o ressuscitasse. Alba Yacue decidiu ficar com o corpo na residência, em Huila, porque um dia o marido dissera que “voltaria à vida”.

A “manobra religiosa” de Alba só foi descoberta porque os vizinhos estranharam o desaparecimento de Lucio, de 61 anos. O caso foi reportado aos militares, que  acionaram a polícia.

Quando os agentes chegaram, encontraram o corpo em decomposição de Lucio enrolado num manto sobre a cama do casal.

Segundo a autópsia, Lucio morreu de causas naturais, noticiou o site Colombia Reports. Finalmente, o corpo foi enterrado.

“Em 40 anos de enterros, nunca vi algo dessa magnitude. Isso deixou-nos perplexos”, disse Evangelista Ome, da funerária que fez o funeral.

Britânica pode apanhar 5 anos de cadeia por morder testículos do namorado

Maria Topp acusada de morder testículos do namorado

A britânica Maria Topp, de 44 anos, que foi acusada de morder e arrancar um pedaço dos testículos do seu namorado, Martin Douglas, no dia 18 de fevereiro em Newcastle, no Reino Unido, pode apanhar cinco anos de cadeia, segundo o jornal inglês “Daily Mirror”.

A decisão da justiça britânica vai conhecer-se no dia 11 de novembro.

Na altura, Douglas necessitou passar por uma cirurgia de emergência e tendo levado 19 pontos no local.
Maria, que tem quatro filhos, afirmou que não se lembra de ter mordido o seu parceiro, mas destacou que recorda de ter brigado com o namorado naquele dia. Os dois estavam bêbados.

Loiras “falsas” fazem mais sexo que as loiras naturais, diz pesquisa

[Imagem meramente ilustrativa]
[Imagem meramente ilustrativa]
Numa pesquisa realizada pela Universidade de Nottingham Trent concluiu-se que loiras “falsas” (as mulheres que pintaram o cabelo de loiro) são muito mais confiantes, expressivas e desenvoltas que as loiras naturais.

Tanto é que na própria pesquisa nota-se que não é à toa que uma loira “falsa” dance e cante sempre mais que as outras mulheres e, portanto, acabam por chamar mais à atenção por demonstrarem mais segurança.

Elas também ficam na linha da frente quando se fala em tomar iniciativa. Segundo tal pesquisa, elas ‘partem pro ataque’ com maior frequência” e, no sexo, lideram novamente: loiras “falsas”, sim, fazem mais sexo do que as demais!

Foram entrevistadas 205 mulheres e mais da maioria afirmou que já pintou o cabelo só para chamar mais a atenção e fruto dessa alteração sentiu-se mais segura…

Marido afirma que a sua mulher foi violada pelo homem invisível

Um jovem malaio de 20 anos afirma que a sua esposa foi violada por um “homem invisível”. Ele conta que a meio da noite a sua esposa tirava a roupa, tocava o seu próprio corpo e começava a gemer como louca enquanto dormia pela noite. Ela repetiu este ritual durante todo o mês, enquanto ele não podia fazer nada pois ficava com receio de a acordar.

A conclusão bizarra adveio após ele ter procurado ajuda com um medium, que então lhe disse que alguém estava a utilizar a magia negra para violar a alma da sua esposa.

O casal, de Bintulu, Sarawak, fez uma queixa na polícia, que até o momento não fez nada pois não sabem onde encontrar o homem invisível e prender o meliante.

Um dos mais casos mais conhecidos envolvendo magia negra na Malásia foi o assassinato do político Datuk Mazlan Idris em 1993.

Imagens do vídeo que o maliao fez durante o suposto ato

Fonte: Daily Mail

Celebridade diz que a sua página foi removida do Facebook por ser “sexy demais”

Alexis Stodden e Doug Hutchison (ator na série Lost)

A celebridade americana Courtney Alexis Stodden, de 17 anos, que é casada com o ator americano Doug Hutchison, da série “Lost”, disse que teve a sua página removida do Facebook por ser “sexy demais”, segundo reportagem do jornal “Washington Post”.

O site, no entanto, afirmou que a página havia sido removida por engano e já foi restaurada.

A mãe de Courtney disse que o ciúme de outras mulheres foi a razão para a página de sua filha ter sido removida.

