Out 27, 2006
643 Visitas

Americano fez sexo com cadela e foi preso

Escrito por
Um homem acusado de fazer sexo com a sua cachorra foi detido e está a ser acusado de crueldade com animais, de acordo com uma nova lei que faz com que a bestialidade seja considerada um crime, em Tacoma, Estado de Washington, nos Estados Unidos.
Michael Patrick McPhail, de 26 anos, declarou-se inocente das acusações de crueldade perante o tribunal do condado de Pierce. Karen Watson, promotora assistente do condado, disse que o homem é o primeiro a ser acusado deste tipo de crime no Estado.
A cachorra está sob os cuidados do Estado. McPhail foi preso e libertado depois do pagamento de uma fiança de 20 mil dólares(cerca de 15.900?). O homem será julgado no dia 11 de dezembro.
A mulher de McPhail disse à polícia que encontrou o seu marido na varanda a fazer sexo com uma cadela pit bull, de 4 anos, que chorava e uivava muito. A mulher tirou fotos com a câmara do telemóvel e ligou para a polícia.
A lei de bestialidade, que se tornou efectiva em junho, foi elaborada após um homem de Seattle ter morrido depois de fazer sexo com um cavalo (ver notícia aqui). Em 13 Estados americanos a bestialidade ainda não é explicitamente proibida.
Redacção: 7FM Fonte: Terra Mundo/AFP
Categorias dos artigos
Insólito

Comenta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *