Out 11, 2006
260 Visitas

Sexo na mesquita dá 18 meses de prisão no Kénia!

Escrito por
Um casal de quenianos, surpreendidos em pleno acto sexual durante o mês do ramadão numa mesquita de Gilgil, localidade situada a 100 km de Nairobi, foram condenados a 18 meses de prisão cada um. O par foi apanhado em “flagrante delito” a 3 de Outubro por um homem que estava na mesquita e ouviu uns ruídos provenientes de uma zona mais escura do templo.
Perante o Tribunal de Naivasha (60 km a noroeste de Nairobi), Peter Kimani explicou ao juíz que estava bêbado e pensava que estava num hotel, A companheira,Jennifer Wairimu, declarou que estava demasiado bêbada para saber o que se passava.

O juíz, John King’ori, não aceitou as suas exploicações. “Ter relacões sexuais numa mesquita é uma coisa intolerável para a religião”, disse o juíz antes de os condenar a 18 meses de prisão cada um. Eles terão agora 14 dias para recorrer.

Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *