No Japão, por menos de 10€ fãs tem direito a apalpar os seios de atrizes porno

O canal adulto japonês “Paradise” realizou um evento insólito para arrecadar dinheiro para um programa de prevenção contra a SIDA. Com uma doação mínima de mil ienes (cerca de 9.30€), os fãs puderam apalpar os seios de actrizes porno da emissora em Tóquio, no Japão.

Segundo a agência “Barcroft”, há oito anos o canal realiza o evento beneficente entre as suas actrizes e o público.
seios, porno
seios japonesas

Bêbado é preso após discutir com… bicicleta!

Um homem de 68 anos, que estava bêbado, foi preso em Stuart (EUA) após discutir com uma bicicleta no estacionamento de um posto de abastecimento. De acordo com a polícia local, Richard Bialon estava a ter uma “discussão obscena”.

“Os clientes do posto ficaram muito incomodados com os gritos e a discussão obscena”, de acordo com o boletim de ocorrência.

Richard admitiu que estivera bebendo durante todo o dia e, “bastante intoxicado”, acabou na cadeia, sob a acusação de desordem pública associada a embriaguez. Sem a bicicleta, claro.
Fonte: PageNotFound

Inglesa sofre de “bananofobia”

O que para muitos é fonte de vitamina A, vitamina C, fibras e potássio, para uma inglesa de 21 anos é sinónimo de pavor. Fran Dando desenvolveu “bananafobia”. Sim, medo de bananas! Para esta mulher estar perto de bananas fá-la tremer de medo.

“Tudo começou quando eu tinha 7 anos e o meu irmão colocou uma banana na minha cama numa brincadeira”, disse Fran.

Uma simples olhar para a fruta amarela é capaz de provocar em Fran o aumento no ritmo da respiração, suor excessivo e até vómitos.

“A situação é embaraçosa, logicamente. É um medo sem sentido. Os amigos tentam que o medo me passe, mas não adianta”, contou Fran.

E o pior: Harrison, filho de Fran, adora banana!

E a inglesa tem conseguido, aos poucos, encarar o medo: de vez em quando, ela segura a fruta com uma luva e dá ao filho. Mas o ato é bastante penoso para a inglesa.

Fonte: Daily Mail

Grécia: adeptos destroem próprio estádio para evitar que rival o use

Actos de violência e vandalismo entre adeptos do futebol não são novidade para ninguém. Então na Grécia a coisa já é normal!  Mas a rivalidade entre claques chegou a níveis extremos nos últimos dias. Adeptos do Panionios destruíram parcialmente, o seu  próprio estádio para evitar que o rival AEK utilizasse o local na partida de amanhã(quinta-feira 26 de agosto).

O AEK habitualmente disputa os seus jogos no estádio Olímpico de Atenas, mas o mau estado do relvado fez com que a UEFA vetasse o local para a partida contra o Dundee, da Escócia, para a Liga Europa.

O jogo foi então agendado para o estádio do Panionios, o Nea Smyrni, que devido à destruição depredação está sob obras urgentes para que o jogo desta quinta possa ser realizado.

Alemão morre após descobrir que prostituta é… travesti!

Um alemão comprou gato por lebre e acabou por morrer. H. Reiner, de 55 anos, “caiu para o lado” após descobrir que a prostituta que contratara era, na verdade, um travesti. A morte deu-se num bordel da cidade de Halle, no centro da Alemanha. Uma equipa de paramédicos tentou reanimar o homem, mas não adiantou.

Reiner, que morava a 100 km do bordel, estava sozinho com Priya quando se sentiu mal e morreu. Segundo o travesti, os dois conversaram durante 20 minutos até que o motorista de camião resolveu fazer sexo.

Segundo Priya, de 24 anos, Reiner ficou bastante excitado e começou a tirar a roupa do que que pensava ser uma prostituta. Quando Priya ficou totalmente sem roupa e se revelou com genitália masculina, Reiner começou a sentir-se mal. Pouco depois, o motorista já estava morto sobre a cama, vítima de enfarte fulminante.