“Os homens a amam, enquanto as mulheres a odeiam”, afirmou Krista Keller.

A página de Courtney tinha sido removida no dia 12 de outubro.

Homens são mais engraçados do que mulheres

Foto ilustrativa

De acordo com um estudo feito na Universidade do Novo México (EUA), os homens são mais engraçados do que as mulheres.

Outras conclusões da pesquisa são que as pessoas engraçadas são mais inteligentes e têm mais sucesso na cama do que as sem graça.

Primeiro, os pesquisadores pegaram 400 jovens (200 homens e 200 mulheres) e submeteram-nos a testes de inteligência. Depois, deram a cada um três tiras de anda desenhada da revista New Yorker sem qualquer texto, e pediram para que eles escrevessem os textos na tira de BD. Então, seis juízes (4 homens e 2 mulheres) avaliaram o quão divertidas eram as criações.

Nesse processo, perguntaram ainda aos voluntários quantos parceiros sexuais eles tinham no currículo, com que frequência praticavam sexo casual e quantas vezes eles tinham “estado” com mais de uma pessoa num período de 24 horas.

E, de acordo com eles, os resultados apontaram que:

  • os textos da tira de BD avaliadas como mais engraçadas pertenciam, na maioria, aos voluntários homens;
  • as melhores tiradas vinham dos que tiveram resultados mais altos nos testes de inteligência;
  • as pessoas mais engraçadas tinham vida sexual mais ativa.

Via: unm.edu

Casal é preso após ser apanhado a fazer sexo em museu nos EUA

Michael L. Miller e Nicole Huss

Os norte-americanos Michael L. Miller, de 29 anos, e Nicole Huss, de 22, foram presos no dia 14 de outubro em Charleston, no estado da Carolina do Sul (EUA),  após serem apanhados a fazer sexo dentro de um museu, segundo reportagem da emissora “WISTV”.

O casal foi detido após o alarme do museu tocar por volta das 3h. Quando entraram, os agentes acharam Miller e Nicole a fazer sexo no chão. O rapaz estava nu e a mulher com as cuecas no tornozelo.

Os policias escreveram no relatório que a relação sexual parecia ser consensual, já que a mulher “parecia estar a gostar do ato”.

De acordo com a polícia, os dois estavam bêbados. O casal entrou de madrugada no museu após encontrar uma porta aberta.

Inglaterra: camião do lixo recolhe camisolas de Carlos Tevez

Adeptos do Manchester City a "reciclar" camisolas

Anda pelas ruas da amargura a popularidade de Carlos Tevez em Manchester. Antes do derby de domingo entre United e City, em Old Trafford, um camião do lixo vai circular nas imediações do estádio para recolher camisolas que os fãs do avançado argentino tenham em seu poder.

Tevez falhou em justificar o avultado investimento dos citizens na sua contratação – avaliada em cerca de 28 milhões de euros -, e está agora sob alçada disciplinar do clube por divergências com o treinador Roberto Mancini, com quem se incompatibilizou.

Em Old Trafford o jogador também não é recordado com saudade, ou não tivesse rumado ao grande rival da cidade no final da época 2008/09.

Domingo, os adeptos das duas equipas vão ser convidados a desfazerem-se das camisolas do avançado argentino, recebendo outras em troca.

Empresa de caixões promove-os recorrendo a calendário com mulheres… sem roupa!

A ideia não é nova. Já em 2009 uma empresa italiana tinha criado um calendário sexy para vender os seus caixões. Aliás, na segunda metade da primeira década do século XXI esta ideia de marketing terá chegado para ficar. Na Polónia a Lindner, também uma empresa de comercialização de caixões, apostou no “marketing sexy” para vender os seus produtos, neste caso: caixões! O calendário da empresa polaca já tem edições para os anos de 2010, 2011 e agora 2012.
Em 2010, no calendário anual os caixões eram acompanhados por mulheres sexys que vestiam roupas ousadas. Já em 2011 as modelos passaram a aparecer em trajes menores e os cenários imitavam cenas de filmes populares. O novo calendário (para 2012) recorre a belas modelos que aparecem sem qualquer roupa apenas tapadas com recusrso ao bodypainting (pintura aplicada diretamente no corpo), com motivos alusivos a vários países.