Segundo os médicos, o uso excessivo de Viagra colaborou para a morte repentina de Reiner após o “susto”.

Fonte: 9News

Chinês gasta um ano de salário para comprar 99.999 rosas para casório

Xiao Wang quis provar à noiva, Xiao Liu, o tamanho do seu amor. O chinês então usou um ano de salário para comprar 99.999 rosas vermelhas para o casamento, na cidade de Chongqing.

O casal – ambos de 24 anos – necessitou de 30 carros para levar as rosas até a cerimonia. Eles publicaram um anúncio na internet para contratar donos de veículos.

“Lembrei que a Liu adora este tipo de rosa, e a ideia cresceu, cresceu. Tudo valeu a pena só por ver o rosto dela quando percebeu os carros a chegar”, disse o noivo.

Além de gastar com as rosas, Wang doou 20% do valor para uma instituição de caridade para que ele e a mulher possam ter sorte na vida a dois.

Fonte: PageNotFound

Uruguai regista nomes como Hitler, Napoleão, Branca de Neve e Tarzan

Se Hitler estivesse vivo, jamais imaginaria que várias pessoas usam o seu sobrenome no Uruguai, onde uma regulamentação frágil e a criatividade popular deixaram registos tão surpreendentes como Napoleão, John Kennedy, Branca de Neve, Einstein, Tarzan, Oxigénio e Demência.

Em pleno século XXI e a milhares de quilómetros da Alemanha o fantasma do ditador nazista rondou este mês pelo país sul-americano, quando na pequena cidade de Tacuarembó, no norte do Uruguai, um homem de 70 anos matou com um tiro a sua companheira de 38 e depois suicidou-se.

Seria apenas mais uma nota no jornal se não fosse pelo autor do crime se chamar Hitler Aguirre Fuentes, um nome que também havia colocado ao seu filho e que compartilha com pelo menos outros três compatriotas, cada um com uma história mais curiosa que a outra.

Um deles, Hitler Ignacio da Silva, de 71 anos, nascido em Rivera, fronteira com o Brasil, explicou à Agência Efe que deve o nome a seu pai, um policia que, não contente, tentou registar o outro filho como Mussolini, mas a mãe das crianças não deixou.

Silva, que junto com Aguirre chegou a protagonizar um documentário chamado “Dos Hitleres” (Dois Hitleres), garante que nunca quis trocar de nome, apesar das confusões na infância e de vários hotéis terem negado hospedá-lo numa viagem que fez a Buenos Aires.

No caso de Hitler Gayoso – de 75 anos, que vive em Montevidéu -, a responsável foi a sua mãe, uma humilde camponesa que teve 12 filhos. Os jornais da época eram a  sua fonte de inspiração.

“Ela achou que era um nome lindo”, justificou Gayoso, que já pensou em pedir a um juiz para trocar de nome, mas desistiu porque antigamente “era muito complicado”.

Juan Hitler Porley – de 67 anos, morador de San José, estado vizinho de Montevidéu -, explica que recebeu esse nome por ter nascido em 1943, em plena Guerra Mundial.

“Os meus pais baptizaram-me assim porque acharam que o nome soava bem. Colocaram Hitler como poderiam ter colocado o nome de um cantor famoso da época”, relata.

A razão deste curioso fenómeno, segundo o director do Registo Civil uruguaio, Adolfo Orellano, é que, durante a primeira metade do século passado, quando o Uruguai abriu as suas fronteiras à cultura de diferentes países do mundo, “não havia nenhum controlo nos registos dos nomes”.

Por isso, é fácil encontrar na lista telefónica nomes como Tarzan, Napoleão, Desventurado, Pacífico, Remember, Ermitão, Waterloo, Addisabeba, Oscar Wilde, Einstein, Repúblico, Kremlin, Branca de Neve e John Kennedy.

Os pais mais fanáticos pelo futebol também deixaram algumas jóias como Vitória Celeste, em homenagem ao título mundial que o Uruguai ganhou em 1950.

A febre de nomes excêntricos voltou após o Mundial da África do Sul, quando a selecção uruguaia terminou em quarto lugar, como mostra o recente tentativa de se registar uma Maria Vuvuzela.

Segundo Orellano, nos anos 80 foi aprovada uma lei que proíbe os nomes “extravagantes, imorais, ridículos ou que gerem dúvidas a respeito do sexo”, mas a decisão final de registar um cidadão é dos funcionários do Registo Civil.

Por isso, no ano que vem será enviado um protejo de lei ao Parlamento contendo uma detalhada regulamentação que impeça interpretações erradas.

“Uma coisa é a liberdade e outra coisa é a libertinagem. O nome deve ser uma denominação, e não um peso para o futuro da criança”, argumentou Orellano.

O jornalista e humorista uruguaio Jorge ‘Cuque’ Sclavo tem conhecimento de vários outros casos famosos, como o de Potranca Divina e ‘Gaucho Punteador’, e o de uma pessoa que chegou a ter 19 nomes.

Segundo Sclavo, o fenómeno ocorria, principalmente, entre as pessoas que viviam no interior do país, que não tinham ideia de nomes e apelavam para o que liam nos almanaques”, embora também existam os casos de “algumas pessoas que, eufóricas pelo nascimento do filho, bebiam demais e iam ao cartório”, conclui.

China instala ‘bancos pré-pagos’ em parque para combater superlotação

O parque de Yantai, na província chinesa de Shangdon, copiou a ideia do artista alemão Fabian Brunsing e instalou bancos em que as pessoas precisam pagar para se poder sentar. O banco vem com espécie de pinos pontiagudos que só retraem quando o utilizador coloca moedas numa caixa instalada debaixo do banco.

Os “banco pré-pagos” tinham sido introduzidos na Alemanha como parte de um protejo de Fabian Brunsing. Os utilizadores tinham que pagar o.50€ para se poderem sentar. Após algum tempo, os pinos surgiam novamente, mas antes os utilizadpres recebiam um aviso 30 segundos antes do tempo expirar.

Brunsing disse que seu projecto era uma critica à privatização dos bens públicos. Mas, agora, as autoridades do parque de Yantai decidiram instalar bancos similares na tentativa de combater a superlotação no parque.

Fonte: Daily Telegraph

Agricultor que conduzia burro foi preso por conduzir com excesso de álcool

Um agricultor de 34 anos foi detido, na passada quarta-feira, pela GNR de Celorico da Beira, por conduzir sob o efeito de álcool. O veículo era um burro com uma carroça atrelada, tendo o condutor acusado 2,84 g/l no teste efectuado pelos militares, conta o «Correio da Manhã».

Jorge Rodrigues foi libertado e presente ao tribunal local. Vai ser julgado brevemente.

O artigo do Código Penal que pune a condução sob o efeito de álcool não é explícito quanto a casos de condutores de veículos com tracção animal.

Fonte: Correio da Manhã

Médico descobre ervilha a criar raízes dentro do pulmão esquerdo de paciente

Um americano de 75 anos estava muito mal de saúde, e já esperava que os seus exames resultassem em cancro ou num tumor. No entanto, um dos médicos conseguiu encontrar a “raiz” do seu problema: havia uma ervilha no seu pulmão esquerdo que já estava a enraizar.

Ron Sveden já havia passado por vários médicos. Durante duas semanas, os testes davam negativo para cancro, até que um raio-x revelou o problema.