Deixo-vos apenas 3 meses:

Mês de Abril (traje alemão)[/caption]

Mês de Junho (traje polaco)

Americana fica presa quase 2 meses por se chamar Teresa

Teresa Culpepper a "feliz" contemplada

A polícia de Atlanta (Geórgia, EUA) iniciou uma investigação interna para saber o porquê de uma mulher ter ficado 53 dias presa só por ser chamar Teresa.

Teresa Culpepper passou quase dois meses na cadeia de Fulton após ser detida na porta de casa, a 21 de agosto. Ela foi detida por ter o mesmo nome de uma outra mulher procurada.

“Eu não sabia o que fazer. Eu não sabia como sair daquela situação”, disse Teresa ao Channel 2 Action News.

A advogada da Teresa presa por engano mostrou-se revoltada:

“As datas de nascimento não coincidem. Os endereços não coincidem. As descrições não coincidem. Além do nome Teresa, nada mais coincide”, comentou Ashleigh Merchant.

Agora, a pergunta: como é que Teresa ficou tanto tempo presa?

Sexo entre paraquedistas, durante salto, origina processo nos EUA!

Alex Torres e Hope Howell fazem sexo durante salto de paraquedas nos EUA

A Administração Federal de Aviação (FAA – sigla em inglês) e o Departamento Federal de Investigação (FBI – sigla em inglês) dos Estados Unidos decidiram investigar um casal de atores porno, que foram apanhados a praticar sexo enquanto realizavam um salto de paraquedas.

De acordo com as informações das principais agências internacionais de notícias, a FAA e o FBI decidiram investigar o caso, porque o ato praticado pelo casal poderia ter distraído a atenção do piloto da aeronave que os levou, ocasionado um acidente aéreo, fato que contraria todas as normas de segurança.

Para o FBI, o casal de atores porno, identificados como sendo o canadense Alex Torres, que também é instrutor de pára-quedismo, e Hope Howell, sua companheira de trabalho na Empresa Skydive Taft, infringiu a Lei e, portanto, deverá ser processado.

A cena insólita (ou não) foi gravada em vídeo e publicada no YouTube, sendo vista por milhares de “curiosos” , que a transformaram numa das mais populares e comentadas da semana. O vídeo, no entanto, já foi retirado do ar, por solicitação do próprio FBI.

Não existe nenhuma Lei ou Norma nos EUA que impeça a prática de sexo em avião particular e também no ar, mas os paraquedistas podem ter infringido a Lei, segundo a FAA, por que o ato sexual teria começado dentro da aeronave, distraindo o piloto, e consequentemente, colocando em risco o voo.

O casal, que aparentemente estava orgulhoso com a inusitada cena, garantiu que o seu chefe sabia da cena, mas que por pressão dos agentes do FBI decidiu despedir Alex Torres e Hope Howell.

Apesar dos despedimentos e dos possíveis processos que virão, tanto Torres quanto Howell, garantiram que estão satisfeito com o sucesso do seu vídeo, batizado por eles como ‘Sexo Aéreo’.

Para o casal de atores porno, o objetivo foi alcançado, já que a cena despertou a atenção do famoso apresentador norte-americano, Howard Stern, que tem uma predileção por assuntos inusitados e escandalosos que já garantiu levá-los ao seu programa.

Austrália proibiu pornografia com mulheres de seios pequenos!

Pornografia é “condenada” em todo o mundo e até proibida. Mas a Austrália foi mais longe e proibiu pornografia com…  seios pequenos!

Você é uma mulher adulta com seios pequenos? De acordo com a Austrália, você não existe. Você é um homem que gosta de ver filmes adultos em que as estrelas porno são mulheres com seios pequenos? De acordo com o governo australiano, você secretamente é um adepto da pornografia infantil.

Se nada disto, para si, faz sentido, então não poderia trabalhar para o Conselho de Classificação australiano, que proibiu filmes adultos de serem distribuídos, pois, na sua opinião, os seios pequenos da atrizes fazem-nas parecer menores de 18 anos.

Enquanto a lei porno não proíbe totalmente atrizes com seios pequenos, existe o direito de proibir todos os filmes adultos que retratam a mulher como sendo menor de 18 anos. Embora essa ideia soe bem na teoria, o grupo australiano tem ativamente rejeitado alguns filmes com base unicamente no tamanho dos seios das atrizes envolvidas.