A suspeita é de que ele tenha comido ervilhas recentemente e uma delas se encaminhou para o lugar errado. Segundo o próprio Sveden, havia ervilhas numa das suas refeições no período em causa.
Fonte: 7News

Bebé chinesa surpreende médicos ao ter sangue cor de rosa

Um bebé prematuro nascido no Hospital Infantil Hubei, em Hunan, na China surpreendeu a equipa médica com a cor do seu sangue. Ao invés de apresentar a cor vermelha normal, o sangue da menina é cor-de-rosa. Ao 7º dia estava aparentemente tudo bem, mas aos 20 dias a bebé começou a apresentar alguns problemas. À pequena foi diagnosticada hiperlipidemia – que é o excesso de substâncias gordurosas no sangue – , além de infecção pulmonar, anemia e retinopatia. A cor anómala do sangue será causada pela hiperlipidemia.

A hiperlipidemia é uma doença que atinge adultos e não existem outros registos de casos em recém-nascidos. A doença causa níveis elevados de colesterol e triglicerideos. Como a alta quantidade de gorduras no sangue pode entupir artérias, a doença pode resultar em problemas vasculares, cardíacos e até em acidentes vasculares cerebrais.
Fonte: ChinaDaily

Existem mulheres demasiado bonitas para certas profissões?

A beleza pode destruir a hipótese de uma mulher alcançar uma profissão dita “masculina”, revela um estudo da Escola de Negócios da Universidade de Denver, Colorado.

Mulheres bonitas enfrentam discriminação quando concorrem a profissões onde não é dada à aparência tanta importância, por exemplo, como directora financeira, engenheira mecânica ou supervisora de obras. Guarda prisional, condutora de reboques, directora de segurança ou vendedora de hardware foram outras das profissões enumeradas.

“Nestas profissões ser-se bonita é altamente prejudicial para as mulheres. Noutra profissão qualquer as mulheres mais atraentes são preferidas. Mas o mesmo não acontece com os homens, o que mostra que ainda existe um critério duplo no que toca ao género”, garante a investigadora Stefanie Johnson, acrescentando que as mulheres bonitas são muitas vezes remetidas para profissões como recepcionista ou secretária.

Fonte: i

Casal belga, fanático pelo Barcelona, baptiza o filho de Barça

Em Nieuwerkerk, uma pequena cidade belga a 60 quilómetros de Bruxelas, um jovem casal registou o seu primeiro filho como Barça Beeckman! É de loucos, sem dúvida, mas é assim mesmo.

Em vez de estarem preocupados em seguir o futebol do Anderlecht ou do Standard Liège, acompanhadas por umas deliciosas moules frites, Wesley (estudante de Arquitectura, 23 anos) e Aneeke Beeckman (enfermeira, 24) são fanáticos pelo estilo de Pep Guardiola e pela equipa de futebol do Barcelona. Depois de terem conseguido convencer o resto da família (sobretudo os avós maternos do bebé), aplicaram a paixão que sentem pelo clube catalão no mais pequeno dos Beeckman. O casal admite que foi buscar inspiração a um trecho da letra do hino do clube. “Tenim un nom, el sap tothom: Barça, Barça, Baaaaaaarça!!! [Eu tenho um nome que todo o mundo sabe: Barça, Barça, Baaaaaaarça]” Nada mais fácil.

A opção foi tomada precisamente durante um jogo do Barcelona, na parte final do campeonato da época passada. Às tantas, a mulher vira-se para o marido e disse-lhe que o bebé fosse um rapaz chamar-se-ia Barça. Se fosse menina, Lona. Contra as previsões da mãe e da família dela (por razões desconhecidas), nasceu rapaz, no dia 26 de Abril, e o pai lá o inscreveu como sócio 185 508 do Barcelona, a 19 de Julho. “Estamos orgulhosos que o nosso filho carregue o nome da melhor equipa de futebol do mundo”, afirmou o pai. O Barcelona também saltou de alegria e emitiu um comunicado a enaltecer a originalidade deste casal belga.

Fonte: i